Aché Flunarin

10mg, caixa contendo 60 cápsulas gelatinosas duras com microgrânulos

Princípio ativo
:
Dicloridrato De Flunarizina
Classe Terapêutica
:
Antagonistas Do Cálcio Com Ação Cerebral
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Sistema Cardiovascular (Circulação)
Especialidade
:
Neurologia

Bula do medicamento

Flunarin, para o que é indicado e para o que serve?

Este medicamento é destinado ao tratamento de:

  • <li>Dist&#xFA;rbios de equil&#xED;brio de origem vestibular: vertigens (tonturas), doen&#xE7;a de M&#xE9;ni&#xE8;re (doen&#xE7;a caracterizada por <a href="https://minutosaudavel.com.br/tontura-o-que-pode-ser/" rel="noopener" target="_blank">tontura</a>, perda de audi&#xE7;&#xE3;o e zumbidos) e outras disfun&#xE7;&#xF5;es do labirinto (cujo principal sintoma &#xE9; a tontura);</li> <li>Doen&#xE7;as cerebrovasculares cr&#xF4;nicas, atuando em sintomas como: altera&#xE7;&#xF5;es de mem&#xF3;ria, d&#xE9;ficit de aten&#xE7;&#xE3;o e sintomas comportamentais;</li> <li>Doen&#xE7;as vasculares perif&#xE9;ricas (doen&#xE7;a dos vasos sangu&#xED;neos), s&#xED;ndrome de Raynaud (altera&#xE7;&#xE3;o do fluxo sangu&#xED;neo nas extremidades do corpo humano em situa&#xE7;&#xF5;es de temperatura baixa ou <a href="https://minutosaudavel.com.br/estresse/" rel="noopener" target="_blank">estresse</a>), altera&#xE7;&#xF5;es da circula&#xE7;&#xE3;o sangu&#xED;nea nas extremidades do corpo associadas ao <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c" target="_blank">Diabetes</a><em> mellitus </em>(angiopatia diab&#xE9;tica);</li> <li>Evitar crises de enxaqueca (com ou sem aura), isto &#xE9;, um tipo de <a href="https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/dor-de-cabeca-e-enxaqueca/c" target="_blank">dor de cabe&#xE7;a</a> latejante que pode ser antecedida por sintomas neurol&#xF3;gicos como altera&#xE7;&#xF5;es visuais (manchas brilhantes, vis&#xE3;o borrada, luzes piscando, entre outros).</li>

Como o Flunarin funciona?

{"tag":"hr","value":" <p>Flunarin &#xE9; um medicamento que controla a entrada de c&#xE1;lcio nas c&#xE9;lulas, evitando apenas a sua entrada excessiva, que resulta em danos &#xE0;s c&#xE9;lulas. Desta forma, impede a contra&#xE7;&#xE3;o dos vasos em situa&#xE7;&#xF5;es em que o fluxo de sangue est&#xE1; comprometido, como nas altera&#xE7;&#xF5;es dos vasos cerebrais ou perif&#xE9;ricos. Tamb&#xE9;m apresenta atividade antivertiginosa por diminuir a entrada excessiva de c&#xE1;lcio nas c&#xE9;lulas sensoriais do sistema vestibular (um dos respons&#xE1;veis pelo equil&#xED;brio).</p> "}

Quais as contraindicações do Flunarin?

Nos casos de hipersensibilidade a quaisquer dos componentes da fórmula do produto ou à cinarizina (um bloqueador de canal de cálcio estruturalmente semelhante à flunarizina). Também não deve ser utilizado por pacientes com história de depressão ou com sintomas extrapiramidais como parkinsonismo (tremor, rigidez muscular, lentificação).

Como usar o Flunarin?

Flunarin cápsulas deve ser ingerido com um pouco de água, suco ou leite.

Pode-se iniciar o uso apenas com uma cápsula à noite ao deitar, aumentando de acordo com a severidade da doença para uma cápsula pela manhã e outra à noite.

Doses maiores devem ser usadas a critério médico.

A dose de manutenção, após melhora dos sintomas, geralmente é de uma cápsula ao dia.

A duração do tratamento fica a critério do médico e dependendo da indicação que pode variar de 2 semanas a vários meses.

Pacientes com insuficiência hepática (problemas no fígado)&nbsp;podem necessitar de ajuste da dose, já que a metabolização da medicação é no fígado.

Pacientes com&nbsp;insuficiência renal (problemas nos rins) não requerem ajuste de dose.

A segurança e eficácia de Flunarin somente é garantida na administração por via oral.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Flunarin?

{"tag":"hr","value":" <p>Caso esque&#xE7;a-se de administrar uma dose, espere o hor&#xE1;rio da pr&#xF3;xima dose.</p> <p>Nunca devem ser administradas duas doses ao mesmo tempo.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> "}

Quais cuidados devo ter ao usar o Flunarin?

Se ocorrer depressão, tremores ou aumento da fadiga (cansaço) durante o tratamento com Flunarin, comunique imediatamente ao seu médico.

Alterações na capacidade de dirigir veículos e operar máquinas

Durante o tratamento, o paciente não deve dirigir veículos ou operar máquinas, pois sua habilidade e atenção podem estar prejudicadas.

Gravidez e lactação

Categoria de risco na gravidez: C.&nbsp;Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Flunarin não é recomendado durante a gravidez e amamentação.

Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informe seu médico se está amamentando.

Somente o médico poderá determinar se Flunarin deverá ser utilizado durante a gravidez e amamentação.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Flunarin?

Reações muito comuns (ocorrem em mais de 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Sonolência, fadiga (cansaço), diplopia (visão dupla) e visão embaçada.

Reações incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Cefaleia (dor de cabeça), insônia, depressão, náuseas, epigastralgia (dor ou queimação no estômago) e boca seca.

A literatura cita ainda as seguintes reações adversas, sem frequência conhecidas:

Irritabilidade, tontura, dificuldade de concentração, sensação de “cabeça leve”, hiperplasia gengival (aumento da gengiva), porfiria, tromboflebite (alterações dos vasos sanguíneos), ganho de peso e lesões cutâneas.

Também podem ocorrer efeitos extrapiramidais que incluem parkinsonismo (sintomas semelhantes à doença de Parkinson), acatisia (sensação de não conseguir ficar parado), discinesia orofacial (movimentos repetitivos involuntários dos músculos da face e boca), torcicolo e tremor facial. Estas reações são mais comuns nos indivíduos acima de 65 anos, com tremor essencial ou história de tremor essencial na família, com doença de Parkinson, e durante tratamentos prolongados. Os sintomas melhoram com a interrupção do tratamento em um intervalo de tempo variável de 2 semanas a 6 meses. Em casos raros pode ocorrer depressão com ideação suicida (vontade de morrer) em pacientes predispostos, assim como pesadelos e alucinações.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

Qual a composição do Flunarin?

Cada cápsula de Flunarin contém:

11,8mg de Dicloridrato de flunarizina (equivalente a 10mg de flunarizina).

Excipientes: talco, estearato de magnésio, lactose monoidratada, povidona, amido e sacarose.

Apresentação do&nbsp;Flunarin

{"tag":"hr","value":" <h3>C&#xE1;psulas de 10 mg</h3> <p>Cartuchos com 10, 20, 30 e 60 c&#xE1;psulas.</p> <p><strong>Uso oral.</strong></p> <p><strong>Uso adulto.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Flunarin maior do que a recomendada?

Entre imediatamente em contato com o seu médico ou procure um pronto-socorro informando a quantidade ingerida, horário da ingestão e os sintomas.

Poucos casos de superdosagem aguda (ingestão de mais de 600mg em uma só tomada) foram relatados e os sintomas observados foram: sedação, agitação e taquicardia (aumento dos batimentos do coração). O tratamento da superdosagem consiste em medidas de suporte como lavagem gástrica e administração de carvão ativado. A indução do vômito não é recomendada.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível.

Em caso de intoxicação ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações sobre como proceder.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Flunarin com outros remédios?

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

Algumas drogas podem causar alterações quando utilizadas junto com a flunarizina.

Flunarin não deve ser utilizado junto com álcool.

Flunarin não deve ser utilizado com medicamentos com ação depressora sobre o sistema nervoso, tais como tranquilizantes e sedativos.

Gravidade maior

Amiodarona

A combinação com flunarizina pode levar a um aumento de uma ou de ambas as drogas, pode causar bradicardia (diminuição dos batimentos do coração) ou piorar bloqueios átrio-ventriculares (alteração na condução do estímulo elétrico do coração, prejudicando o seu funcionamento).

Droperidol

A associação com flunarizina pode resultar em aumento do intervalo QT (alteração no exame de eletrocardiograma).

Gravidade moderada

Beta-bloqueadores

Esta combinação pode causar hipotensão (pressão baixa), bradicardia (diminuição dos batimentos do coração) ou piorar a performance cardíaca, devido a efeitos aditivos que reduzem a contratilidade cardíaca (contração do coração) e a condução átrio-ventricular (condução do estímulo elétrico pelo coração).

Anticonvulsivantes

A flunarizina aumenta a concentração da carbamazepina no sangue e facilita a intoxicação por este medicamento. A carbamazepina, assim como a fenitoína e o valproato, pode aumentar a metabolização (transformação) da flunarizina podendo ser necessário um aumento de dose.

Indinavir e Saquinavir

Diminuem o metabolismo da flunarizina, aumentando sua concentração sérica (no sangue) e facilitando a ocorrência de intoxicação.

Gravidade menor

Antiinflamatórios não hormonais

Esta associação aumenta o risco de hemorragia gastrintestinal (sangramento no estômago e intestinos).

Gravidade não especificada

Álcool e depressores do SNC

A flunarizina pode potencializar os efeitos do álcool e dos depressores do sistema nervoso central (p.ex. sedativos e tranquilizantes), especialmente no início do tratamento.

Rifampicina

Diminui a concentração da flunarizina no sangue.

Anticoagulantes orais

Aumento do risco de hemorragia gastrintestinal (sangramento no estômago e intestinos).

Fentanil

Esta associação pode causar hipotensão (pressão baixa) grave.

Interação medicamento – exame laboratorial

A concentração de prolactina (um hormônio) pode se apresentar levemente aumentada durante o tratamento com flunarizina. As concentrações totais de cálcio no sangue não são afetadas pela ação de bloqueadores de canais de cálcio.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Flunarin (Dicloridrato de Flunarizina)?

Características Farmacológicas

{"tag":"hr","value":" <p>O dicloridrato de flunarizina, derivado difluorado da piperazina, &#xE9; um antagonista dos canais de c&#xE1;lcio com propriedades seletivas. Tem a&#xE7;&#xE3;o protetora celular, uma vez que controla o fluxo de c&#xE1;lcio para o interior da c&#xE9;lula de diferentes tecidos. N&#xE3;o tem efeito na homeostase do c&#xE1;lcio em situa&#xE7;&#xF5;es normais; age apenas no bloqueio do influxo do c&#xE1;lcio em quantidades excessivas e delet&#xE9;rias para a c&#xE9;lula. Esta sobrecarga ocorre quando as membranas das c&#xE9;lulas da musculatura lisa da parede vascular despolarizam espontaneamente, ou quando subst&#xE2;ncias end&#xF3;genas vasoconstritoras s&#xE3;o liberadas, produzindo um aumento do influxo de Ca++ transmembrana e, consequentemente, vasoconstri&#xE7;&#xE3;o. Em ambas as circunst&#xE2;ncias, o ac&#xFA;mulo de c&#xE1;lcio intracelular &#xE9; inibido pelo dicloridrato de flunarizina que atua, diretamente como um anti-vasoconstritor e, inibindo a rea&#xE7;&#xE3;o a est&#xED;mulos vasoconstritores, evitando desta forma o vasoespasmo. Na presen&#xE7;a de dist&#xFA;rbios circulat&#xF3;rios com comprometimento da parede vascular (aterosclerose), tais subst&#xE2;ncias tornam-se nocivas, provocando vasoespasmos sustentados, que por sua vez comprometem ainda mais o fluxo sang&#xFC;&#xED;neo local e, consequentemente, a perfus&#xE3;o tecidual. Desta forma, o dicloridrato de flunarizina influencia favoravelmente os sintomas relacionados aos dist&#xFA;rbios vasculares nos territ&#xF3;rios cerebral e perif&#xE9;rico, proporcionando um maior fluxo sang&#xFC;&#xED;neo e uma melhor perfus&#xE3;o tecidual. Al&#xE9;m disso, pelos mesmos mecanismos, protege os neur&#xF4;nios contra a hip&#xF3;xia e as hem&#xE1;ceas da rigidez da membrana secund&#xE1;ria ao excesso de &#xED;ons c&#xE1;lcio.</p> <p>N&#xE3;o interfere com o t&#xF4;nus vascular em situa&#xE7;&#xE3;o normal.</p> <p>O dicloridrato de flunarizina revelou ainda, ser dotado de propriedade depressora vestibular e atividade antivertiginosa, cuja a&#xE7;&#xE3;o parece residir na redu&#xE7;&#xE3;o do fluxo de &#xED;ons c&#xE1;lcio para o interior da c&#xE9;lula neurossensorial vestibular.</p> <p>O dicloridrato de flunarizina &#xE9; absorvido pelo trato gastrintestinal. Ap&#xF3;s dose oral, atinge pico de concentra&#xE7;&#xE3;o em 2 a 4 horas. Encontra-se ligado a <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas em 90%. Atinge altas concentra&#xE7;&#xF5;es no f&#xED;gado, pulm&#xF5;es e p&#xE2;ncreas e baixas concentra&#xE7;&#xF5;es no tecido cerebral. O volume de distribui&#xE7;&#xE3;o &#xE9; de 43,2 l/kg e a meiavida de distribui&#xE7;&#xE3;o &#xE9; de 2,4 a 5,5 horas. &#xC9; metabolizado pelo f&#xED;gado, tendo intenso metabolismo de primeira passagem. Seu principal metab&#xF3;lito &#xE9; a hidroflunarizina. A excre&#xE7;&#xE3;o renal &#xE9; menor que dicloridrato de flunarizina 0,01% e a excre&#xE7;&#xE3;o pelo leite materno &#xE9; desconhecida. A meia-vida de elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; de 18 a 23 dias.</p> "}

Como devo armazenar o Flunarin?

Flunarin deve ser conservado em temperatura ambiente (entre 15° e 30°C). Proteger da luz e da umidade.

Atenção: não armazenar este produto em locais quentes e úmidos (ex: banheiro, cozinha, carros, etc).

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características físicas&nbsp;

Flunarin são cápsulas de gelatina amarela transparente com microgrânulos (pequenos grãos) amarelados.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.&nbsp;

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Flunarin

MS - 1.0573.0309

Farmacêutico Responsável:
Gabriela Mallmann
CRF-SP n° 30.138

Fabricado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Guarulhos - SP

Registrado por:
Aché Laboratórios Farmacêuticos S.A.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201 - 20º andar
São Paulo - SP
CNPJ 60.659.463/0029-92
Indústria Brasileira




CAC:
0800 7016900
cac@ache.com.br

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Aché

© 2021 Medicamento Lab.