Aché Adinos

0,5mg/g, caixa com 1 bisnaga com 30g de gel creme de uso dermatológico

Princípio ativo
:
Desonida
Classe Terapêutica
:
Corticoesteróides Tópicos Puros
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Dermatites
Especialidade
:
Dermatologia

Bula do medicamento

Adinos, para o que é indicado e para o que serve?

Adinos gel creme é indicado para o tratamento de lesões de origem inflamatória, dentre elas dermatite atópica, doenças inflamatórias e pruriginosas de pele e dermatite seborreica de face leve a moderada.

Como o Adinos funciona?

{"tag":"hr","value":" <p>Adinos &#xE9; um medicamento de uso t&#xF3;pico que atua como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rio</a> e antipruriginoso nas dermatoses sens&#xED;veis aos corticosteroides. O in&#xED;cio da a&#xE7;&#xE3;o do medicamento depende da dose utilizada, do tempo de aplica&#xE7;&#xE3;o, da &#xE1;rea a ser tratada, da espessura da pele, que varia entre as diversas &#xE1;reas do corpo, e outras condi&#xE7;&#xF5;es patol&#xF3;gicas ou n&#xE3;o da pele. Entretanto espera-se que o resultado ao uso da medica&#xE7;&#xE3;o ocorra por volta do s&#xE9;timo dia de tratamento.</p> "}

Quais as contraindicações do Adinos?

Não foi estabelecida segurança e eficácia em crianças menores de três meses de idade.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Este medicamento não deve ser administrado a pacientes com alergia conhecida aos componentes da fórmula, em lesões tuberculosas, sifilíticas e virais (como herpes, vacínia ou varicela). Não deve ser utilizado nos olhos ou nas áreas próximas.

Como usar o Adinos?

Adinos gel creme destina-se exclusivamente para uso externo.

Aplicar uma fina camada do produto sobre a área afetada conforme orientado pelo seu médico. Caso seja necessário cobrir a área afetada após a aplicação do produto. Informe-se com o seu médico como fazer e qual tempo será necessário manter a área coberta.

Adultos

Uma a três vezes ao dia.

Crianças

Uma vez ao dia.

Nota: Se a lesão for superficial e de pouca extensão, a aplicação através de fricção é suficiente para debelar o quadro. No caso da dermatose exigir o uso de curativo oclusivo, recomenda-se cobrir a área afetada com plástico ou celofane após a aplicação do medicamento, deixando em contato pelo tempo estabelecido pelo médico.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Adinos?

{"tag":"hr","value":" <p>Caso se esque&#xE7;a de usar Adinos no hor&#xE1;rio recomendado pelo m&#xE9;dico, aplique-o t&#xE3;o logo lembrar. Se estiver pr&#xF3;ximo ao hor&#xE1;rio da aplica&#xE7;&#xE3;o seguinte, aplique-o no hor&#xE1;rio recomendado pulando a aplica&#xE7;&#xE3;o esquecida e mantendo o tratamento pelo mesmo per&#xED;odo determinado pelo seu m&#xE9;dico. N&#xE3;o interromper o tratamento sem o conhecimento do seu m&#xE9;dico. A interrup&#xE7;&#xE3;o do tratamento deve ser gradativa, &#xE0; medida que os sintomas forem desaparecendo.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> "}

Quais cuidados devo ter ao usar o Adinos?

Gravidez e lactação

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando. Apesar de não haver evidência de efeitos colaterais sobre a gravidez, a segurança do uso de Adinos gel creme neste período ou durante a amamentação ainda não foi estabelecida de modo definitivo.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Cuidados de administração

Antes e após a aplicação deste medicamento, lave as mãos cuidadosamente. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não use este medicamento em maior quantidade ou por maior tempo que o determinado pelo médico. Não deixe entrar em contato com os olhos, nem utilize o medicamento nas áreas próximas aos mesmos. Se acidentalmente o medicamento entrar em contato com os olhos, laveos com bastante água. A área da pele em tratamento não deve ser envolta em bandagens ou qualquer outra cobertura oclusiva, a menos que seja indicado pelo médico. Se o médico indicar o uso de curativo oclusivo, tenha certeza de que sabe como aplicá-lo.

O uso do medicamento por um tempo superior a 2 semanas pode ser considerado como uso prolongado, aumentando o risco de supressão do eixo hipotalâmico-hipofisário-adrenal (HHA), manifestações de Síndrome de Cushing, hiperglicemia e glicosúria. O risco aumenta com o aumento do tempo de uso e/ou tamanho da área de aplicação.

Este medicamento é contraindicado para menores de 3 meses de idade.

Atenção: o uso de Adinos em lesões abertas, em áreas extensas, em áreas onde a absorção é maior (áreas de dobras e face) e em crianças deve ser monitorado devido à maior toxicidade.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Adinos?

As reações indesejáveis dos corticosteroides tópicos estão diretamente relacionadas com a potência do corticosteroide, concentração, o volume aplicado, o modo de aplicação (oclusivo ou não) e o tempo do tratamento.

Os efeitos adversos mais frequentes são: dilatação das paredes dos vasos sanguíneos nas áreas de aplicação, tornando-os mais visíveis e a pele rosada (telangiectasia) e mais fina, agravamento das espinhas (acne), ressecamento da pele, dermatite de contato, prurido, aumento da susceptibilidade às infecções secundárias por fungos.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Qual a composição do Adinos?

Cada grama de desonida gel creme contém:

Desonida 0,5 mg.

Excipientes:&nbsp;lactose, proteína do leite, acriloildimetiltaurato de amônio, ésteres de sorbitol e mono-ditriglicerídeos derivados de óleo de colza, triéster fosfórico de álcool laurílico etoxilado, petrolato líquido, palmitato de isopropila, metilparabeno, etilparabeno, butilparabeno, propilparabeno, isobutilparabeno, fenoxietanol, edetato dissódico di-hidratado, acetato de racealfatocoferol, propilenoglicol, água purificada, ácido cítrico e hidróxido de sódio.

Apresentação do&nbsp;Adinos

{"tag":"hr","value":" <h3>Gel creme 0,5 mg/g</h3> <p>Bisnagas de 15 g e 30 g.</p> <p><strong>Uso dermatol&#xF3;gico.</strong></p> <p><strong>Uso adulto e pedi&#xE1;trico acima de 3 meses.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Adinos maior do que a recomendada?

O uso prolongado e excessivo de corticosteroides tópicos pode suprimir a função do eixo hipotálamohipófise-suprarrenal, resultando em insuficiência suprarrenal secundária. Sintomas de hipercortisolismo agudo são geralmente reversíveis. Caso necessário, tratar o desequilíbrio eletrolítico. Em casos de toxicidade crônica, recomenda-se a retirada gradativa do corticosteroide.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Adinos com outros remédios?

Não há relatos de interações clinicamente relevantes.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Adinos (Desonida)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Creme / Pomada / Lo&#xE7;&#xE3;o</h3> <p>Desonida &#xE9; um produto de uso t&#xF3;pico, que atua como anti-inflamat&#xF3;rio e antipruriginoso nas&amp;nbsp;dermatoses sens&#xED;veis aos corticosteroides. Estudos randomizados controlados n&#xE3;o comparativos, em modelos experimentais e em casos reportados por programas de farmacovigil&#xE2;ncia, demonstraram a seguran&#xE7;a do produto mesmo entre formula&#xE7;&#xF5;es diferentes como lo&#xE7;&#xE3;o, creme e gel. A Desonida tem demonstrado uma excelente tolerabilidade entre todas as faixas et&#xE1;rias.<sup>(1)</sup></p> <p>A Desonida &#xE9; uma modifica&#xE7;&#xE3;o qu&#xED;mica da <a href=\"https://consultaremedios.com.br/hidrocortisona/bula\" target=\"_blank\">hidrocortisona</a> tendo uma a&#xE7;&#xE3;o anti-inflamat&#xF3;ria comparada aos esteroides fluorados.<sup>(2)</sup></p> <p>A Desonida creme 0,05% demonstrou-se segura, potente e efetiva como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/infeccoes/corticoide/c\" target=\"_blank\">corticoide</a> t&#xF3;pico, produzindo efeitos semelhantes aos comparados com resultados observados quando se utilizou a fluocinolona acetonida creme 0,025%, mesmo em uma variedade de indica&#xE7;&#xF5;es dermatol&#xF3;gicas. A efic&#xE1;cia da Desonida creme 0,05% foi observada ap&#xF3;s 1 semana de tratamento em 48 pacientes de um total de 63 (74,2%), que foram declarados curados. Na segunda e terceira semana os resultados se compararam com os resultados obtidos com o uso de fluocinolona acetonida, 78% contra 22%.<sup>(3) </sup></p> <p>A Desonida t&#xF3;pica &#xE9; considerada t&#xE3;o potente quanto o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/valerato-de-betametasona/bula\" target=\"_blank\">valerato de </a><a href=\"https://consultaremedios.com.br/betametasona/bula\" target=\"_blank\">betametasona</a>, apresentando efeitos adversos extremamente raros e sem <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">edema</a>. Um estudo comparativo duplo cego randomizado&amp;nbsp;a Desonida creme 0,05% (n&#xE3;o fluoretado) com o valerato de betametasona creme 0,1% demonstrou que as formula&#xE7;&#xF5;es s&#xE3;o equipotentes.<sup>(4)</sup></p> <p>Em outro estudo cl&#xED;nico demonstrou-se que 0,05% de Desonida creme tem um perfil de seguran&#xE7;a quando comparado com 1% de hidrocortisona creme, utilizado por 8 semanas e aplicado na pele saud&#xE1;vel da &#xE1;rea retroauricular. N&#xE3;o houve diferen&#xE7;as estat&#xED;sticas entre os dois produtos at&#xE9; o final do tratamento, por&#xE9;m o n&#xFA;mero de telangiectasias foi discretamente superior nos pacientes que usaram hidrocortisona. Portanto, foi bem tolerada em pacientes que utilizaram por 8 semanas, duas vezes ao dia, na regi&#xE3;o retroauricular em <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-seborreica/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite seborreica</a>, n&#xE3;o havendo efeitos atr&#xF3;ficos na pele em nenhum dos dois grupos estudados.<sup>(5)</sup></p> <p>No estudo multic&#xEA;ntrico, n&#xE3;o comparativo por 3 semanas, envolvendo 1789 pacientes de 229 centros diferentes na &#xCD;ndia entre janeiro a agosto de 2003, avaliou-se o uso da Desonida 0,05% creme ou lo&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>Os resultados obtidos at&#xE9; o final da terapia demonstraram que 98,5% dos pacientes obtiveram melhora, mais da metade dos pacientes demonstraram uma melhora de 75% dos sinais e sintomas. Nenhum dos pacientes relatou efeitos adversos utilizando lo&#xE7;&#xE3;o ou creme que foram igualmente efetivos nesse estudo.</p> <p>Os autores conclu&#xED;ram que a Desonida a 0,05% al&#xE9;m de segura tem sua efic&#xE1;cia comprovada em casos moderados e severos de dermatites e n&#xE3;o houve rea&#xE7;&#xF5;es adversas importantes em crian&#xE7;as abaixo de 1 ano de idade.<sup>(6)</sup></p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Kahanek, N et al. Desonide: a review of formulations, efficacy and safety. Expert Opin Investig. Drugs, v. 17, n. 7, p. 1097-1104, 2008.<br> 2. Phillips, BM et al. The physical, animal and human pharmacologic, and toxicologic properties of desonide, a new, topically active, antiinflammatory steroid. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 20, Issue 4, p. 522-537., 1971.<br> 3. Donsky, HJ. A comparative double-blind randomized clinical study of a new, non-fluorinated topical corticosteroid. Cutis. v. 9, p. 46-48, 1972.<br> 4. Bluefarb, SM. Clinical comparison of desonide cream with betamethasone valerate cream. A double-blind randomized study. International Journal of Dermatology, v. 11, p. 73-76, 1972.<br> 5. Cornell, R; BAKER, M. Dermal safety comparison of 0,05% desonide cream and 1% hydrocortisone cream. Curr Ther Res, v. 53, p. 356-359, 1993.<br> 6. Bhankharia, Da; Sanjana, PH. Efficacy of desonide 0.05% cream and lotion in steroidresponsive dermatoses in Indian patients: a post-marketing surveillance study. Indian Journal of Dermatology Venereology and Leprology.September-October , v. 70 Issue 5, p. 288-291, 2004.</br></br></br></br></br></span></p> <h3>Gel creme</h3> <p>A Desonida, largamente dispon&#xED;vel a partir da d&#xE9;cada de 70, tem sido utilizada inicialmente para o tratamento de <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-atopica/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite at&#xF3;pica</a> leve a moderada, dermatite seborreica, <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-de-contato/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite de contato</a> e <a href=\"https://consultaremedios.com.br/pele-e-mucosa/psoriase/c\" target=\"_blank\">psor&#xED;ase</a> em adultos e crian&#xE7;as. Em um estudo multic&#xEA;ntrico randomizado de pacientes pedi&#xE1;tricos tratados para dermatite at&#xF3;pica, Desonida mostrou seguran&#xE7;a compar&#xE1;vel e efic&#xE1;cia superior &#xE0; hidrocortisona 1%. H&#xE1; achados semelhantes em outro estudo sobre o tratamento de dermatite seborreica do couro cabeludo.</p> <p>A Desonida lo&#xE7;&#xE3;o tamb&#xE9;m diminui significativamente as manifesta&#xE7;&#xF5;es cl&#xED;nicas de dermatites at&#xF3;pica e seborreica facial quando comparada ao ve&#xED;culo placebo (88% versus 42%) em outro estudo duplo-cego randomizado.</p> <p>Numerosos estudos demonstraram a efic&#xE1;cia da Desonida no tratamento nas condi&#xE7;&#xF5;es listadas anteriormente compar&#xE1;vel &#xE0; efic&#xE1;cia de corticosteroides mais potentes.</p> <p>Estudos cl&#xED;nicos de efic&#xE1;cia e seguran&#xE7;a (compatibilidade d&#xE9;rmica, fotossensibilidade e fotoirrita&#xE7;&#xE3;o) foram realizados.</p> <h4>Efic&#xE1;cia</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida gel creme 0,05% (Adinos) e Desonida creme 0,05% para o tratamento de dermatite seborreica facial leve e moderada. O produto foi avaliado na pele de 33 volunt&#xE1;rios, dos quais 30 completaram o estudo, com idades entre 18 a 65 anos, durante 15 dias. Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi&amp;nbsp;avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que ambas as formula&#xE7;&#xF5;es gal&#xEA;nicas se comportam de forma semelhante e foram eficazes na redu&#xE7;&#xE3;o dos principais sinais e sintomas da doen&#xE7;a (eritema, descama&#xE7;&#xE3;o e prurido), com respostas terap&#xEA;uticas francamente favor&#xE1;veis j&#xE1; nos primeiros 7 dias de tratamento. Baixo &#xED;ndice de recidiva do quadro de dermatite seborreica foi observado ap&#xF3;s o per&#xED;odo de interrup&#xE7;&#xE3;o do tratamento (1 semana). Outro estudo cl&#xED;nico realizado foi um estudo monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida gel creme 0,05% (Adinos) e Desonida creme 0,05% para avaliar a efic&#xE1;cia anti-inflamat&#xF3;ria atrav&#xE9;s da redu&#xE7;&#xE3;o do eritema induzido por fonte emissora de luz ultravioleta. 31 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 a 50 anos, completaram o estudo conduzido durante 11 semanas. Ap&#xF3;s a indu&#xE7;&#xE3;o do eritema, os medicamentos foram aplicados na pele dos volunt&#xE1;rios por 7 dias e a evolu&#xE7;&#xE3;o do tratamento foi clinicamente avaliada em todas as visitas.</p> <p>Este estudo concluiu que ambos os produtos s&#xE3;o eficazes na redu&#xE7;&#xE3;o do eritema UV induzido e a compara&#xE7;&#xE3;o, na maioria dos tempos experimentais, n&#xE3;o foram estatisticamente diferentes.</p> <h4>Compatibilidade d&#xE9;rmica</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida gel creme 0,05% atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da irritabilidade d&#xE9;rmica primaria, irritabilidade d&#xE9;rmica acumulada e sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica. O produto foi avaliado na pele de 55 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 e 60 anos, durante 06 semanas.</p> <p>Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que n&#xE3;o foram observados potencial de irrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica prim&#xE1;ria, potencial de irrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica acumulada ou potencial de sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.</p> <h4>Fotossensibilidade e fotoirrita&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida gel creme 0,05% atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da fotoirrita&#xE7;&#xE3;o e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica. O produto foi avaliado na pele de 30 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 e 60 anos, durante 05 semanas. Ap&#xF3;sitos oclusivos contendo o produto foram colocados nos volunt&#xE1;rios e, em seguida, os volunt&#xE1;rios foram submetidos a irradia&#xE7;&#xF5;es com UVA para comprovar a aus&#xEA;ncia do potencial de fotoirrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o do produto. Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que n&#xE3;o foram observados potencial de fotoirrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica ou potencial de fotosensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Cornell, Roger &amp; Baker, Michael D. Dermal safety comparison of 0,05% desonide cream and 1% hydrocortisone cream. Current Therapeutic Research, v. 53, n. 4, p. 356-359, 1993.<br> Jorizzo, Joseph et al. Multicenter trial for long-term safety and efficacy comparison of 0.05% desonide and 1% hydrocortisone ointments in the treatment of atopic dermatitis in pediatric patients. J Am Acad Dermatol, v. 33, n. 1, p. 74-77, 1995.<br> Trippetti, M. Sperimentazione clinica di una crema contenente solfato di Gentamicina. Giornale Italiano di Chemioterapia, v. 16, n. 1, p. 349-353, 1969.</br></br></span></p> <p>Estudo cl&#xED;nico multic&#xEA;ntrico, comparativo entre Desonida + gentamicina gel creme e Desonida creme no tratamento da dermatite eczematosa aguda ou sub-aguda.&amp;nbsp;[in house].</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida Gel Creme 0,05% e a Desonida Creme 0,05%, para avalia&#xE7;&#xE3;o da efic&#xE1;cia no tratamento da dermatite seborr&#xE9;ica facial leve e moderada. [in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida Gel Creme 0,05% e a Desonida Creme 0,05%, para avaliar a efic&#xE1;cia antiinflamat&#xF3;ria atrav&#xE9;s da redu&#xE7;&#xE3;o do eritema induzido por fonte emissora de luz ultravioleta. [in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida + gentamicina gel creme atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da fotoirrita&#xE7;&#xE3;o e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.&amp;nbsp;[in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida + gentamicina gel creme atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da irritabilidade d&#xE9;rmica prim&#xE1;ria, irritabilidade d&#xE9;rmica acumulada e sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.&amp;nbsp;[in house]</p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Creme / Pomada / Lo&#xE7;&#xE3;o</h3> <h4>Farmacocin&#xE9;tica</h4> <p>A extens&#xE3;o da absor&#xE7;&#xE3;o percut&#xE2;nea de corticosteroides t&#xF3;picos &#xE9; determinada por muitos fatores, incluindo o ve&#xED;culo da forma farmac&#xEA;utica, a integridade da barreira epid&#xE9;rmica, temperatura corp&#xF3;rea, uso prolongado, aplica&#xE7;&#xE3;o em &#xE1;rea corp&#xF3;rea extensa. Uma vez absorvidos atrav&#xE9;s da pele os corticosteroides t&#xF3;picos apresentam farmacocin&#xE9;tica semelhante &#xE0; dos corticosteroides administrados sistemicamente. Os corticosteroides ligam-se &#xE0;s <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas em diferentes graus, s&#xE3;o metabolizados no <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c\" target=\"_blank\">f&#xED;gado</a> e excretados pelos rins. Alguns corticosteroides e seus metab&#xF3;litos s&#xE3;o excretados pela bile.</p> <p>Corticosteroides que cont&#xEA;m grupos 17-hidroxil substitu&#xED;dos (como a Desonida) s&#xE3;o resistentes ao metabolismo local na pele. Aplica&#xE7;&#xF5;es repetidas resultam em efeito cumulativo na pele, podendo prolongar o seu efeito, aumentar a incid&#xEA;ncia das rea&#xE7;&#xF5;es adversas e aumentar a absor&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica.</p> <h5>Modo de A&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>Os corticosteroides difundem-se atrav&#xE9;s das membranas celulares e formam complexos com receptores citoplasm&#xE1;ticos espec&#xED;ficos. Estes complexos penetram no n&#xFA;cleo celular, unem-se ao DNA (cromatina) e estimulam a transcri&#xE7;&#xE3;o do RNA mensageiro e posteriormente, a s&#xED;ntese de v&#xE1;rias enzimas que, acredita-se, serem as respons&#xE1;veis pelos efeitos <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rios</a> dos corticosteroides de aplica&#xE7;&#xE3;o t&#xF3;pica. Estes efeitos anti-inflamat&#xF3;rios incluem a inibi&#xE7;&#xE3;o de processos iniciais como edema, deposi&#xE7;&#xE3;o de fibrina, dilata&#xE7;&#xE3;o capilar, movimento de fag&#xF3;citos para a &#xE1;rea inflamada e atividade fagocit&#xE1;ria. Processos posteriores como deposi&#xE7;&#xE3;o de <a href=\"https://consultaremedios.com.br/colagenos/c\" target=\"_blank\">col&#xE1;geno</a> e forma&#xE7;&#xE3;o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/pele-e-mucosa/queloides-e-cicatrizantes/c\" target=\"_blank\">queloide</a>, tamb&#xE9;m s&#xE3;o inibidos por corticosteroides.</p> <p>O ve&#xED;culo das formula&#xE7;&#xF5;es que contenham corticosteroides t&#xF3;picos tamb&#xE9;m pode contribuir com o efeito terap&#xEA;utico, proporcionando uma a&#xE7;&#xE3;o emoliente ou secante, ou aumentando a absor&#xE7;&#xE3;o transcut&#xE2;nea do corticosteroide.</p> <h3>Gel creme</h3> <p>A Desonida &#xE9; um corticosteroide n&#xE3;o fluorado de a&#xE7;&#xE3;o anti-inflamat&#xF3;ria, antipruriginosa e vasoconstritora.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Adinos?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade. Desde que respeitados os cuidados de armazenamento, o medicamento apresenta uma validade de 18 meses a contar da data de sua fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Adinos é um gel creme de coloração branca e aspecto homogêneo.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Adinos

Reg. MS - 1.0573.0378

Farmacêutica Responsável:
Gabriela Mallmann
CRF-SP 30.138

Fabricado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Guarulhos - SP

Registrado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 - 20º andar
São Paulo - SP
CNPJ 60.659.463/0029-92
Indústria Brasileira




Venda sob prescrição médica.

0,5mg/g, caixa com 1 bisnaga com 15g de gel creme de uso dermatológico

Princípio ativo
:
Desonida
Classe Terapêutica
:
Corticoesteróides Tópicos Puros
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Dermatites
Especialidade
:
Dermatologia

Bula do medicamento

Adinos, para o que é indicado e para o que serve?

Adinos gel creme é indicado para o tratamento de lesões de origem inflamatória, dentre elas dermatite atópica, doenças inflamatórias e pruriginosas de pele e dermatite seborreica de face leve a moderada.

Como o Adinos funciona?

{"tag":"hr","value":" <p>Adinos &#xE9; um medicamento de uso t&#xF3;pico que atua como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rio</a> e antipruriginoso nas dermatoses sens&#xED;veis aos corticosteroides. O in&#xED;cio da a&#xE7;&#xE3;o do medicamento depende da dose utilizada, do tempo de aplica&#xE7;&#xE3;o, da &#xE1;rea a ser tratada, da espessura da pele, que varia entre as diversas &#xE1;reas do corpo, e outras condi&#xE7;&#xF5;es patol&#xF3;gicas ou n&#xE3;o da pele. Entretanto espera-se que o resultado ao uso da medica&#xE7;&#xE3;o ocorra por volta do s&#xE9;timo dia de tratamento.</p> "}

Quais as contraindicações do Adinos?

Não foi estabelecida segurança e eficácia em crianças menores de três meses de idade.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Este medicamento não deve ser administrado a pacientes com alergia conhecida aos componentes da fórmula, em lesões tuberculosas, sifilíticas e virais (como herpes, vacínia ou varicela). Não deve ser utilizado nos olhos ou nas áreas próximas.

Como usar o Adinos?

Adinos gel creme destina-se exclusivamente para uso externo.

Aplicar uma fina camada do produto sobre a área afetada conforme orientado pelo seu médico. Caso seja necessário cobrir a área afetada após a aplicação do produto. Informe-se com o seu médico como fazer e qual tempo será necessário manter a área coberta.

Adultos

Uma a três vezes ao dia.

Crianças

Uma vez ao dia.

Nota: Se a lesão for superficial e de pouca extensão, a aplicação através de fricção é suficiente para debelar o quadro. No caso da dermatose exigir o uso de curativo oclusivo, recomenda-se cobrir a área afetada com plástico ou celofane após a aplicação do medicamento, deixando em contato pelo tempo estabelecido pelo médico.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Adinos?

{"tag":"hr","value":" <p>Caso se esque&#xE7;a de usar Adinos no hor&#xE1;rio recomendado pelo m&#xE9;dico, aplique-o t&#xE3;o logo lembrar. Se estiver pr&#xF3;ximo ao hor&#xE1;rio da aplica&#xE7;&#xE3;o seguinte, aplique-o no hor&#xE1;rio recomendado pulando a aplica&#xE7;&#xE3;o esquecida e mantendo o tratamento pelo mesmo per&#xED;odo determinado pelo seu m&#xE9;dico. N&#xE3;o interromper o tratamento sem o conhecimento do seu m&#xE9;dico. A interrup&#xE7;&#xE3;o do tratamento deve ser gradativa, &#xE0; medida que os sintomas forem desaparecendo.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> "}

Quais cuidados devo ter ao usar o Adinos?

Gravidez e lactação

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando. Apesar de não haver evidência de efeitos colaterais sobre a gravidez, a segurança do uso de Adinos gel creme neste período ou durante a amamentação ainda não foi estabelecida de modo definitivo.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Cuidados de administração

Antes e após a aplicação deste medicamento, lave as mãos cuidadosamente. Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não use este medicamento em maior quantidade ou por maior tempo que o determinado pelo médico. Não deixe entrar em contato com os olhos, nem utilize o medicamento nas áreas próximas aos mesmos. Se acidentalmente o medicamento entrar em contato com os olhos, laveos com bastante água. A área da pele em tratamento não deve ser envolta em bandagens ou qualquer outra cobertura oclusiva, a menos que seja indicado pelo médico. Se o médico indicar o uso de curativo oclusivo, tenha certeza de que sabe como aplicá-lo.

O uso do medicamento por um tempo superior a 2 semanas pode ser considerado como uso prolongado, aumentando o risco de supressão do eixo hipotalâmico-hipofisário-adrenal (HHA), manifestações de Síndrome de Cushing, hiperglicemia e glicosúria. O risco aumenta com o aumento do tempo de uso e/ou tamanho da área de aplicação.

Este medicamento é contraindicado para menores de 3 meses de idade.

Atenção: o uso de Adinos em lesões abertas, em áreas extensas, em áreas onde a absorção é maior (áreas de dobras e face) e em crianças deve ser monitorado devido à maior toxicidade.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Adinos?

As reações indesejáveis dos corticosteroides tópicos estão diretamente relacionadas com a potência do corticosteroide, concentração, o volume aplicado, o modo de aplicação (oclusivo ou não) e o tempo do tratamento.

Os efeitos adversos mais frequentes são: dilatação das paredes dos vasos sanguíneos nas áreas de aplicação, tornando-os mais visíveis e a pele rosada (telangiectasia) e mais fina, agravamento das espinhas (acne), ressecamento da pele, dermatite de contato, prurido, aumento da susceptibilidade às infecções secundárias por fungos.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento.

Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Qual a composição do Adinos?

Cada grama de desonida gel creme contém:

Desonida 0,5 mg.

Excipientes:&nbsp;lactose, proteína do leite, acriloildimetiltaurato de amônio, ésteres de sorbitol e mono-ditriglicerídeos derivados de óleo de colza, triéster fosfórico de álcool laurílico etoxilado, petrolato líquido, palmitato de isopropila, metilparabeno, etilparabeno, butilparabeno, propilparabeno, isobutilparabeno, fenoxietanol, edetato dissódico di-hidratado, acetato de racealfatocoferol, propilenoglicol, água purificada, ácido cítrico e hidróxido de sódio.

Apresentação do&nbsp;Adinos

{"tag":"hr","value":" <h3>Gel creme 0,5 mg/g</h3> <p>Bisnagas de 15 g e 30 g.</p> <p><strong>Uso dermatol&#xF3;gico.</strong></p> <p><strong>Uso adulto e pedi&#xE1;trico acima de 3 meses.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Adinos maior do que a recomendada?

O uso prolongado e excessivo de corticosteroides tópicos pode suprimir a função do eixo hipotálamohipófise-suprarrenal, resultando em insuficiência suprarrenal secundária. Sintomas de hipercortisolismo agudo são geralmente reversíveis. Caso necessário, tratar o desequilíbrio eletrolítico. Em casos de toxicidade crônica, recomenda-se a retirada gradativa do corticosteroide.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Adinos com outros remédios?

Não há relatos de interações clinicamente relevantes.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Adinos (Desonida)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Creme / Pomada / Lo&#xE7;&#xE3;o</h3> <p>Desonida &#xE9; um produto de uso t&#xF3;pico, que atua como anti-inflamat&#xF3;rio e antipruriginoso nas&amp;nbsp;dermatoses sens&#xED;veis aos corticosteroides. Estudos randomizados controlados n&#xE3;o comparativos, em modelos experimentais e em casos reportados por programas de farmacovigil&#xE2;ncia, demonstraram a seguran&#xE7;a do produto mesmo entre formula&#xE7;&#xF5;es diferentes como lo&#xE7;&#xE3;o, creme e gel. A Desonida tem demonstrado uma excelente tolerabilidade entre todas as faixas et&#xE1;rias.<sup>(1)</sup></p> <p>A Desonida &#xE9; uma modifica&#xE7;&#xE3;o qu&#xED;mica da <a href=\"https://consultaremedios.com.br/hidrocortisona/bula\" target=\"_blank\">hidrocortisona</a> tendo uma a&#xE7;&#xE3;o anti-inflamat&#xF3;ria comparada aos esteroides fluorados.<sup>(2)</sup></p> <p>A Desonida creme 0,05% demonstrou-se segura, potente e efetiva como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/infeccoes/corticoide/c\" target=\"_blank\">corticoide</a> t&#xF3;pico, produzindo efeitos semelhantes aos comparados com resultados observados quando se utilizou a fluocinolona acetonida creme 0,025%, mesmo em uma variedade de indica&#xE7;&#xF5;es dermatol&#xF3;gicas. A efic&#xE1;cia da Desonida creme 0,05% foi observada ap&#xF3;s 1 semana de tratamento em 48 pacientes de um total de 63 (74,2%), que foram declarados curados. Na segunda e terceira semana os resultados se compararam com os resultados obtidos com o uso de fluocinolona acetonida, 78% contra 22%.<sup>(3) </sup></p> <p>A Desonida t&#xF3;pica &#xE9; considerada t&#xE3;o potente quanto o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/valerato-de-betametasona/bula\" target=\"_blank\">valerato de </a><a href=\"https://consultaremedios.com.br/betametasona/bula\" target=\"_blank\">betametasona</a>, apresentando efeitos adversos extremamente raros e sem <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">edema</a>. Um estudo comparativo duplo cego randomizado&amp;nbsp;a Desonida creme 0,05% (n&#xE3;o fluoretado) com o valerato de betametasona creme 0,1% demonstrou que as formula&#xE7;&#xF5;es s&#xE3;o equipotentes.<sup>(4)</sup></p> <p>Em outro estudo cl&#xED;nico demonstrou-se que 0,05% de Desonida creme tem um perfil de seguran&#xE7;a quando comparado com 1% de hidrocortisona creme, utilizado por 8 semanas e aplicado na pele saud&#xE1;vel da &#xE1;rea retroauricular. N&#xE3;o houve diferen&#xE7;as estat&#xED;sticas entre os dois produtos at&#xE9; o final do tratamento, por&#xE9;m o n&#xFA;mero de telangiectasias foi discretamente superior nos pacientes que usaram hidrocortisona. Portanto, foi bem tolerada em pacientes que utilizaram por 8 semanas, duas vezes ao dia, na regi&#xE3;o retroauricular em <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-seborreica/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite seborreica</a>, n&#xE3;o havendo efeitos atr&#xF3;ficos na pele em nenhum dos dois grupos estudados.<sup>(5)</sup></p> <p>No estudo multic&#xEA;ntrico, n&#xE3;o comparativo por 3 semanas, envolvendo 1789 pacientes de 229 centros diferentes na &#xCD;ndia entre janeiro a agosto de 2003, avaliou-se o uso da Desonida 0,05% creme ou lo&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>Os resultados obtidos at&#xE9; o final da terapia demonstraram que 98,5% dos pacientes obtiveram melhora, mais da metade dos pacientes demonstraram uma melhora de 75% dos sinais e sintomas. Nenhum dos pacientes relatou efeitos adversos utilizando lo&#xE7;&#xE3;o ou creme que foram igualmente efetivos nesse estudo.</p> <p>Os autores conclu&#xED;ram que a Desonida a 0,05% al&#xE9;m de segura tem sua efic&#xE1;cia comprovada em casos moderados e severos de dermatites e n&#xE3;o houve rea&#xE7;&#xF5;es adversas importantes em crian&#xE7;as abaixo de 1 ano de idade.<sup>(6)</sup></p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Kahanek, N et al. Desonide: a review of formulations, efficacy and safety. Expert Opin Investig. Drugs, v. 17, n. 7, p. 1097-1104, 2008.<br> 2. Phillips, BM et al. The physical, animal and human pharmacologic, and toxicologic properties of desonide, a new, topically active, antiinflammatory steroid. Toxicology and Applied Pharmacology, v. 20, Issue 4, p. 522-537., 1971.<br> 3. Donsky, HJ. A comparative double-blind randomized clinical study of a new, non-fluorinated topical corticosteroid. Cutis. v. 9, p. 46-48, 1972.<br> 4. Bluefarb, SM. Clinical comparison of desonide cream with betamethasone valerate cream. A double-blind randomized study. International Journal of Dermatology, v. 11, p. 73-76, 1972.<br> 5. Cornell, R; BAKER, M. Dermal safety comparison of 0,05% desonide cream and 1% hydrocortisone cream. Curr Ther Res, v. 53, p. 356-359, 1993.<br> 6. Bhankharia, Da; Sanjana, PH. Efficacy of desonide 0.05% cream and lotion in steroidresponsive dermatoses in Indian patients: a post-marketing surveillance study. Indian Journal of Dermatology Venereology and Leprology.September-October , v. 70 Issue 5, p. 288-291, 2004.</br></br></br></br></br></span></p> <h3>Gel creme</h3> <p>A Desonida, largamente dispon&#xED;vel a partir da d&#xE9;cada de 70, tem sido utilizada inicialmente para o tratamento de <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-atopica/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite at&#xF3;pica</a> leve a moderada, dermatite seborreica, <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/dermatite-de-contato/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">dermatite de contato</a> e <a href=\"https://consultaremedios.com.br/pele-e-mucosa/psoriase/c\" target=\"_blank\">psor&#xED;ase</a> em adultos e crian&#xE7;as. Em um estudo multic&#xEA;ntrico randomizado de pacientes pedi&#xE1;tricos tratados para dermatite at&#xF3;pica, Desonida mostrou seguran&#xE7;a compar&#xE1;vel e efic&#xE1;cia superior &#xE0; hidrocortisona 1%. H&#xE1; achados semelhantes em outro estudo sobre o tratamento de dermatite seborreica do couro cabeludo.</p> <p>A Desonida lo&#xE7;&#xE3;o tamb&#xE9;m diminui significativamente as manifesta&#xE7;&#xF5;es cl&#xED;nicas de dermatites at&#xF3;pica e seborreica facial quando comparada ao ve&#xED;culo placebo (88% versus 42%) em outro estudo duplo-cego randomizado.</p> <p>Numerosos estudos demonstraram a efic&#xE1;cia da Desonida no tratamento nas condi&#xE7;&#xF5;es listadas anteriormente compar&#xE1;vel &#xE0; efic&#xE1;cia de corticosteroides mais potentes.</p> <p>Estudos cl&#xED;nicos de efic&#xE1;cia e seguran&#xE7;a (compatibilidade d&#xE9;rmica, fotossensibilidade e fotoirrita&#xE7;&#xE3;o) foram realizados.</p> <h4>Efic&#xE1;cia</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida gel creme 0,05% (Adinos) e Desonida creme 0,05% para o tratamento de dermatite seborreica facial leve e moderada. O produto foi avaliado na pele de 33 volunt&#xE1;rios, dos quais 30 completaram o estudo, com idades entre 18 a 65 anos, durante 15 dias. Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi&amp;nbsp;avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que ambas as formula&#xE7;&#xF5;es gal&#xEA;nicas se comportam de forma semelhante e foram eficazes na redu&#xE7;&#xE3;o dos principais sinais e sintomas da doen&#xE7;a (eritema, descama&#xE7;&#xE3;o e prurido), com respostas terap&#xEA;uticas francamente favor&#xE1;veis j&#xE1; nos primeiros 7 dias de tratamento. Baixo &#xED;ndice de recidiva do quadro de dermatite seborreica foi observado ap&#xF3;s o per&#xED;odo de interrup&#xE7;&#xE3;o do tratamento (1 semana). Outro estudo cl&#xED;nico realizado foi um estudo monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida gel creme 0,05% (Adinos) e Desonida creme 0,05% para avaliar a efic&#xE1;cia anti-inflamat&#xF3;ria atrav&#xE9;s da redu&#xE7;&#xE3;o do eritema induzido por fonte emissora de luz ultravioleta. 31 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 a 50 anos, completaram o estudo conduzido durante 11 semanas. Ap&#xF3;s a indu&#xE7;&#xE3;o do eritema, os medicamentos foram aplicados na pele dos volunt&#xE1;rios por 7 dias e a evolu&#xE7;&#xE3;o do tratamento foi clinicamente avaliada em todas as visitas.</p> <p>Este estudo concluiu que ambos os produtos s&#xE3;o eficazes na redu&#xE7;&#xE3;o do eritema UV induzido e a compara&#xE7;&#xE3;o, na maioria dos tempos experimentais, n&#xE3;o foram estatisticamente diferentes.</p> <h4>Compatibilidade d&#xE9;rmica</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida gel creme 0,05% atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da irritabilidade d&#xE9;rmica primaria, irritabilidade d&#xE9;rmica acumulada e sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica. O produto foi avaliado na pele de 55 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 e 60 anos, durante 06 semanas.</p> <p>Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que n&#xE3;o foram observados potencial de irrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica prim&#xE1;ria, potencial de irrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica acumulada ou potencial de sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.</p> <h4>Fotossensibilidade e fotoirrita&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Realizou-se estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida gel creme 0,05% atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da fotoirrita&#xE7;&#xE3;o e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica. O produto foi avaliado na pele de 30 volunt&#xE1;rios, com idades entre 18 e 60 anos, durante 05 semanas. Ap&#xF3;sitos oclusivos contendo o produto foram colocados nos volunt&#xE1;rios e, em seguida, os volunt&#xE1;rios foram submetidos a irradia&#xE7;&#xF5;es com UVA para comprovar a aus&#xEA;ncia do potencial de fotoirrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o do produto. Nas condi&#xE7;&#xF5;es em que o produto descrito acima foi avaliado e na amostra de volunt&#xE1;rios estudada, os dados permitem concluir que n&#xE3;o foram observados potencial de fotoirrita&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica ou potencial de fotosensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Cornell, Roger &amp; Baker, Michael D. Dermal safety comparison of 0,05% desonide cream and 1% hydrocortisone cream. Current Therapeutic Research, v. 53, n. 4, p. 356-359, 1993.<br> Jorizzo, Joseph et al. Multicenter trial for long-term safety and efficacy comparison of 0.05% desonide and 1% hydrocortisone ointments in the treatment of atopic dermatitis in pediatric patients. J Am Acad Dermatol, v. 33, n. 1, p. 74-77, 1995.<br> Trippetti, M. Sperimentazione clinica di una crema contenente solfato di Gentamicina. Giornale Italiano di Chemioterapia, v. 16, n. 1, p. 349-353, 1969.</br></br></span></p> <p>Estudo cl&#xED;nico multic&#xEA;ntrico, comparativo entre Desonida + gentamicina gel creme e Desonida creme no tratamento da dermatite eczematosa aguda ou sub-aguda.&amp;nbsp;[in house].</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida Gel Creme 0,05% e a Desonida Creme 0,05%, para avalia&#xE7;&#xE3;o da efic&#xE1;cia no tratamento da dermatite seborr&#xE9;ica facial leve e moderada. [in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e comparativo entre Desonida Gel Creme 0,05% e a Desonida Creme 0,05%, para avaliar a efic&#xE1;cia antiinflamat&#xF3;ria atrav&#xE9;s da redu&#xE7;&#xE3;o do eritema induzido por fonte emissora de luz ultravioleta. [in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida + gentamicina gel creme atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da fotoirrita&#xE7;&#xE3;o e fotossensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.&amp;nbsp;[in house]</p> <p>Estudo cl&#xED;nico monoc&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo para avalia&#xE7;&#xE3;o da seguran&#xE7;a do produto de uso t&#xF3;pico Desonida + gentamicina gel creme atrav&#xE9;s de estudos preditivos com ap&#xF3;sitos para avalia&#xE7;&#xE3;o da irritabilidade d&#xE9;rmica prim&#xE1;ria, irritabilidade d&#xE9;rmica acumulada e sensibiliza&#xE7;&#xE3;o d&#xE9;rmica.&amp;nbsp;[in house]</p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Creme / Pomada / Lo&#xE7;&#xE3;o</h3> <h4>Farmacocin&#xE9;tica</h4> <p>A extens&#xE3;o da absor&#xE7;&#xE3;o percut&#xE2;nea de corticosteroides t&#xF3;picos &#xE9; determinada por muitos fatores, incluindo o ve&#xED;culo da forma farmac&#xEA;utica, a integridade da barreira epid&#xE9;rmica, temperatura corp&#xF3;rea, uso prolongado, aplica&#xE7;&#xE3;o em &#xE1;rea corp&#xF3;rea extensa. Uma vez absorvidos atrav&#xE9;s da pele os corticosteroides t&#xF3;picos apresentam farmacocin&#xE9;tica semelhante &#xE0; dos corticosteroides administrados sistemicamente. Os corticosteroides ligam-se &#xE0;s <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas em diferentes graus, s&#xE3;o metabolizados no <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c\" target=\"_blank\">f&#xED;gado</a> e excretados pelos rins. Alguns corticosteroides e seus metab&#xF3;litos s&#xE3;o excretados pela bile.</p> <p>Corticosteroides que cont&#xEA;m grupos 17-hidroxil substitu&#xED;dos (como a Desonida) s&#xE3;o resistentes ao metabolismo local na pele. Aplica&#xE7;&#xF5;es repetidas resultam em efeito cumulativo na pele, podendo prolongar o seu efeito, aumentar a incid&#xEA;ncia das rea&#xE7;&#xF5;es adversas e aumentar a absor&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica.</p> <h5>Modo de A&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>Os corticosteroides difundem-se atrav&#xE9;s das membranas celulares e formam complexos com receptores citoplasm&#xE1;ticos espec&#xED;ficos. Estes complexos penetram no n&#xFA;cleo celular, unem-se ao DNA (cromatina) e estimulam a transcri&#xE7;&#xE3;o do RNA mensageiro e posteriormente, a s&#xED;ntese de v&#xE1;rias enzimas que, acredita-se, serem as respons&#xE1;veis pelos efeitos <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rios</a> dos corticosteroides de aplica&#xE7;&#xE3;o t&#xF3;pica. Estes efeitos anti-inflamat&#xF3;rios incluem a inibi&#xE7;&#xE3;o de processos iniciais como edema, deposi&#xE7;&#xE3;o de fibrina, dilata&#xE7;&#xE3;o capilar, movimento de fag&#xF3;citos para a &#xE1;rea inflamada e atividade fagocit&#xE1;ria. Processos posteriores como deposi&#xE7;&#xE3;o de <a href=\"https://consultaremedios.com.br/colagenos/c\" target=\"_blank\">col&#xE1;geno</a> e forma&#xE7;&#xE3;o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/pele-e-mucosa/queloides-e-cicatrizantes/c\" target=\"_blank\">queloide</a>, tamb&#xE9;m s&#xE3;o inibidos por corticosteroides.</p> <p>O ve&#xED;culo das formula&#xE7;&#xF5;es que contenham corticosteroides t&#xF3;picos tamb&#xE9;m pode contribuir com o efeito terap&#xEA;utico, proporcionando uma a&#xE7;&#xE3;o emoliente ou secante, ou aumentando a absor&#xE7;&#xE3;o transcut&#xE2;nea do corticosteroide.</p> <h3>Gel creme</h3> <p>A Desonida &#xE9; um corticosteroide n&#xE3;o fluorado de a&#xE7;&#xE3;o anti-inflamat&#xF3;ria, antipruriginosa e vasoconstritora.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Adinos?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade. Desde que respeitados os cuidados de armazenamento, o medicamento apresenta uma validade de 18 meses a contar da data de sua fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Adinos é um gel creme de coloração branca e aspecto homogêneo.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Adinos

Reg. MS - 1.0573.0378

Farmacêutica Responsável:
Gabriela Mallmann
CRF-SP 30.138

Fabricado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Guarulhos - SP

Registrado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 - 20º andar
São Paulo - SP
CNPJ 60.659.463/0029-92
Indústria Brasileira




Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Aché

© 2021 Medicamento Lab.