Apsen Litocit

5mEq, caixa com 60 comprimidos revestidos de liberação retardada

Princípio ativo
:
Citrato De Potássio
Classe Terapêutica
:
Todos Outros Produtos Urologicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Sistema Urinário
Especialidade
:
Urologia

Bula do medicamento

Litocit, para o que é indicado e para o que serve?

O citrato de potássio monoidratado, Litocit®, é indicado no tratamento:

  • <li>Da acidose tubular renal (doen&#xE7;a na qual os rins n&#xE3;o excretam adequadamente na urina compostos &#xE1;cidos, os quais permanecem no sangue, diminuindo o pH sangu&#xED;neo) que cursa com forma&#xE7;&#xE3;o de c&#xE1;lculos renais de c&#xE1;lcio.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de oxalato de c&#xE1;lcio em pacientes que excretam pouco citrato na urina.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de &#xE1;cido &#xFA;rico com ou sem c&#xE1;lculos de c&#xE1;lcio.</li>

Quais as contraindicações do Litocit?

Você não deve usar Litocit® se tiver qualquer uma das condições abaixo:

  • <li>Aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue ou doen&#xE7;as que predisponham ao aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue, tais como insufici&#xEA;ncia renal (filtra&#xE7;&#xE3;o glomerular menor do que 0,7 mL/kg/min), <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c" target="_blank">diabetes</a> <em>mellitus </em>descompensado, <a href="https://minutosaudavel.com.br/desidratacao/" rel="noopener" target="_blank">desidrata&#xE7;&#xE3;o</a> aguda, exerc&#xED;cio f&#xED;sico extenuante (em indiv&#xED;duos sem condicionamento f&#xED;sico), insufici&#xEA;ncia da gl&#xE2;ndula suprarrenal e extensa perda de tecidos (como em pacientes com <a href="https://minutosaudavel.com.br/queimaduras/" rel="noopener" target="_blank">queimaduras</a> graves);</li> <li>Demora ou parada na passagem do comprimido pelo trato gastrointestinal, por sofrer de retardo do esvaziamento do est&#xF4;mago, compress&#xE3;o do es&#xF4;fago, <a href="https://minutosaudavel.com.br/obstrucao-intestinal/" rel="noopener" target="_blank">obstru&#xE7;&#xE3;o intestinal</a> ou por usar medicamentos que lentificam o tr&#xE2;nsito gastrointestinal (como os anticolin&#xE9;rgicos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/ulcera/c" target="_blank">&#xDA;lcera</a> no est&#xF4;mago ou no intestino;</li> <li>Infec&#xE7;&#xE3;o ativa no trato urin&#xE1;rio (com ou sem a presen&#xE7;a de c&#xE1;lculos renais). A capacidade de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em aumentar o citrato urin&#xE1;rio pode ser acentuada pela degrada&#xE7;&#xE3;o bacteriana do citrato. Al&#xE9;m disso, o aumento do pH urin&#xE1;rio pelo Litocit<sup>&#xAE;</sup> pode fomentar um aumento futuro das bact&#xE9;rias.</li>

Informe ao seu médico se tiver alguma evidência de sangramento intestinal ou mudança na cor das fezes.

Realize todos os exames solicitados por seu médico e observe com cuidado suas recomendações sobre a dieta, não exagerando no consumo de sal. Não se automedique nem tome qualquer medicamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Como usar o Litocit?

Os comprimidos devem ser tomados com um copo cheio de água ou líquidos, juntamente com as refeições ou em até 30 minutos após as refeições ou lanches.

Tome a medicação apenas como foi prescrita pelo seu médico. Isto é particularmente importante para os pacientes que também tomam diuréticos e digoxina. Informe ao seu médico se tiver dificuldade de engolir o comprimido ou se ele parecer “parar” na garganta.

Nos pacientes com hipocitratúria moderada (> 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 1 comprimido de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 2 comprimidos de 540 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, duas vezes ao dia.</li>

Nos pacientes com hipocitratúria grave (< 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 2 comprimidos de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 3 comprimidos de 540 mg, quatro vezes ao dia, 2 comprimidos de 1620 mg, duas vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, 4 vezes ao dia.</li>

5 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 540 mg de citrato de potássio monoidratado.

10 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1080 mg de citrato de potássio monoidratado.

15 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1620 mg de citrato de potássio monoidratado.

Doses acima de 10 comprimidos de 1080 mg/dia não foram avaliadas e devem ser evitadas.

O tratamento com Litocit® deve ser acompanhado de uma dieta que limite a ingestão de sal e de potássio e estimule a ingestão de líquidos (o volume de urina deve ser de pelo menos 2 litros ao dia). O objetivo do tratamento é prover Litocit® na dosagem suficiente para restabelecer o citrato urinário e aumentar o pH urinário para valores entre 6,0 e 7,0.

É necessário monitorar o pH e a excreção urinária do citrato tanto no início do tratamento (para determinar a adequação da dose inicial) quanto após qualquer mudança de dose. Adicionalmente, o pH e a excreção urinária de citrato devem ser monitorados a cada 4 meses.

Eletrólitos séricos (potássio, cloro e sódio), bicarbonato, creatinina e hemograma completo devem ser monitorados a cada 4 meses (ou mais frequentemente em pacientes com doença cardíaca, renal ou acidose). O tratamento deve ser descontinuado no caso de aumento das concentrações sanguíneas de potássio, aumento significativo da creatinina sérica ou queda significativa do hematócrito/hemoglobina.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Litocit funciona?

Litocit® contém citrato de potássio monoidratado, que promove a alcalinização (aumento do pH) da urina, evitando a formação de cálculos por sais de cálcio ou ácido úrico.

Quais cuidados devo ter ao usar o Litocit?

Litocit® deve ser usado com cautela em pacientes com:

  • <li>Mecanismos de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio alterados, pois pode ocorrer aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue e at&#xE9; parada card&#xED;aca. O uso de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica ou outra condi&#xE7;&#xE3;o que provoque a altera&#xE7;&#xE3;o de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio deve ser evitado.</li> <li>Dist&#xFA;rbios do equil&#xED;brio &#xE1;cido-base (doen&#xE7;as que alteram o pH sangu&#xED;neo).</li> <li>Doen&#xE7;as cardiovasculares, como <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> ou arritmias, pois esses pacientes s&#xE3;o mais suscet&#xED;veis aos efeitos fatais associados &#xE0;s altera&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue.</li> <li>Doen&#xE7;as no <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a> e doen&#xE7;as muito graves.</li>

Em casos de vômitos graves, dor abdominal ou sangramento gastrointestinal, você deve suspender o citrato de potássio monoidratado imediatamente e procurar o médico para afastar o diagnóstico de perfuração ou obstrução intestinal.

Gravidez

Estudos de reprodução em animais não foram realizados com o citrato de potássio monoidratado. Não é recomendado o uso de Litocit® durante a gravidez.

Amamentação

A quantidade normal de potássio no leite materno é de cerca de 508 mg/L.

O citrato de potássio monoidratado é excretado no leite, mas não se sabe em qual quantidade e como ele afeta a composição do leite materno. Por essa razão, não é recomendado o seu uso em mulheres que estejam amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso Pediátrico

Não é recomendado o uso de Litocit® em crianças, pois sua segurança e eficácia não foram estabelecidas na população pediátrica.

Pacientes Idosos

Não é recomendado o seu uso. Sua segurança e eficácia não foram ainda estabelecidas em idosos.

Testes Laboratoriais

É recomendável determinar regularmente o potássio sérico. É preciso se atentar para o balanço ácido-básico, outros eletrólitos séricos, eletrocardiograma e o estado clínico do paciente. No caso de insuficiência renal ou cardíaca, ou de acidose isto é fundamental.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Litocit?

A frequência das reações adversas ao citrato de potássio monoidratado não foi definida.

As queixas mais comuns são de desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia ou redução dos movimentos intestinais. Estes sintomas são consequência da irritação intestinal e podem ser aliviados administrando-se as doses durante as refeições ou lanches, ou pela própria redução da dose. Alguns pacientes podem expelir as matrizes dos comprimidos intactas nas fezes.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Litocit?

Caso você esqueça de tomar Litocit® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima,&nbsp;continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Litocit?

Cada comprimido de liberação prolongada de 540 mg e 1080 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">540 mg (5 mEq)</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1080 mg (10 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">1 comprimido</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, estearato de magnésio e álcool cetoestearílico.

Cada comprimido de liberação prolongada 1620 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1620 mg (15 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, álcool cetoestearílico, celulose microcristalina, copovidona e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Litocit maior do que a recomendada?

A administração de sais de potássio nas dosagens recomendadas a indivíduos sem condições predisponentes para aumento das concentrações sanguíneas de potássio raramente causa problemas. É importante reconhecer que embora o aumento das concentrações sanguíneas de potássio possa causar sintomas, como fraqueza muscular, ela é usualmente assintomática e pode ser percebida apenas pela medida das concentrações sanguíneas de potássio e por alterações característica ao eletrocardiograma. Manifestações tardias incluem paralisia muscular e choque com parada cardíaca.

Em caso de ingestão acidental de uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez, o médico deverá ser contatado urgentemente ou o paciente deverá ser encaminhado ao pronto atendimento mais próximo para receber socorro médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Litocit com outros remédios?

A administração concomitante com outros medicamentos que afetam as concentrações sanguíneas de potássio (como inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores do receptor de angiotensina, alisquireno) ou diuréticos poupadores de potássio (trianterene, espironolactona ou amilorida) pode causar aumento grave das concentrações sanguíneas de potássio, por isto deve ser evitada.

A administração concomitante com medicamentos que lentificam o trânsito gastrointestinal (como anticolinérgicos) pode aumentar a irritação gastrointestinal produzida pelos sais de potássio.

Recomenda-se cautela na administração de Litocit® a pacientes tratados com digoxina, pois esses pacientes são mais suscetíveis aos efeitos fatais associados à mudanças rápidas das concentrações sanguíneas de potássio.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Litocit (Citrato de Potássio)?

Resultados de eficácia

Preminger e cols. avaliaram os efeitos da terapia com citrato de potássio por via oral em 9 pacientes com acidose tubular renal distal diagnosticados pela resposta anormal a uma sobrecarga oral de cloreto de amônia.

Os pacientes foram estudados durante uma fase controle e após três meses de tratamento com citrato de potássio (60 a 80 mEq ao dia).

O citrato de potássio determinou um aumento significante no pH urinário e no citrato urinário e uma diminuição no cálcio urinário.

A razão de saturação relativa urinária de oxalato de cálcio diminuiu significantemente durante o tratamento.

O citrato de potássio também inibiu a formação de novos cálculos renais; durante um período de tratamento médio de 34 meses, nenhum dos 9 pacientes apresentou novos cálculos, enquanto 39,3 ± 79,7 cálculos por paciente tivessem sido formados durante os 3 anos anteriores ao tratamento.

Esses resultados suportam a vantagem clínica da terapia com citrato de potássio para pacientes com acidose tubular renal distal e nefrolitíase de sais de cálcio recorrente.

Os efeitos prolongados da terapia com citrato de potássio (20 mEq, 3x/dia durante 1 a 4,33 anos) foram examinados em 89 pacientes com nefrolitíase de cálcio hipocitratúrica ou com nefrolitíase por ácido úricos, com ou sem nefrolitíase por cálcio.

A hipocitratúria causada por acidose tubular renal ou por síndrome da diarreia crônica estava associada com outras anormalidades metabólicas, tais como hipercalciúria ou hiperuricosúria, ou ocorria isoladamente.

A terapia com citrato de potássio causou um aumento sustentado no pH e no potássio urinário e restaurou o citrato urinário a valores normais. Não foram observadas alterações substanciais nas concentrações urinárias de ácido úrico, oxalato, sódio e fósforo ou no volume total.

Devido a essas alterações fisiológicas, a solubilidade do ácido úrico aumentou, a saturação urinária de oxalato de cálcio diminuiu e a propensão para a nucleação espontânea do oxalato de cálcio foi reduzida ao normal.

O tratamento com citrato de potássio determinou melhora clínica, uma vez que a formação de cálculos diminuiu em 97,8% dos pacientes, remissão foi obtida em 79,8% e a necessidade de cirurgia para cálculos recém-formados foi eliminada.

Barcelo e cols. randomizaram 57 pacientes com nefrolitíase ativa (2 ou mais cálculos durante os dois anos anteriores ao estudo) e hipocitratúria em dois grupos: um grupo recebendo 30 a 60 mEq de citrato de potássio/dia e outro grupo recebendo placebo.

Em 18 pacientes recebendo citrato de potássio por 3 anos, a formação de cálculos diminuiu significantemente após o tratamento de 1,2 ± 0,6 para 0,1 ± 0,2 por paciente ano (p < 0,0001), em 13 pacientes (72%), a doença ficou em remissão e todos os pacientes demonstraram uma taxa de formação de cálculos reduzida.

Em contrapartida, 20 pacientes recebendo placebo por 3 anos não apresentaram mudança significante na taxa de formação de cálculos (1,1 ± 0,4 para 1,1 ± 0,3 por paciente ano) e em apenas 4 pacientes (20%) a doença ficou em remissão. A taxa de formação de cálculos durante o tratamento com citrato de potássio foi significantemente menor que durante o tratamento com placebo (0,1 ± 0,2 versus 1,1 ± 0,3 por paciente ano, p < 0,001).

{"tag":"hr","value":" <h2>Caracter&#xED;sticas farmacol&#xF3;gicas</h2> <h2>Farmacodin&#xE2;mica</h2> <p>Quando o citrato de pot&#xE1;ssio &#xE9; administrado por via oral, a metaboliza&#xE7;&#xE3;o do citrato absorvido produz uma carga alcalina.</p> <p>A carga alcalina aumenta o pH e as concentra&#xE7;&#xF5;es de citrato urin&#xE1;rio.</p> <p>As altera&#xE7;&#xF5;es induzidas pelo citrato de pot&#xE1;ssio modificam a urina, tornando-a menos propensa &#xE0; cristaliza&#xE7;&#xE3;o dos sais formadores de c&#xE1;lculos (oxalato de c&#xE1;lcio, fosfato de c&#xE1;lcio e &#xE1;cido &#xFA;rico).</p> <p>O citrato aumentado na urina, por se complexar com o c&#xE1;lcio, diminui a atividade i&#xF4;nica do c&#xE1;lcio e, assim, a satura&#xE7;&#xE3;o do oxalato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O citrato tamb&#xE9;m inibe a nuclea&#xE7;&#xE3;o espont&#xE2;nea do oxalato de c&#xE1;lcio e do fosfato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O aumento do pH urin&#xE1;rio tamb&#xE9;m aumenta a ioniza&#xE7;&#xE3;o do &#xE1;cido &#xFA;rico a ion urato, que &#xE9; mais sol&#xFA;vel.</p> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado n&#xE3;o altera a satura&#xE7;&#xE3;o urin&#xE1;ria de fosfato de c&#xE1;lcio porque o efeito da forma&#xE7;&#xE3;o aumentada de complexos de citrato com c&#xE1;lcio &#xE9; contrabalan&#xE7;ada pelo aumento da dissocia&#xE7;&#xE3;o do fosfato dependente do pH. Os c&#xE1;lculos do fosfato de c&#xE1;lcio s&#xE3;o mais est&#xE1;veis na urina alcalina.</p> <h2>Farmacocin&#xE9;tica</h2> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado &#xE9; oxidado no organismo, formando bicarbonato de pot&#xE1;ssio ou de s&#xF3;dio.</p> <p>A a&#xE7;&#xE3;o tem in&#xED;cio em cerca de 1 hora ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o oral, persistindo por 12 horas.</p> <p>Ap&#xF3;s m&#xFA;ltiplas doses, a eleva&#xE7;&#xE3;o na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato alcan&#xE7;a seu pico no 3&#xB0; dia.</p> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; urin&#xE1;ria, sendo menos de 5% da droga inalterada.</p> <p>O aumento na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato &#xE9; diretamente dependente da dosagem de citrato de pot&#xE1;ssio administrada; o tratamento com uma dose de 60 mEq/dia aumenta o citrato urin&#xE1;rio em aproximadamente 400 mg/dia e aumenta o pH urin&#xE1;rio em aproximadamente 0,7 unidades.</p> "}

Como devo armazenar o Litocit?

Litocit® deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC), protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

  • <li><strong>Litocit 540 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 10 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1080 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 20 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1620 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 30 dias.</strong></li>

Características do medicamento

  • <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 540 mg s&#xE3;o circulares, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1080 mg s&#xE3;o ovais, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1620 mg s&#xE3;o oblongos, el&#xED;pticos, levemente amarelos, biconvexos e lisos.</li>

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Litocit

Comprimidos de 540 mg e&nbsp;1080 mg

Caixas com 60 comprimidos.

Comprimidos de 1620 mg

Caixas com 30 ou 60 comprimidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Litocit

M.S.: 1.0118.0128

Farmacêutico Responsável:
Rodrigo de Morais Vaz
CRF SP nº 39282

Apsen Farmacêutica&nbsp;S/A
Rua La Paz, nº 37/67 – Santo Amaro
CEP 04755-020 – São Paulo – SP
CNPJ 62.462.015/0001-29
Indústria Brasileira



Centro de Atendimento ao Cliente
0800 16 5678
Ligação gratuita
infomed@apsen.com.br&nbsp;


® Marca registrada de Apsen Farmacêutica S.A.

Venda sob prescrição médica.

10mEq, caixa com 60 comprimidos revestidos de liberação retardada

Princípio ativo
:
Citrato De Potássio
Classe Terapêutica
:
Todos Outros Produtos Urologicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Sistema Urinário
Especialidade
:
Urologia

Bula do medicamento

Litocit, para o que é indicado e para o que serve?

O citrato de potássio monoidratado, Litocit®, é indicado no tratamento:

  • <li>Da acidose tubular renal (doen&#xE7;a na qual os rins n&#xE3;o excretam adequadamente na urina compostos &#xE1;cidos, os quais permanecem no sangue, diminuindo o pH sangu&#xED;neo) que cursa com forma&#xE7;&#xE3;o de c&#xE1;lculos renais de c&#xE1;lcio.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de oxalato de c&#xE1;lcio em pacientes que excretam pouco citrato na urina.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de &#xE1;cido &#xFA;rico com ou sem c&#xE1;lculos de c&#xE1;lcio.</li>

Quais as contraindicações do Litocit?

Você não deve usar Litocit® se tiver qualquer uma das condições abaixo:

  • <li>Aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue ou doen&#xE7;as que predisponham ao aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue, tais como insufici&#xEA;ncia renal (filtra&#xE7;&#xE3;o glomerular menor do que 0,7 mL/kg/min), <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c" target="_blank">diabetes</a> <em>mellitus </em>descompensado, <a href="https://minutosaudavel.com.br/desidratacao/" rel="noopener" target="_blank">desidrata&#xE7;&#xE3;o</a> aguda, exerc&#xED;cio f&#xED;sico extenuante (em indiv&#xED;duos sem condicionamento f&#xED;sico), insufici&#xEA;ncia da gl&#xE2;ndula suprarrenal e extensa perda de tecidos (como em pacientes com <a href="https://minutosaudavel.com.br/queimaduras/" rel="noopener" target="_blank">queimaduras</a> graves);</li> <li>Demora ou parada na passagem do comprimido pelo trato gastrointestinal, por sofrer de retardo do esvaziamento do est&#xF4;mago, compress&#xE3;o do es&#xF4;fago, <a href="https://minutosaudavel.com.br/obstrucao-intestinal/" rel="noopener" target="_blank">obstru&#xE7;&#xE3;o intestinal</a> ou por usar medicamentos que lentificam o tr&#xE2;nsito gastrointestinal (como os anticolin&#xE9;rgicos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/ulcera/c" target="_blank">&#xDA;lcera</a> no est&#xF4;mago ou no intestino;</li> <li>Infec&#xE7;&#xE3;o ativa no trato urin&#xE1;rio (com ou sem a presen&#xE7;a de c&#xE1;lculos renais). A capacidade de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em aumentar o citrato urin&#xE1;rio pode ser acentuada pela degrada&#xE7;&#xE3;o bacteriana do citrato. Al&#xE9;m disso, o aumento do pH urin&#xE1;rio pelo Litocit<sup>&#xAE;</sup> pode fomentar um aumento futuro das bact&#xE9;rias.</li>

Informe ao seu médico se tiver alguma evidência de sangramento intestinal ou mudança na cor das fezes.

Realize todos os exames solicitados por seu médico e observe com cuidado suas recomendações sobre a dieta, não exagerando no consumo de sal. Não se automedique nem tome qualquer medicamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Como usar o Litocit?

Os comprimidos devem ser tomados com um copo cheio de água ou líquidos, juntamente com as refeições ou em até 30 minutos após as refeições ou lanches.

Tome a medicação apenas como foi prescrita pelo seu médico. Isto é particularmente importante para os pacientes que também tomam diuréticos e digoxina. Informe ao seu médico se tiver dificuldade de engolir o comprimido ou se ele parecer “parar” na garganta.

Nos pacientes com hipocitratúria moderada (> 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 1 comprimido de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 2 comprimidos de 540 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, duas vezes ao dia.</li>

Nos pacientes com hipocitratúria grave (< 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 2 comprimidos de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 3 comprimidos de 540 mg, quatro vezes ao dia, 2 comprimidos de 1620 mg, duas vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, 4 vezes ao dia.</li>

5 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 540 mg de citrato de potássio monoidratado.

10 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1080 mg de citrato de potássio monoidratado.

15 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1620 mg de citrato de potássio monoidratado.

Doses acima de 10 comprimidos de 1080 mg/dia não foram avaliadas e devem ser evitadas.

O tratamento com Litocit® deve ser acompanhado de uma dieta que limite a ingestão de sal e de potássio e estimule a ingestão de líquidos (o volume de urina deve ser de pelo menos 2 litros ao dia). O objetivo do tratamento é prover Litocit® na dosagem suficiente para restabelecer o citrato urinário e aumentar o pH urinário para valores entre 6,0 e 7,0.

É necessário monitorar o pH e a excreção urinária do citrato tanto no início do tratamento (para determinar a adequação da dose inicial) quanto após qualquer mudança de dose. Adicionalmente, o pH e a excreção urinária de citrato devem ser monitorados a cada 4 meses.

Eletrólitos séricos (potássio, cloro e sódio), bicarbonato, creatinina e hemograma completo devem ser monitorados a cada 4 meses (ou mais frequentemente em pacientes com doença cardíaca, renal ou acidose). O tratamento deve ser descontinuado no caso de aumento das concentrações sanguíneas de potássio, aumento significativo da creatinina sérica ou queda significativa do hematócrito/hemoglobina.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Litocit funciona?

Litocit® contém citrato de potássio monoidratado, que promove a alcalinização (aumento do pH) da urina, evitando a formação de cálculos por sais de cálcio ou ácido úrico.

Quais cuidados devo ter ao usar o Litocit?

Litocit® deve ser usado com cautela em pacientes com:

  • <li>Mecanismos de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio alterados, pois pode ocorrer aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue e at&#xE9; parada card&#xED;aca. O uso de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica ou outra condi&#xE7;&#xE3;o que provoque a altera&#xE7;&#xE3;o de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio deve ser evitado.</li> <li>Dist&#xFA;rbios do equil&#xED;brio &#xE1;cido-base (doen&#xE7;as que alteram o pH sangu&#xED;neo).</li> <li>Doen&#xE7;as cardiovasculares, como <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> ou arritmias, pois esses pacientes s&#xE3;o mais suscet&#xED;veis aos efeitos fatais associados &#xE0;s altera&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue.</li> <li>Doen&#xE7;as no <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a> e doen&#xE7;as muito graves.</li>

Em casos de vômitos graves, dor abdominal ou sangramento gastrointestinal, você deve suspender o citrato de potássio monoidratado imediatamente e procurar o médico para afastar o diagnóstico de perfuração ou obstrução intestinal.

Gravidez

Estudos de reprodução em animais não foram realizados com o citrato de potássio monoidratado. Não é recomendado o uso de Litocit® durante a gravidez.

Amamentação

A quantidade normal de potássio no leite materno é de cerca de 508 mg/L.

O citrato de potássio monoidratado é excretado no leite, mas não se sabe em qual quantidade e como ele afeta a composição do leite materno. Por essa razão, não é recomendado o seu uso em mulheres que estejam amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso Pediátrico

Não é recomendado o uso de Litocit® em crianças, pois sua segurança e eficácia não foram estabelecidas na população pediátrica.

Pacientes Idosos

Não é recomendado o seu uso. Sua segurança e eficácia não foram ainda estabelecidas em idosos.

Testes Laboratoriais

É recomendável determinar regularmente o potássio sérico. É preciso se atentar para o balanço ácido-básico, outros eletrólitos séricos, eletrocardiograma e o estado clínico do paciente. No caso de insuficiência renal ou cardíaca, ou de acidose isto é fundamental.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Litocit?

A frequência das reações adversas ao citrato de potássio monoidratado não foi definida.

As queixas mais comuns são de desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia ou redução dos movimentos intestinais. Estes sintomas são consequência da irritação intestinal e podem ser aliviados administrando-se as doses durante as refeições ou lanches, ou pela própria redução da dose. Alguns pacientes podem expelir as matrizes dos comprimidos intactas nas fezes.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Litocit?

Caso você esqueça de tomar Litocit® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima,&nbsp;continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Litocit?

Cada comprimido de liberação prolongada de 540 mg e 1080 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">540 mg (5 mEq)</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1080 mg (10 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">1 comprimido</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, estearato de magnésio e álcool cetoestearílico.

Cada comprimido de liberação prolongada 1620 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1620 mg (15 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, álcool cetoestearílico, celulose microcristalina, copovidona e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Litocit maior do que a recomendada?

A administração de sais de potássio nas dosagens recomendadas a indivíduos sem condições predisponentes para aumento das concentrações sanguíneas de potássio raramente causa problemas. É importante reconhecer que embora o aumento das concentrações sanguíneas de potássio possa causar sintomas, como fraqueza muscular, ela é usualmente assintomática e pode ser percebida apenas pela medida das concentrações sanguíneas de potássio e por alterações característica ao eletrocardiograma. Manifestações tardias incluem paralisia muscular e choque com parada cardíaca.

Em caso de ingestão acidental de uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez, o médico deverá ser contatado urgentemente ou o paciente deverá ser encaminhado ao pronto atendimento mais próximo para receber socorro médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Litocit com outros remédios?

A administração concomitante com outros medicamentos que afetam as concentrações sanguíneas de potássio (como inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores do receptor de angiotensina, alisquireno) ou diuréticos poupadores de potássio (trianterene, espironolactona ou amilorida) pode causar aumento grave das concentrações sanguíneas de potássio, por isto deve ser evitada.

A administração concomitante com medicamentos que lentificam o trânsito gastrointestinal (como anticolinérgicos) pode aumentar a irritação gastrointestinal produzida pelos sais de potássio.

Recomenda-se cautela na administração de Litocit® a pacientes tratados com digoxina, pois esses pacientes são mais suscetíveis aos efeitos fatais associados à mudanças rápidas das concentrações sanguíneas de potássio.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Litocit (Citrato de Potássio)?

Resultados de eficácia

Preminger e cols. avaliaram os efeitos da terapia com citrato de potássio por via oral em 9 pacientes com acidose tubular renal distal diagnosticados pela resposta anormal a uma sobrecarga oral de cloreto de amônia.

Os pacientes foram estudados durante uma fase controle e após três meses de tratamento com citrato de potássio (60 a 80 mEq ao dia).

O citrato de potássio determinou um aumento significante no pH urinário e no citrato urinário e uma diminuição no cálcio urinário.

A razão de saturação relativa urinária de oxalato de cálcio diminuiu significantemente durante o tratamento.

O citrato de potássio também inibiu a formação de novos cálculos renais; durante um período de tratamento médio de 34 meses, nenhum dos 9 pacientes apresentou novos cálculos, enquanto 39,3 ± 79,7 cálculos por paciente tivessem sido formados durante os 3 anos anteriores ao tratamento.

Esses resultados suportam a vantagem clínica da terapia com citrato de potássio para pacientes com acidose tubular renal distal e nefrolitíase de sais de cálcio recorrente.

Os efeitos prolongados da terapia com citrato de potássio (20 mEq, 3x/dia durante 1 a 4,33 anos) foram examinados em 89 pacientes com nefrolitíase de cálcio hipocitratúrica ou com nefrolitíase por ácido úricos, com ou sem nefrolitíase por cálcio.

A hipocitratúria causada por acidose tubular renal ou por síndrome da diarreia crônica estava associada com outras anormalidades metabólicas, tais como hipercalciúria ou hiperuricosúria, ou ocorria isoladamente.

A terapia com citrato de potássio causou um aumento sustentado no pH e no potássio urinário e restaurou o citrato urinário a valores normais. Não foram observadas alterações substanciais nas concentrações urinárias de ácido úrico, oxalato, sódio e fósforo ou no volume total.

Devido a essas alterações fisiológicas, a solubilidade do ácido úrico aumentou, a saturação urinária de oxalato de cálcio diminuiu e a propensão para a nucleação espontânea do oxalato de cálcio foi reduzida ao normal.

O tratamento com citrato de potássio determinou melhora clínica, uma vez que a formação de cálculos diminuiu em 97,8% dos pacientes, remissão foi obtida em 79,8% e a necessidade de cirurgia para cálculos recém-formados foi eliminada.

Barcelo e cols. randomizaram 57 pacientes com nefrolitíase ativa (2 ou mais cálculos durante os dois anos anteriores ao estudo) e hipocitratúria em dois grupos: um grupo recebendo 30 a 60 mEq de citrato de potássio/dia e outro grupo recebendo placebo.

Em 18 pacientes recebendo citrato de potássio por 3 anos, a formação de cálculos diminuiu significantemente após o tratamento de 1,2 ± 0,6 para 0,1 ± 0,2 por paciente ano (p < 0,0001), em 13 pacientes (72%), a doença ficou em remissão e todos os pacientes demonstraram uma taxa de formação de cálculos reduzida.

Em contrapartida, 20 pacientes recebendo placebo por 3 anos não apresentaram mudança significante na taxa de formação de cálculos (1,1 ± 0,4 para 1,1 ± 0,3 por paciente ano) e em apenas 4 pacientes (20%) a doença ficou em remissão. A taxa de formação de cálculos durante o tratamento com citrato de potássio foi significantemente menor que durante o tratamento com placebo (0,1 ± 0,2 versus 1,1 ± 0,3 por paciente ano, p < 0,001).

{"tag":"hr","value":" <h2>Caracter&#xED;sticas farmacol&#xF3;gicas</h2> <h2>Farmacodin&#xE2;mica</h2> <p>Quando o citrato de pot&#xE1;ssio &#xE9; administrado por via oral, a metaboliza&#xE7;&#xE3;o do citrato absorvido produz uma carga alcalina.</p> <p>A carga alcalina aumenta o pH e as concentra&#xE7;&#xF5;es de citrato urin&#xE1;rio.</p> <p>As altera&#xE7;&#xF5;es induzidas pelo citrato de pot&#xE1;ssio modificam a urina, tornando-a menos propensa &#xE0; cristaliza&#xE7;&#xE3;o dos sais formadores de c&#xE1;lculos (oxalato de c&#xE1;lcio, fosfato de c&#xE1;lcio e &#xE1;cido &#xFA;rico).</p> <p>O citrato aumentado na urina, por se complexar com o c&#xE1;lcio, diminui a atividade i&#xF4;nica do c&#xE1;lcio e, assim, a satura&#xE7;&#xE3;o do oxalato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O citrato tamb&#xE9;m inibe a nuclea&#xE7;&#xE3;o espont&#xE2;nea do oxalato de c&#xE1;lcio e do fosfato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O aumento do pH urin&#xE1;rio tamb&#xE9;m aumenta a ioniza&#xE7;&#xE3;o do &#xE1;cido &#xFA;rico a ion urato, que &#xE9; mais sol&#xFA;vel.</p> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado n&#xE3;o altera a satura&#xE7;&#xE3;o urin&#xE1;ria de fosfato de c&#xE1;lcio porque o efeito da forma&#xE7;&#xE3;o aumentada de complexos de citrato com c&#xE1;lcio &#xE9; contrabalan&#xE7;ada pelo aumento da dissocia&#xE7;&#xE3;o do fosfato dependente do pH. Os c&#xE1;lculos do fosfato de c&#xE1;lcio s&#xE3;o mais est&#xE1;veis na urina alcalina.</p> <h2>Farmacocin&#xE9;tica</h2> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado &#xE9; oxidado no organismo, formando bicarbonato de pot&#xE1;ssio ou de s&#xF3;dio.</p> <p>A a&#xE7;&#xE3;o tem in&#xED;cio em cerca de 1 hora ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o oral, persistindo por 12 horas.</p> <p>Ap&#xF3;s m&#xFA;ltiplas doses, a eleva&#xE7;&#xE3;o na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato alcan&#xE7;a seu pico no 3&#xB0; dia.</p> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; urin&#xE1;ria, sendo menos de 5% da droga inalterada.</p> <p>O aumento na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato &#xE9; diretamente dependente da dosagem de citrato de pot&#xE1;ssio administrada; o tratamento com uma dose de 60 mEq/dia aumenta o citrato urin&#xE1;rio em aproximadamente 400 mg/dia e aumenta o pH urin&#xE1;rio em aproximadamente 0,7 unidades.</p> "}

Como devo armazenar o Litocit?

Litocit® deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC), protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

  • <li><strong>Litocit 540 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 10 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1080 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 20 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1620 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 30 dias.</strong></li>

Características do medicamento

  • <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 540 mg s&#xE3;o circulares, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1080 mg s&#xE3;o ovais, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1620 mg s&#xE3;o oblongos, el&#xED;pticos, levemente amarelos, biconvexos e lisos.</li>

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Litocit

Comprimidos de 540 mg e&nbsp;1080 mg

Caixas com 60 comprimidos.

Comprimidos de 1620 mg

Caixas com 30 ou 60 comprimidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Litocit

M.S.: 1.0118.0128

Farmacêutico Responsável:
Rodrigo de Morais Vaz
CRF SP nº 39282

Apsen Farmacêutica&nbsp;S/A
Rua La Paz, nº 37/67 – Santo Amaro
CEP 04755-020 – São Paulo – SP
CNPJ 62.462.015/0001-29
Indústria Brasileira



Centro de Atendimento ao Cliente
0800 16 5678
Ligação gratuita
infomed@apsen.com.br&nbsp;


® Marca registrada de Apsen Farmacêutica S.A.

Venda sob prescrição médica.

1.620mg, caixa com 60 comprimidos de liberação prolongado

Princípio ativo
:
Citrato De Potássio
Classe Terapêutica
:
Todos Outros Produtos Urologicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Sistema Urinário
Especialidade
:
Urologia

Bula do medicamento

Litocit, para o que é indicado e para o que serve?

O citrato de potássio monoidratado, Litocit®, é indicado no tratamento:

  • <li>Da acidose tubular renal (doen&#xE7;a na qual os rins n&#xE3;o excretam adequadamente na urina compostos &#xE1;cidos, os quais permanecem no sangue, diminuindo o pH sangu&#xED;neo) que cursa com forma&#xE7;&#xE3;o de c&#xE1;lculos renais de c&#xE1;lcio.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de oxalato de c&#xE1;lcio em pacientes que excretam pouco citrato na urina.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de &#xE1;cido &#xFA;rico com ou sem c&#xE1;lculos de c&#xE1;lcio.</li>

Quais as contraindicações do Litocit?

Você não deve usar Litocit® se tiver qualquer uma das condições abaixo:

  • <li>Aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue ou doen&#xE7;as que predisponham ao aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue, tais como insufici&#xEA;ncia renal (filtra&#xE7;&#xE3;o glomerular menor do que 0,7 mL/kg/min), <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c" target="_blank">diabetes</a> <em>mellitus </em>descompensado, <a href="https://minutosaudavel.com.br/desidratacao/" rel="noopener" target="_blank">desidrata&#xE7;&#xE3;o</a> aguda, exerc&#xED;cio f&#xED;sico extenuante (em indiv&#xED;duos sem condicionamento f&#xED;sico), insufici&#xEA;ncia da gl&#xE2;ndula suprarrenal e extensa perda de tecidos (como em pacientes com <a href="https://minutosaudavel.com.br/queimaduras/" rel="noopener" target="_blank">queimaduras</a> graves);</li> <li>Demora ou parada na passagem do comprimido pelo trato gastrointestinal, por sofrer de retardo do esvaziamento do est&#xF4;mago, compress&#xE3;o do es&#xF4;fago, <a href="https://minutosaudavel.com.br/obstrucao-intestinal/" rel="noopener" target="_blank">obstru&#xE7;&#xE3;o intestinal</a> ou por usar medicamentos que lentificam o tr&#xE2;nsito gastrointestinal (como os anticolin&#xE9;rgicos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/ulcera/c" target="_blank">&#xDA;lcera</a> no est&#xF4;mago ou no intestino;</li> <li>Infec&#xE7;&#xE3;o ativa no trato urin&#xE1;rio (com ou sem a presen&#xE7;a de c&#xE1;lculos renais). A capacidade de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em aumentar o citrato urin&#xE1;rio pode ser acentuada pela degrada&#xE7;&#xE3;o bacteriana do citrato. Al&#xE9;m disso, o aumento do pH urin&#xE1;rio pelo Litocit<sup>&#xAE;</sup> pode fomentar um aumento futuro das bact&#xE9;rias.</li>

Informe ao seu médico se tiver alguma evidência de sangramento intestinal ou mudança na cor das fezes.

Realize todos os exames solicitados por seu médico e observe com cuidado suas recomendações sobre a dieta, não exagerando no consumo de sal. Não se automedique nem tome qualquer medicamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Como usar o Litocit?

Os comprimidos devem ser tomados com um copo cheio de água ou líquidos, juntamente com as refeições ou em até 30 minutos após as refeições ou lanches.

Tome a medicação apenas como foi prescrita pelo seu médico. Isto é particularmente importante para os pacientes que também tomam diuréticos e digoxina. Informe ao seu médico se tiver dificuldade de engolir o comprimido ou se ele parecer “parar” na garganta.

Nos pacientes com hipocitratúria moderada (> 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 1 comprimido de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 2 comprimidos de 540 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, duas vezes ao dia.</li>

Nos pacientes com hipocitratúria grave (< 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 2 comprimidos de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 3 comprimidos de 540 mg, quatro vezes ao dia, 2 comprimidos de 1620 mg, duas vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, 4 vezes ao dia.</li>

5 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 540 mg de citrato de potássio monoidratado.

10 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1080 mg de citrato de potássio monoidratado.

15 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1620 mg de citrato de potássio monoidratado.

Doses acima de 10 comprimidos de 1080 mg/dia não foram avaliadas e devem ser evitadas.

O tratamento com Litocit® deve ser acompanhado de uma dieta que limite a ingestão de sal e de potássio e estimule a ingestão de líquidos (o volume de urina deve ser de pelo menos 2 litros ao dia). O objetivo do tratamento é prover Litocit® na dosagem suficiente para restabelecer o citrato urinário e aumentar o pH urinário para valores entre 6,0 e 7,0.

É necessário monitorar o pH e a excreção urinária do citrato tanto no início do tratamento (para determinar a adequação da dose inicial) quanto após qualquer mudança de dose. Adicionalmente, o pH e a excreção urinária de citrato devem ser monitorados a cada 4 meses.

Eletrólitos séricos (potássio, cloro e sódio), bicarbonato, creatinina e hemograma completo devem ser monitorados a cada 4 meses (ou mais frequentemente em pacientes com doença cardíaca, renal ou acidose). O tratamento deve ser descontinuado no caso de aumento das concentrações sanguíneas de potássio, aumento significativo da creatinina sérica ou queda significativa do hematócrito/hemoglobina.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Litocit funciona?

Litocit® contém citrato de potássio monoidratado, que promove a alcalinização (aumento do pH) da urina, evitando a formação de cálculos por sais de cálcio ou ácido úrico.

Quais cuidados devo ter ao usar o Litocit?

Litocit® deve ser usado com cautela em pacientes com:

  • <li>Mecanismos de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio alterados, pois pode ocorrer aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue e at&#xE9; parada card&#xED;aca. O uso de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica ou outra condi&#xE7;&#xE3;o que provoque a altera&#xE7;&#xE3;o de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio deve ser evitado.</li> <li>Dist&#xFA;rbios do equil&#xED;brio &#xE1;cido-base (doen&#xE7;as que alteram o pH sangu&#xED;neo).</li> <li>Doen&#xE7;as cardiovasculares, como <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> ou arritmias, pois esses pacientes s&#xE3;o mais suscet&#xED;veis aos efeitos fatais associados &#xE0;s altera&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue.</li> <li>Doen&#xE7;as no <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a> e doen&#xE7;as muito graves.</li>

Em casos de vômitos graves, dor abdominal ou sangramento gastrointestinal, você deve suspender o citrato de potássio monoidratado imediatamente e procurar o médico para afastar o diagnóstico de perfuração ou obstrução intestinal.

Gravidez

Estudos de reprodução em animais não foram realizados com o citrato de potássio monoidratado. Não é recomendado o uso de Litocit® durante a gravidez.

Amamentação

A quantidade normal de potássio no leite materno é de cerca de 508 mg/L.

O citrato de potássio monoidratado é excretado no leite, mas não se sabe em qual quantidade e como ele afeta a composição do leite materno. Por essa razão, não é recomendado o seu uso em mulheres que estejam amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso Pediátrico

Não é recomendado o uso de Litocit® em crianças, pois sua segurança e eficácia não foram estabelecidas na população pediátrica.

Pacientes Idosos

Não é recomendado o seu uso. Sua segurança e eficácia não foram ainda estabelecidas em idosos.

Testes Laboratoriais

É recomendável determinar regularmente o potássio sérico. É preciso se atentar para o balanço ácido-básico, outros eletrólitos séricos, eletrocardiograma e o estado clínico do paciente. No caso de insuficiência renal ou cardíaca, ou de acidose isto é fundamental.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Litocit?

A frequência das reações adversas ao citrato de potássio monoidratado não foi definida.

As queixas mais comuns são de desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia ou redução dos movimentos intestinais. Estes sintomas são consequência da irritação intestinal e podem ser aliviados administrando-se as doses durante as refeições ou lanches, ou pela própria redução da dose. Alguns pacientes podem expelir as matrizes dos comprimidos intactas nas fezes.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Litocit?

Caso você esqueça de tomar Litocit® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima,&nbsp;continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Litocit?

Cada comprimido de liberação prolongada de 540 mg e 1080 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">540 mg (5 mEq)</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1080 mg (10 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">1 comprimido</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, estearato de magnésio e álcool cetoestearílico.

Cada comprimido de liberação prolongada 1620 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1620 mg (15 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, álcool cetoestearílico, celulose microcristalina, copovidona e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Litocit maior do que a recomendada?

A administração de sais de potássio nas dosagens recomendadas a indivíduos sem condições predisponentes para aumento das concentrações sanguíneas de potássio raramente causa problemas. É importante reconhecer que embora o aumento das concentrações sanguíneas de potássio possa causar sintomas, como fraqueza muscular, ela é usualmente assintomática e pode ser percebida apenas pela medida das concentrações sanguíneas de potássio e por alterações característica ao eletrocardiograma. Manifestações tardias incluem paralisia muscular e choque com parada cardíaca.

Em caso de ingestão acidental de uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez, o médico deverá ser contatado urgentemente ou o paciente deverá ser encaminhado ao pronto atendimento mais próximo para receber socorro médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Litocit com outros remédios?

A administração concomitante com outros medicamentos que afetam as concentrações sanguíneas de potássio (como inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores do receptor de angiotensina, alisquireno) ou diuréticos poupadores de potássio (trianterene, espironolactona ou amilorida) pode causar aumento grave das concentrações sanguíneas de potássio, por isto deve ser evitada.

A administração concomitante com medicamentos que lentificam o trânsito gastrointestinal (como anticolinérgicos) pode aumentar a irritação gastrointestinal produzida pelos sais de potássio.

Recomenda-se cautela na administração de Litocit® a pacientes tratados com digoxina, pois esses pacientes são mais suscetíveis aos efeitos fatais associados à mudanças rápidas das concentrações sanguíneas de potássio.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Litocit (Citrato de Potássio)?

Resultados de eficácia

Preminger e cols. avaliaram os efeitos da terapia com citrato de potássio por via oral em 9 pacientes com acidose tubular renal distal diagnosticados pela resposta anormal a uma sobrecarga oral de cloreto de amônia.

Os pacientes foram estudados durante uma fase controle e após três meses de tratamento com citrato de potássio (60 a 80 mEq ao dia).

O citrato de potássio determinou um aumento significante no pH urinário e no citrato urinário e uma diminuição no cálcio urinário.

A razão de saturação relativa urinária de oxalato de cálcio diminuiu significantemente durante o tratamento.

O citrato de potássio também inibiu a formação de novos cálculos renais; durante um período de tratamento médio de 34 meses, nenhum dos 9 pacientes apresentou novos cálculos, enquanto 39,3 ± 79,7 cálculos por paciente tivessem sido formados durante os 3 anos anteriores ao tratamento.

Esses resultados suportam a vantagem clínica da terapia com citrato de potássio para pacientes com acidose tubular renal distal e nefrolitíase de sais de cálcio recorrente.

Os efeitos prolongados da terapia com citrato de potássio (20 mEq, 3x/dia durante 1 a 4,33 anos) foram examinados em 89 pacientes com nefrolitíase de cálcio hipocitratúrica ou com nefrolitíase por ácido úricos, com ou sem nefrolitíase por cálcio.

A hipocitratúria causada por acidose tubular renal ou por síndrome da diarreia crônica estava associada com outras anormalidades metabólicas, tais como hipercalciúria ou hiperuricosúria, ou ocorria isoladamente.

A terapia com citrato de potássio causou um aumento sustentado no pH e no potássio urinário e restaurou o citrato urinário a valores normais. Não foram observadas alterações substanciais nas concentrações urinárias de ácido úrico, oxalato, sódio e fósforo ou no volume total.

Devido a essas alterações fisiológicas, a solubilidade do ácido úrico aumentou, a saturação urinária de oxalato de cálcio diminuiu e a propensão para a nucleação espontânea do oxalato de cálcio foi reduzida ao normal.

O tratamento com citrato de potássio determinou melhora clínica, uma vez que a formação de cálculos diminuiu em 97,8% dos pacientes, remissão foi obtida em 79,8% e a necessidade de cirurgia para cálculos recém-formados foi eliminada.

Barcelo e cols. randomizaram 57 pacientes com nefrolitíase ativa (2 ou mais cálculos durante os dois anos anteriores ao estudo) e hipocitratúria em dois grupos: um grupo recebendo 30 a 60 mEq de citrato de potássio/dia e outro grupo recebendo placebo.

Em 18 pacientes recebendo citrato de potássio por 3 anos, a formação de cálculos diminuiu significantemente após o tratamento de 1,2 ± 0,6 para 0,1 ± 0,2 por paciente ano (p < 0,0001), em 13 pacientes (72%), a doença ficou em remissão e todos os pacientes demonstraram uma taxa de formação de cálculos reduzida.

Em contrapartida, 20 pacientes recebendo placebo por 3 anos não apresentaram mudança significante na taxa de formação de cálculos (1,1 ± 0,4 para 1,1 ± 0,3 por paciente ano) e em apenas 4 pacientes (20%) a doença ficou em remissão. A taxa de formação de cálculos durante o tratamento com citrato de potássio foi significantemente menor que durante o tratamento com placebo (0,1 ± 0,2 versus 1,1 ± 0,3 por paciente ano, p < 0,001).

{"tag":"hr","value":" <h2>Caracter&#xED;sticas farmacol&#xF3;gicas</h2> <h2>Farmacodin&#xE2;mica</h2> <p>Quando o citrato de pot&#xE1;ssio &#xE9; administrado por via oral, a metaboliza&#xE7;&#xE3;o do citrato absorvido produz uma carga alcalina.</p> <p>A carga alcalina aumenta o pH e as concentra&#xE7;&#xF5;es de citrato urin&#xE1;rio.</p> <p>As altera&#xE7;&#xF5;es induzidas pelo citrato de pot&#xE1;ssio modificam a urina, tornando-a menos propensa &#xE0; cristaliza&#xE7;&#xE3;o dos sais formadores de c&#xE1;lculos (oxalato de c&#xE1;lcio, fosfato de c&#xE1;lcio e &#xE1;cido &#xFA;rico).</p> <p>O citrato aumentado na urina, por se complexar com o c&#xE1;lcio, diminui a atividade i&#xF4;nica do c&#xE1;lcio e, assim, a satura&#xE7;&#xE3;o do oxalato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O citrato tamb&#xE9;m inibe a nuclea&#xE7;&#xE3;o espont&#xE2;nea do oxalato de c&#xE1;lcio e do fosfato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O aumento do pH urin&#xE1;rio tamb&#xE9;m aumenta a ioniza&#xE7;&#xE3;o do &#xE1;cido &#xFA;rico a ion urato, que &#xE9; mais sol&#xFA;vel.</p> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado n&#xE3;o altera a satura&#xE7;&#xE3;o urin&#xE1;ria de fosfato de c&#xE1;lcio porque o efeito da forma&#xE7;&#xE3;o aumentada de complexos de citrato com c&#xE1;lcio &#xE9; contrabalan&#xE7;ada pelo aumento da dissocia&#xE7;&#xE3;o do fosfato dependente do pH. Os c&#xE1;lculos do fosfato de c&#xE1;lcio s&#xE3;o mais est&#xE1;veis na urina alcalina.</p> <h2>Farmacocin&#xE9;tica</h2> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado &#xE9; oxidado no organismo, formando bicarbonato de pot&#xE1;ssio ou de s&#xF3;dio.</p> <p>A a&#xE7;&#xE3;o tem in&#xED;cio em cerca de 1 hora ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o oral, persistindo por 12 horas.</p> <p>Ap&#xF3;s m&#xFA;ltiplas doses, a eleva&#xE7;&#xE3;o na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato alcan&#xE7;a seu pico no 3&#xB0; dia.</p> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; urin&#xE1;ria, sendo menos de 5% da droga inalterada.</p> <p>O aumento na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato &#xE9; diretamente dependente da dosagem de citrato de pot&#xE1;ssio administrada; o tratamento com uma dose de 60 mEq/dia aumenta o citrato urin&#xE1;rio em aproximadamente 400 mg/dia e aumenta o pH urin&#xE1;rio em aproximadamente 0,7 unidades.</p> "}

Como devo armazenar o Litocit?

Litocit® deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC), protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

  • <li><strong>Litocit 540 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 10 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1080 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 20 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1620 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 30 dias.</strong></li>

Características do medicamento

  • <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 540 mg s&#xE3;o circulares, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1080 mg s&#xE3;o ovais, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1620 mg s&#xE3;o oblongos, el&#xED;pticos, levemente amarelos, biconvexos e lisos.</li>

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Litocit

Comprimidos de 540 mg e&nbsp;1080 mg

Caixas com 60 comprimidos.

Comprimidos de 1620 mg

Caixas com 30 ou 60 comprimidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Litocit

M.S.: 1.0118.0128

Farmacêutico Responsável:
Rodrigo de Morais Vaz
CRF SP nº 39282

Apsen Farmacêutica&nbsp;S/A
Rua La Paz, nº 37/67 – Santo Amaro
CEP 04755-020 – São Paulo – SP
CNPJ 62.462.015/0001-29
Indústria Brasileira



Centro de Atendimento ao Cliente
0800 16 5678
Ligação gratuita
infomed@apsen.com.br&nbsp;


® Marca registrada de Apsen Farmacêutica S.A.

Venda sob prescrição médica.

1.620mg, caixa com 30 comprimidos de liberação prolongado

Princípio ativo
:
Citrato De Potássio
Classe Terapêutica
:
Todos Outros Produtos Urologicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Sistema Urinário
Especialidade
:
Urologia

Bula do medicamento

Litocit, para o que é indicado e para o que serve?

O citrato de potássio monoidratado, Litocit®, é indicado no tratamento:

  • <li>Da acidose tubular renal (doen&#xE7;a na qual os rins n&#xE3;o excretam adequadamente na urina compostos &#xE1;cidos, os quais permanecem no sangue, diminuindo o pH sangu&#xED;neo) que cursa com forma&#xE7;&#xE3;o de c&#xE1;lculos renais de c&#xE1;lcio.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de oxalato de c&#xE1;lcio em pacientes que excretam pouco citrato na urina.</li> <li>De c&#xE1;lculos renais de &#xE1;cido &#xFA;rico com ou sem c&#xE1;lculos de c&#xE1;lcio.</li>

Quais as contraindicações do Litocit?

Você não deve usar Litocit® se tiver qualquer uma das condições abaixo:

  • <li>Aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue ou doen&#xE7;as que predisponham ao aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue, tais como insufici&#xEA;ncia renal (filtra&#xE7;&#xE3;o glomerular menor do que 0,7 mL/kg/min), <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c" target="_blank">diabetes</a> <em>mellitus </em>descompensado, <a href="https://minutosaudavel.com.br/desidratacao/" rel="noopener" target="_blank">desidrata&#xE7;&#xE3;o</a> aguda, exerc&#xED;cio f&#xED;sico extenuante (em indiv&#xED;duos sem condicionamento f&#xED;sico), insufici&#xEA;ncia da gl&#xE2;ndula suprarrenal e extensa perda de tecidos (como em pacientes com <a href="https://minutosaudavel.com.br/queimaduras/" rel="noopener" target="_blank">queimaduras</a> graves);</li> <li>Demora ou parada na passagem do comprimido pelo trato gastrointestinal, por sofrer de retardo do esvaziamento do est&#xF4;mago, compress&#xE3;o do es&#xF4;fago, <a href="https://minutosaudavel.com.br/obstrucao-intestinal/" rel="noopener" target="_blank">obstru&#xE7;&#xE3;o intestinal</a> ou por usar medicamentos que lentificam o tr&#xE2;nsito gastrointestinal (como os anticolin&#xE9;rgicos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/ulcera/c" target="_blank">&#xDA;lcera</a> no est&#xF4;mago ou no intestino;</li> <li>Infec&#xE7;&#xE3;o ativa no trato urin&#xE1;rio (com ou sem a presen&#xE7;a de c&#xE1;lculos renais). A capacidade de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em aumentar o citrato urin&#xE1;rio pode ser acentuada pela degrada&#xE7;&#xE3;o bacteriana do citrato. Al&#xE9;m disso, o aumento do pH urin&#xE1;rio pelo Litocit<sup>&#xAE;</sup> pode fomentar um aumento futuro das bact&#xE9;rias.</li>

Informe ao seu médico se tiver alguma evidência de sangramento intestinal ou mudança na cor das fezes.

Realize todos os exames solicitados por seu médico e observe com cuidado suas recomendações sobre a dieta, não exagerando no consumo de sal. Não se automedique nem tome qualquer medicamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento é contraindicado para menores de 18 anos.

Como usar o Litocit?

Os comprimidos devem ser tomados com um copo cheio de água ou líquidos, juntamente com as refeições ou em até 30 minutos após as refeições ou lanches.

Tome a medicação apenas como foi prescrita pelo seu médico. Isto é particularmente importante para os pacientes que também tomam diuréticos e digoxina. Informe ao seu médico se tiver dificuldade de engolir o comprimido ou se ele parecer “parar” na garganta.

Nos pacientes com hipocitratúria moderada (> 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 1 comprimido de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 2 comprimidos de 540 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, duas vezes ao dia.</li>

Nos pacientes com hipocitratúria grave (< 150 mg/dia de excreção de citrato urinário)

  • <li>Litocit<sup>&#xAE;</sup> deve ser administrado na dose inicial de 2 comprimidos de 1080 mg, tr&#xEA;s vezes ao dia, 3 comprimidos de 540 mg, quatro vezes ao dia, 2 comprimidos de 1620 mg, duas vezes ao dia, ou 1 comprimido de 1620 mg, 4 vezes ao dia.</li>

5 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 540 mg de citrato de potássio monoidratado.

10 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1080 mg de citrato de potássio monoidratado.

15 mEq de citrato de potássio monoidratado corresponde a 1620 mg de citrato de potássio monoidratado.

Doses acima de 10 comprimidos de 1080 mg/dia não foram avaliadas e devem ser evitadas.

O tratamento com Litocit® deve ser acompanhado de uma dieta que limite a ingestão de sal e de potássio e estimule a ingestão de líquidos (o volume de urina deve ser de pelo menos 2 litros ao dia). O objetivo do tratamento é prover Litocit® na dosagem suficiente para restabelecer o citrato urinário e aumentar o pH urinário para valores entre 6,0 e 7,0.

É necessário monitorar o pH e a excreção urinária do citrato tanto no início do tratamento (para determinar a adequação da dose inicial) quanto após qualquer mudança de dose. Adicionalmente, o pH e a excreção urinária de citrato devem ser monitorados a cada 4 meses.

Eletrólitos séricos (potássio, cloro e sódio), bicarbonato, creatinina e hemograma completo devem ser monitorados a cada 4 meses (ou mais frequentemente em pacientes com doença cardíaca, renal ou acidose). O tratamento deve ser descontinuado no caso de aumento das concentrações sanguíneas de potássio, aumento significativo da creatinina sérica ou queda significativa do hematócrito/hemoglobina.

Este medicamento não deve ser partido ou mastigado.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Litocit funciona?

Litocit® contém citrato de potássio monoidratado, que promove a alcalinização (aumento do pH) da urina, evitando a formação de cálculos por sais de cálcio ou ácido úrico.

Quais cuidados devo ter ao usar o Litocit?

Litocit® deve ser usado com cautela em pacientes com:

  • <li>Mecanismos de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio alterados, pois pode ocorrer aumento das concentra&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue e at&#xE9; parada card&#xED;aca. O uso de Litocit<sup>&#xAE;</sup> em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica ou outra condi&#xE7;&#xE3;o que provoque a altera&#xE7;&#xE3;o de excre&#xE7;&#xE3;o de pot&#xE1;ssio deve ser evitado.</li> <li>Dist&#xFA;rbios do equil&#xED;brio &#xE1;cido-base (doen&#xE7;as que alteram o pH sangu&#xED;neo).</li> <li>Doen&#xE7;as cardiovasculares, como <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> ou arritmias, pois esses pacientes s&#xE3;o mais suscet&#xED;veis aos efeitos fatais associados &#xE0;s altera&#xE7;&#xF5;es de pot&#xE1;ssio no sangue.</li> <li>Doen&#xE7;as no <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a> e doen&#xE7;as muito graves.</li>

Em casos de vômitos graves, dor abdominal ou sangramento gastrointestinal, você deve suspender o citrato de potássio monoidratado imediatamente e procurar o médico para afastar o diagnóstico de perfuração ou obstrução intestinal.

Gravidez

Estudos de reprodução em animais não foram realizados com o citrato de potássio monoidratado. Não é recomendado o uso de Litocit® durante a gravidez.

Amamentação

A quantidade normal de potássio no leite materno é de cerca de 508 mg/L.

O citrato de potássio monoidratado é excretado no leite, mas não se sabe em qual quantidade e como ele afeta a composição do leite materno. Por essa razão, não é recomendado o seu uso em mulheres que estejam amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Uso Pediátrico

Não é recomendado o uso de Litocit® em crianças, pois sua segurança e eficácia não foram estabelecidas na população pediátrica.

Pacientes Idosos

Não é recomendado o seu uso. Sua segurança e eficácia não foram ainda estabelecidas em idosos.

Testes Laboratoriais

É recomendável determinar regularmente o potássio sérico. É preciso se atentar para o balanço ácido-básico, outros eletrólitos séricos, eletrocardiograma e o estado clínico do paciente. No caso de insuficiência renal ou cardíaca, ou de acidose isto é fundamental.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Litocit?

A frequência das reações adversas ao citrato de potássio monoidratado não foi definida.

As queixas mais comuns são de desconforto abdominal, náuseas, vômitos, diarreia ou redução dos movimentos intestinais. Estes sintomas são consequência da irritação intestinal e podem ser aliviados administrando-se as doses durante as refeições ou lanches, ou pela própria redução da dose. Alguns pacientes podem expelir as matrizes dos comprimidos intactas nas fezes.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Litocit?

Caso você esqueça de tomar Litocit® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima,&nbsp;continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Litocit?

Cada comprimido de liberação prolongada de 540 mg e 1080 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">540 mg (5 mEq)</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1080 mg (10 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:155px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:181px\">1 comprimido</td> <td style=\"width:154px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, estearato de magnésio e álcool cetoestearílico.

Cada comprimido de liberação prolongada 1620 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1620 mg (15 mEq)</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:235px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p</p> </td> <td style=\"width:223px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;cera de carnaúba, álcool cetoestearílico, celulose microcristalina, copovidona e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Litocit maior do que a recomendada?

A administração de sais de potássio nas dosagens recomendadas a indivíduos sem condições predisponentes para aumento das concentrações sanguíneas de potássio raramente causa problemas. É importante reconhecer que embora o aumento das concentrações sanguíneas de potássio possa causar sintomas, como fraqueza muscular, ela é usualmente assintomática e pode ser percebida apenas pela medida das concentrações sanguíneas de potássio e por alterações característica ao eletrocardiograma. Manifestações tardias incluem paralisia muscular e choque com parada cardíaca.

Em caso de ingestão acidental de uma grande quantidade deste medicamento de uma só vez, o médico deverá ser contatado urgentemente ou o paciente deverá ser encaminhado ao pronto atendimento mais próximo para receber socorro médico.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Litocit com outros remédios?

A administração concomitante com outros medicamentos que afetam as concentrações sanguíneas de potássio (como inibidores da enzima conversora da angiotensina, bloqueadores do receptor de angiotensina, alisquireno) ou diuréticos poupadores de potássio (trianterene, espironolactona ou amilorida) pode causar aumento grave das concentrações sanguíneas de potássio, por isto deve ser evitada.

A administração concomitante com medicamentos que lentificam o trânsito gastrointestinal (como anticolinérgicos) pode aumentar a irritação gastrointestinal produzida pelos sais de potássio.

Recomenda-se cautela na administração de Litocit® a pacientes tratados com digoxina, pois esses pacientes são mais suscetíveis aos efeitos fatais associados à mudanças rápidas das concentrações sanguíneas de potássio.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Litocit (Citrato de Potássio)?

Resultados de eficácia

Preminger e cols. avaliaram os efeitos da terapia com citrato de potássio por via oral em 9 pacientes com acidose tubular renal distal diagnosticados pela resposta anormal a uma sobrecarga oral de cloreto de amônia.

Os pacientes foram estudados durante uma fase controle e após três meses de tratamento com citrato de potássio (60 a 80 mEq ao dia).

O citrato de potássio determinou um aumento significante no pH urinário e no citrato urinário e uma diminuição no cálcio urinário.

A razão de saturação relativa urinária de oxalato de cálcio diminuiu significantemente durante o tratamento.

O citrato de potássio também inibiu a formação de novos cálculos renais; durante um período de tratamento médio de 34 meses, nenhum dos 9 pacientes apresentou novos cálculos, enquanto 39,3 ± 79,7 cálculos por paciente tivessem sido formados durante os 3 anos anteriores ao tratamento.

Esses resultados suportam a vantagem clínica da terapia com citrato de potássio para pacientes com acidose tubular renal distal e nefrolitíase de sais de cálcio recorrente.

Os efeitos prolongados da terapia com citrato de potássio (20 mEq, 3x/dia durante 1 a 4,33 anos) foram examinados em 89 pacientes com nefrolitíase de cálcio hipocitratúrica ou com nefrolitíase por ácido úricos, com ou sem nefrolitíase por cálcio.

A hipocitratúria causada por acidose tubular renal ou por síndrome da diarreia crônica estava associada com outras anormalidades metabólicas, tais como hipercalciúria ou hiperuricosúria, ou ocorria isoladamente.

A terapia com citrato de potássio causou um aumento sustentado no pH e no potássio urinário e restaurou o citrato urinário a valores normais. Não foram observadas alterações substanciais nas concentrações urinárias de ácido úrico, oxalato, sódio e fósforo ou no volume total.

Devido a essas alterações fisiológicas, a solubilidade do ácido úrico aumentou, a saturação urinária de oxalato de cálcio diminuiu e a propensão para a nucleação espontânea do oxalato de cálcio foi reduzida ao normal.

O tratamento com citrato de potássio determinou melhora clínica, uma vez que a formação de cálculos diminuiu em 97,8% dos pacientes, remissão foi obtida em 79,8% e a necessidade de cirurgia para cálculos recém-formados foi eliminada.

Barcelo e cols. randomizaram 57 pacientes com nefrolitíase ativa (2 ou mais cálculos durante os dois anos anteriores ao estudo) e hipocitratúria em dois grupos: um grupo recebendo 30 a 60 mEq de citrato de potássio/dia e outro grupo recebendo placebo.

Em 18 pacientes recebendo citrato de potássio por 3 anos, a formação de cálculos diminuiu significantemente após o tratamento de 1,2 ± 0,6 para 0,1 ± 0,2 por paciente ano (p < 0,0001), em 13 pacientes (72%), a doença ficou em remissão e todos os pacientes demonstraram uma taxa de formação de cálculos reduzida.

Em contrapartida, 20 pacientes recebendo placebo por 3 anos não apresentaram mudança significante na taxa de formação de cálculos (1,1 ± 0,4 para 1,1 ± 0,3 por paciente ano) e em apenas 4 pacientes (20%) a doença ficou em remissão. A taxa de formação de cálculos durante o tratamento com citrato de potássio foi significantemente menor que durante o tratamento com placebo (0,1 ± 0,2 versus 1,1 ± 0,3 por paciente ano, p < 0,001).

{"tag":"hr","value":" <h2>Caracter&#xED;sticas farmacol&#xF3;gicas</h2> <h2>Farmacodin&#xE2;mica</h2> <p>Quando o citrato de pot&#xE1;ssio &#xE9; administrado por via oral, a metaboliza&#xE7;&#xE3;o do citrato absorvido produz uma carga alcalina.</p> <p>A carga alcalina aumenta o pH e as concentra&#xE7;&#xF5;es de citrato urin&#xE1;rio.</p> <p>As altera&#xE7;&#xF5;es induzidas pelo citrato de pot&#xE1;ssio modificam a urina, tornando-a menos propensa &#xE0; cristaliza&#xE7;&#xE3;o dos sais formadores de c&#xE1;lculos (oxalato de c&#xE1;lcio, fosfato de c&#xE1;lcio e &#xE1;cido &#xFA;rico).</p> <p>O citrato aumentado na urina, por se complexar com o c&#xE1;lcio, diminui a atividade i&#xF4;nica do c&#xE1;lcio e, assim, a satura&#xE7;&#xE3;o do oxalato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O citrato tamb&#xE9;m inibe a nuclea&#xE7;&#xE3;o espont&#xE2;nea do oxalato de c&#xE1;lcio e do fosfato de c&#xE1;lcio.</p> <p>O aumento do pH urin&#xE1;rio tamb&#xE9;m aumenta a ioniza&#xE7;&#xE3;o do &#xE1;cido &#xFA;rico a ion urato, que &#xE9; mais sol&#xFA;vel.</p> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado n&#xE3;o altera a satura&#xE7;&#xE3;o urin&#xE1;ria de fosfato de c&#xE1;lcio porque o efeito da forma&#xE7;&#xE3;o aumentada de complexos de citrato com c&#xE1;lcio &#xE9; contrabalan&#xE7;ada pelo aumento da dissocia&#xE7;&#xE3;o do fosfato dependente do pH. Os c&#xE1;lculos do fosfato de c&#xE1;lcio s&#xE3;o mais est&#xE1;veis na urina alcalina.</p> <h2>Farmacocin&#xE9;tica</h2> <p>O citrato de pot&#xE1;ssio monoidratado &#xE9; oxidado no organismo, formando bicarbonato de pot&#xE1;ssio ou de s&#xF3;dio.</p> <p>A a&#xE7;&#xE3;o tem in&#xED;cio em cerca de 1 hora ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o oral, persistindo por 12 horas.</p> <p>Ap&#xF3;s m&#xFA;ltiplas doses, a eleva&#xE7;&#xE3;o na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato alcan&#xE7;a seu pico no 3&#xB0; dia.</p> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; urin&#xE1;ria, sendo menos de 5% da droga inalterada.</p> <p>O aumento na excre&#xE7;&#xE3;o de citrato &#xE9; diretamente dependente da dosagem de citrato de pot&#xE1;ssio administrada; o tratamento com uma dose de 60 mEq/dia aumenta o citrato urin&#xE1;rio em aproximadamente 400 mg/dia e aumenta o pH urin&#xE1;rio em aproximadamente 0,7 unidades.</p> "}

Como devo armazenar o Litocit?

Litocit® deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15ºC e 30ºC), protegido da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

  • <li><strong>Litocit 540 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 10 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1080 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 20 dias.</strong></li> <li><strong>Litocit 1620 mg: Ap&#xF3;s aberto, v&#xE1;lido por 30 dias.</strong></li>

Características do medicamento

  • <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 540 mg s&#xE3;o circulares, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1080 mg s&#xE3;o ovais, amarelos, biconvexos e lisos.</li> <li>Os comprimidos de Litocit<sup>&#xAE;</sup> 1620 mg s&#xE3;o oblongos, el&#xED;pticos, levemente amarelos, biconvexos e lisos.</li>

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Litocit

Comprimidos de 540 mg e&nbsp;1080 mg

Caixas com 60 comprimidos.

Comprimidos de 1620 mg

Caixas com 30 ou 60 comprimidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Litocit

M.S.: 1.0118.0128

Farmacêutico Responsável:
Rodrigo de Morais Vaz
CRF SP nº 39282

Apsen Farmacêutica&nbsp;S/A
Rua La Paz, nº 37/67 – Santo Amaro
CEP 04755-020 – São Paulo – SP
CNPJ 62.462.015/0001-29
Indústria Brasileira



Centro de Atendimento ao Cliente
0800 16 5678
Ligação gratuita
infomed@apsen.com.br&nbsp;


® Marca registrada de Apsen Farmacêutica S.A.

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Apsen

© 2021 Medicamento Lab.