Bausch + Lomb Glyquin XM

40mg/g + 100mg/g, caixa com 28 sachês com 1g de creme de uso dermatológico

Princípio ativo
:
Hidroquinona + Ácido Glicólico
Classe Terapêutica
:
Outras Preparações Dermatológicas
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Despigmentador
Especialidade
:
Dermatologia

Bula do medicamento

Glyquin XM, para o que é indicado e para o que serve?

Glyquin® XM é indicado para o clareamento gradual de melasmas ou cloasmas (manchas provocadas pelo sol ou por fontes artificiais de irradiação, que comprometem o rosto, sendo comuns em homens e mulheres; nas mulheres, podem estar associadas à gravidez ou ao uso de anticoncepcionais orais), sardas (manchas provocadas pelo sol, que aparecem em pessoas muito jovens e de pele muito clara, normalmente na face, comuns já desde a infância), lentigos senis ou melanose solar (manchas provocadas pelo sol, que aparecem em áreas expostas, como dorso das mãos, antebraços e colo, geralmente em pessoas adultas ou idosos que se expuseram muito ao sol), e em outras condições nas quais ocorrem hiperpigmentação cutânea por produção excessiva de melanina.

Quais as contraindicações do Glyquin XM?

Glyquin® XM é contraindicado em casos reconhecidos de sensibilidade ou reações alérgicas ao produto ou a algum de seus componentes. A segurança do uso de hidroquinona tópica durante a gravidez ou em crianças menores de 12 anos não foi estabelecida. Assim, o uso do produto não é recomendado nesses casos.

Evite exposição ao sol após utilizar o produto. Glyquin® XM não deve ser utilizado como protetor solar.

Evite contato do produto com os olhos. Caso isso ocorra, lavar os olhos com bastante água e contatar imediatamente o seu médico. Glyquin® XM não deve ser aplicado sobre a pele irritada, ferida e na presença de queimaduras solares.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Como usar o Glyquin XM?

Glyquin® XM é um medicamento de uso tópico. Deve ser aplicado e friccionado sobre a área afetada duas vezes ao dia ou conforme orientação médica. O conteúdo do sachê deve ser utilizado de uma só vez. Se desejar, após 1 hora da aplicação retirar suavemente o excesso com papel absorvente e seco.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Glyquin® XM é um agente clareador da pele que pode produzir efeitos cosméticos indesejáveis se não for utilizado conforme indicação.

Como o Glyquin XM funciona?

A aplicação tópica da hidroquinona em animais inibe a síntese da melanina e os processos envolvidos com a melanização e incrementa a excreção da melanina dos melanócitos. A mesma ação, acredita-se, seja responsável pelo efeito despigmentante em humanos. Ao contrário da monobenzona, a hidroquinona demonstrou não destruir os melanócitos e portanto não conduzir a uma despigmentação permanente. O processo de despigmentação pode levar de 1 a 4 meses para que apresente um efeito satisfatório, ainda que a melanina preexistente seja eliminada pelo processo normal de esfoliação do extrato córneo e a excreção da nova melanina seja incrementada pela hidroquinona.

O ácido glicólico proporciona um clareamento mais rápido da pele.

O tocoferol (racealfatocoferol) e o ácido ascórbico (palmitato de ascorbila) protegem a pele contra danos ambientais, e o último possui também, um efeito estabilizante sobre a preparação, dispensando assim a adição de metabissulfito de sódio, que possui reconhecido efeito alergênico.

Quais cuidados devo ter ao usar o Glyquin XM?

A segurança de Glyquin® XM em gestantes e mulheres em fase de amamentação ainda não foi estabelecida. Nestes casos o produto somente pode ser usado quando for claramente necessário e sob rigoroso acompanhamento médico. Informe seu médico a ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. Informar ao médico se está amamentando.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

O médico deve estar familiarizado com os componentes da formulação do produto antes da prescrição do medicamento.

Deve ser realizado um teste de sensibilidade antes do uso de Glyquin® XM através da aplicação de uma pequena quantidade em uma região de pele intacta e observação após 24 horas. Uma pequena vermelhidão não é contraindicação para o uso do produto, mas se ocorrer coceira, formação de vesícula ou resposta inflamatória excessiva o tratamento não é recomendado. É recomendada a supervisão intensiva do paciente. Deve ser evitado o contato com os olhos. Caso não seja observado efeito clareador na pele após 2 meses de tratamento, o uso de Glyquin® XM deve ser descontinuado.

Não existem restrições de uso para pacientes idosos.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Glyquin XM?

Não existem relatos de reações adversas sistêmicas. Ocasionalmente pode ocorrer reação de hipersensibilidade (dermatite de contato localizada). Nesse caso, o uso do medicamento deve ser descontinuado e, o médico, notificado imediatamente.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Glyquin XM?

Se você se esquecer de aplicar o medicamento, aplique-o assim que puder. Se for quase hora da próxima aplicação, espere até lá para aplicar o produto e pule a dose esquecida. Não use medicamento extra para compensar uma dose esquecida.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Glyquin XM?

Cada grama do produto contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:239px\"> <p style=\"text-align:center\">Hidroquinona</p> </td> <td style=\"width:220px\"> <p style=\"text-align:center\">40 mg</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:239px\"> <p style=\"text-align:center\">&#xC1;cido glic&#xF3;lico</p> </td> <td style=\"width:220px\"> <p style=\"text-align:center\">100 mg</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes: poloxâmer, trolamina, propilenoglicol, propil galato, palmitato de ascorbila, metilparabeno, oxibenzona, cloreto de benzalcônio, avobenzona, extrato glicólico de limão, lauromacrogol 400 (lauril éter de polioxietileno), monoestearato de glicerila, octocrileno, edetado dissódico di-hidratado, ácido hialurônico e racealfatocoferol.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Glyquin XM maior do que a recomendada?

Não existem relatos de reações sistêmicas pelo uso tópico de Glyquin® XM. Contudo, o tratamento deve ser limitado a pequenas áreas do corpo de cada vez, tendo em vista que alguns pacientes apresentaram vermelhidão transitória e uma sensação de queimação.

Em caso de ingestão acidental, comunique imediatamente o médico ou um centro de controle de envenenamentos.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Glyquin XM com outros remédios?

O uso combinado de hidroquinona com produtos contendo peróxido de benzoíla, água oxigenada e bicarbonato de sódio podem provocar um escurecimento de curta duração, na pele nas regiões tratadas. Este escurecimento pode ser revertido pela descontinuação do uso concomitante das preparações e pela limpeza normal das áreas atingidas. Glyquin® XM pode ser aplicado simultaneamente com outros medicamentos de uso tópico e cosméticos.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento (incluindo medicamentos fitoterápicos, homeopáticos, chás).

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Glyquin XM (Hidroquinona + Ácido Glicólico)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <p>Os resultados do estudo, medidos com o equipamento Mexameter, demonstraram uma diminui&#xE7;&#xE3;o significativa no grau de pigmenta&#xE7;&#xE3;o em <a href=\"https://consultaremedios.com.br/pele-e-mucosa/melasmas/c\" target=\"_blank\">melasmas</a> no grupo que utilizou o creme contendo 4% de hidroquinona + 10% de &#xE1;cido glic&#xF3;lico (melhora de 75% - 15 dos 20 pacientes) comparado com o grupo que utilizou o creme contendo apenas filtro solar (melhora de apenas 13% - 2 dos 15 pacientes).</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\"><em>Safety and efficacy of 4% hydroquinone combined with 10% glycolic acid, antioxidants, and sunscreen in the treatment of melasma</em>. Guevara IL and Pandya AG. <em>Int J Dermatol</em> 42:966&#x2013;972, 2003).</span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <p>A hiperpigmenta&#xE7;&#xE3;o, tamb&#xE9;m chamada de hipermelanose, refere-se ao processo que ocorre quando um excesso de pigmento &#xE9; depositado na pele.</p> <p>Esse processo &#xE9; resultante do aumento da produ&#xE7;&#xE3;o de melanina nos melan&#xF3;citos. V&#xE1;rios s&#xE3;o os fatores e condi&#xE7;&#xF5;es que contribuem para o processo de hiperpigmenta&#xE7;&#xE3;o. Esses fatores incluem gravidez, suplementa&#xE7;&#xE3;o hormonal (p&#xED;lulas anticoncepcionais e reposi&#xE7;&#xE3;o de estr&#xF3;genos), drogas que provocam fotossensibilidade tais como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/cloridrato-de-tetraciclina/bula\" target=\"_blank\">tetraciclina</a>, inflama&#xE7;&#xE3;o da pele e ferimentos (hiperpigmenta&#xE7;&#xE3;o p&#xF3;s-inflamat&#xF3;ria) e radia&#xE7;&#xE3;o ultravioleta (luz solar). Hidroquinona + &#xC1;cido Glic&#xF3;lico inibe a produ&#xE7;&#xE3;o de melanina. A aplica&#xE7;&#xE3;o t&#xF3;pica da hidroquinona em animais inibe a s&#xED;ntese da melanina e os processos envolvidos com a melaniza&#xE7;&#xE3;o e incrementa a excre&#xE7;&#xE3;o da melanina dos melan&#xF3;citos. A mesma a&#xE7;&#xE3;o, acredita-se, seja respons&#xE1;vel pelo efeito despigmentante em humanos. Ao contr&#xE1;rio da monobenzona, a hidroquinona demonstrou n&#xE3;o destruir os melan&#xF3;citos e portanto n&#xE3;o conduzir a uma despigmenta&#xE7;&#xE3;o permanente.</p> <p>O processo de despigmenta&#xE7;&#xE3;o pode levar de 1 a 4 meses para que apresente um efeito satisfat&#xF3;rio, ainda que a melanina preexistente seja eliminada pelo processo normal de esfolia&#xE7;&#xE3;o do extrato c&#xF3;rneo e a excre&#xE7;&#xE3;o da nova melanina seja incrementada pela hidroquinona. A pele hiperpigmentada parece clarear mais rapidamente e de forma mais completa que a pele normal. A exposi&#xE7;&#xE3;o aos raios solares reduz o efeito despigmentante do f&#xE1;rmaco. A despigmenta&#xE7;&#xE3;o geralmente persiste por 2 a 6 meses depois de se descontinuar o tratamento com a hidroquinona,sempre e quando n&#xE3;o houver nova estimula&#xE7;&#xE3;o &#xE0; pigmenta&#xE7;&#xE3;o pelos raios solares. O &#xE1;cido glic&#xF3;lico &#xE9; um agente esfoliante superficial em baixas concentra&#xE7;&#xF5;es (4 - 10%) que reduz a espessura da pele e proporciona um clareamento mais r&#xE1;pido.</p> <p>A avobenzona, a oxibenzona e o octocrileno, filtros solares presentes em Hidroquinona + &#xC1;cido Glic&#xF3;lico, fornecem um FPS 15 que garante prote&#xE7;&#xE3;o &#xE0; pele contra a a&#xE7;&#xE3;o dos raios UVA e UVB e previne a sua repigmenta&#xE7;&#xE3;o durante a terapia de clareamento. Os outros componentes de Hidroquinona + &#xC1;cido Glic&#xF3;lico permitem a aplica&#xE7;&#xE3;o simult&#xE2;nea com outros medicamentos de uso t&#xF3;pico e cosm&#xE9;ticos. O tocoferol (racealfatocoferol) e o <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/vitamina-c/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">&#xE1;cido asc&#xF3;rbico</a> (palmitato de ascobila) protegem a pele contra danos ambientais, e o &#xFA;ltimo possui tamb&#xE9;m, um efeito estabilizante sobre a prepara&#xE7;&#xE3;o, dispensando assim a adi&#xE7;&#xE3;o de metabissulfito de s&#xF3;dio, que possui reconhecido efeito alerg&#xEA;nico.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Glyquin XM?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15°C e 30°C) e proteger da luz.

Glyquin® XM possui 24 meses de validade a partir de sua data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Glyquin® XM é um creme homogêneo, amarelo claro a amarelo, com textura suave e livre de partículas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Glyquin XM

Creme Dermatológico de 40 mg/g de hidroquinona e 100 mg/g de ácido glicólico

Embalagem contendo 28 sachês com 1g.

Uso tópico.

Uso adulto e pediátrico acima de 12 anos.

Dizeres Legais do Glyquin XM

M.S.: 1.1961.0023

Resp. Técnica:
Dra. Andréia Marini
CRF-SP nº 46.444

Registrado por:
BL Indústria Ótica Ltda.
Rua Dona Alzira, 139 - Porto Alegre - RS
CNPJ 27.011.022/0001-03
Indústria Brasileira



Uma empresa do grupo Bausch Health Companies, Inc. - Canadá

Fabricado e Embalado por:
Cellera Farmacêutica S.A.
Alameda Capovilla, 129
Indaiatuba - SP


Embalado por:
Mappel Indústria de Embalagens S.A.
Rua Miro Vetorazzo, 1619
São Bernardo do Campo - SP


Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Bausch + Lomb

© 2021 Medicamento Lab.