Biolab Envid

800mg + 20mg, caixa com 30 cápsulas

Princípio ativo
:
Ácido Fólico + Acetato De Racealfatocoferol
Classe Terapêutica
:
Todas Outras Vitaminas
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Vitaminas E Minerais
Especialidade
:
Endocrinologia e Clínica Médica

Bula do medicamento

Envid, para o que é indicado e para o que serve?

Envid® está indicado como suplemento vitamínico em doenças crônicas, convalescença e em situações onde a suplementação de ácido fólico e vitamina E proporcionará benefícios.

Quais as contraindicações do Envid?

Esse medicamento é contraindicado para pacientes com história prévia de sensibilidade ao ácido fólico ou aos componentes da fórmula. O ácido fólico é contraindicado no tratamento da anemia perniciosa (diminuição dos níveis de hemoglobina na circulação sanguínea devido à deficiência de vitamina B12) e também da anemia megaloblástica causada por deficiência de vitamina B12 (diminuição dos níveis de hemoglobina na circulação sanguínea devido à produção defeituosa de glóbulos vermelhos e brancos do sangue).

Como usar o Envid?

Este medicamento deve ser administrado somente pela via recomendada para evitar riscos desnecessários.

Você deve ingerir a cápsula inteira com água. Evite o contato da cápsula com a umidade.

Recomenda-se a ingestão diária de 1 (uma) cápsula de Envid® ao dia.

Siga corretamente o modo de usar. Em caso de dúvidas sobre este medicamento, procure orientação do farmacêutico. Não desaparecendo os sintomas, procure orientação de seu médico ou cirurgião-dentista.

Este medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado.

Como o Envid funciona?

Ácido fólico

Também conhecido por vitamina B9, o ácido fólico tem papel relevante na gravidez, além de ser eficiente no combate à anemia. Nos adultos mais idosos, o baixo consumo dessa vitamina ou os baixos níveis podem agravar problemas neuropsiquiátricos, já que a mesma tem efeitos sobre o Sistema Nervoso Central (SNC).

Vitamina E

A vitamina E é essencial para a manutenção funcional e estrutural de diversos órgãos e sistemas do corpo humano. Possui ação antioxidante, que repara os danos causados pelos radicais livres (substâncias que podem danificar células sadias do corpo).

Quais cuidados devo ter ao usar o Envid?

Este medicamento deve ser administrado somente pela via recomendada para evitar riscos desnecessários. O ácido fólico não é o tratamento apropriado para anemia perniciosa (diminuição dos níveis de hemoglobina na circulação sanguínea devido à deficiência de vitamina B12) e anemias megaloblásticas causadas por deficiência de vitamina B12 (diminuição dos níveis de hemoglobina na circulação sanguínea devido à produção defeituosa de glóbulos vermelhos e brancos do sangue).

Gravidez

O ácido fólico quando administrado a gestantes em doses até 0,8 mg/dia é considerado seguro. A vitamina E pouco atravessa a barreira placentária, sendo a concentração no plasma fetal um quinto do plasma materno.

Dentro destas posologias, ambos são classificados como categoria A de risco de gravidez, ou seja, seguros.

Este medicamento pode ser usado durante a gravidez desde que sob prescrição médica ou do cirurgião-dentista.

Lactação

O ácido fólico é excretado no leite materno, porém não apresenta risco para o neonato. Ao contrário, supre as necessidades do mesmo. Com relação ao leite materno, a excreção de vitamina E é segura para o lactente.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Envid?

As reações adversas são raras e estão relacionadas a doses mais As reações adversas são raras e estão relacionadas a doses mais elevadas. Para o ácido fólico, estão relacionadas a doses acima de 5 mg/dia. Para a vitamina E, as reações adversas podem aparecer com doses superiores a 800 UI, ou equivalente a 54 vezes a IDR.

Reações raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>&#xC1;cido f&#xF3;lico: Doses acima de 15 mg/dia podem causar altera&#xE7;&#xF5;es no SNC, ocasionando dist&#xFA;rbios do sono, excitabilidade (aumento da agita&#xE7;&#xE3;o/ ang&#xFA;stia) e irritabilidade. Doses acima de 5 mg/dia est&#xE3;o relacionadas com dist&#xFA;rbios gastrintestinais (do est&#xF4;mago e/ou intestino), como <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/nauseas/c" target="_blank">n&#xE1;useas</a>, distens&#xE3;o abdominal e <a href="https://minutosaudavel.com.br/gases/" rel="noopener" target="_blank">flatul&#xEA;ncia</a> (soltar gases intestinais); rea&#xE7;&#xF5;es dermatol&#xF3;gicas (da pele), como eritema (colora&#xE7;&#xE3;o avermelhada da pele) e prurido (sensa&#xE7;&#xE3;o de coceira); comprometimento da absor&#xE7;&#xE3;o intestinal do <a href="https://consultaremedios.com.br/zinco/bula" target="_blank">zinco</a>.</li> <li>Vitamina E: quando empregada com doses muito altas, os seguintes sintomas podem aparecer: vis&#xE3;o turva, <a href="https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/dor-de-cabeca-e-enxaqueca/c" target="_blank">dor de cabe&#xE7;a</a>, aumento da gl&#xE2;ndula mam&#xE1;ria, fraqueza e sangramento em pacientes que j&#xE1; tenham diminui&#xE7;&#xE3;o de vitamina K.</li>

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.&nbsp;

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Envid?

Deve-se tomar o medicamento ao lembrar. No caso de se lembrar apenas no dia seguinte, não sobreponha as doses. Tome apenas a dose diária recomendada.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Envid?

Envid® 800 mcg + 20 mg

Cada cápsula gelatinosa mole contém:
{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"text-align:center; width:204px\"> <p>&#xC1;cido f&#xF3;lico</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:185px\">800 mcg</td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:204px\"> <p>Acetato de racealfatocoferol (vitamina E)</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:185px\">20 mg</td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes: gordura vegetal hidrogenada, cera de abelha, lecitina de soja, butil-hidroxitolueno, óleo de soja, corante azul brilhante, dióxido de titânio, gelatina, glicerol, metilparabeno, propilparabeno e água purificada.

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td rowspan=\"2\" style=\"text-align:center; width:656px\">&amp;nbsp;</td> <td style=\"text-align:center; width:570px\"> <p><strong>% da IDR* por c&#xE1;psula</strong></p> </td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:570px\"> <p><strong>Adulto</strong></p> </td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:656px\">&#xC1;cido f&#xF3;lico</td> <td style=\"text-align:center; width:570px\"> <p>333%</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:656px\">Acetato de racealfatocoferol (vitamina E)</td> <td style=\"text-align:center; width:570px\"> <p>200%</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Ingestão Diária Recomendada.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Envid maior do que a recomendada?

Vitamina E

Quando empregada em doses muito altas, os seguintes sintomas podem aparecer: náuseas, flatulências cólicas e diarreia.

Procure imediatamente socorro médico para que procedimentos e tratamento geral de suporte possam ser utilizados para controlar a sintomatologia.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Envid com outros remédios?

Alimentos gordurosos aumentam a absorção da vitamina E. Os anticoncepcionais podem diminuir a absorção do ácido fólico e as reservas de vitamina E.

Colestipol (fármacos redutores do colesterol e triglicerídeos), anticonvulsivantes (ex.: fenitoína), pancreatina (enzimas do pâncreas) e sulfasalazina (fármaco utilizado no tratamento de distúrbios intestinais) podem diminuir a absorção do ácido fólico. Colestiramina (fármaco captador de ácidos biliares), colestipol (fármacos redutores do colesterol e triglicerídeos) e orlistate (fármaco utilizado no tratamento da obesidade) podem diminuir a absorção da vitamina E.

O uso concomitante de pirimetamina (fármaco utilizado no tratamento de toxoplasmose) e ácido fólico pode aumentar o risco de supressão da medula óssea (diminuição da produção de células sanguíneas).&nbsp;

A administração conjunta de dicumarínicos e varfarina (fármacos do grupo dos anticoagulantes) com vitamina E em doses acima de 300 mg/dia aumenta o risco de sangramento.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Qual a ação da substância do Envid (Ácido Fólico + Acetato de Racealfatocoferol)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <p>A defici&#xEA;ncia de &#xE1;cido f&#xF3;lico est&#xE1; associada &#xE0;s doen&#xE7;as cr&#xF4;nicas n&#xE3;o-transmiss&#xED;veis, complica&#xE7;&#xF5;es na gesta&#xE7;&#xE3;o e doen&#xE7;as neurodegenerativas. Uehara et al. (2010) realizaram uma revis&#xE3;o bibliogr&#xE1;fica com o objetivo de discutir o papel do &#xE1;cido f&#xF3;lico na preven&#xE7;&#xE3;o de doen&#xE7;as, os aspectos epidemiol&#xF3;gicos de sua defici&#xEA;ncia, fortifica&#xE7;&#xE3;o dos alimentos e suplementa&#xE7;&#xE3;o medicamentosa. A defici&#xEA;ncia dessa vitamina &#xE9; descrita em adolescentes, mulheres em idade f&#xE9;rtil, gestantes e em idosos. Seu alcance pela dieta &#xE9; dif&#xED;cil, sendo necess&#xE1;ria a inclus&#xE3;o de alimentos fortificados ou suplementos. &#xC9; importante avaliar o estado nutricional de &#xE1;cido f&#xF3;lico dos indiv&#xED;duos antes e ap&#xF3;s a ado&#xE7;&#xE3;o dessas estrat&#xE9;gias.</p> <p>Um estudo realizado em 2009 demonstrou que a suplementa&#xE7;&#xE3;o com &#xE1;cido f&#xF3;lico apresenta efic&#xE1;cia na redu&#xE7;&#xE3;o da homocisteinemia. A biodisponibilidade do &#xE1;cido f&#xF3;lico dos alimentos &#xE9; considerada baixa, por isso &#xE9; improv&#xE1;vel que a dieta, utilizada isoladamente, seja suficiente para aumentar a concentra&#xE7;&#xE3;o plasm&#xE1;tica de &#xE1;cido f&#xF3;lico e reduzir a concentra&#xE7;&#xE3;o de hcy (homociste&#xED;na). O &#xE1;cido f&#xF3;lico proveniente da suplementa&#xE7;&#xE3;o promove maior redu&#xE7;&#xE3;o da homocisteinemia e aumento do folato plasm&#xE1;tico quando comparado ao &#xE1;cido f&#xF3;lico presente naturalmente nos alimentos.</p> <p>Pacientes com defici&#xEA;ncia de vitamina E familiar isolada t&#xEA;m n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos de vitamina E drasticamente reduzidos e desordens neurol&#xF3;gicas como ataxia cerebelar, <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/disartria/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">disartria</a>, aus&#xEA;ncia de reflexos nos tend&#xF5;es, perda da sensibilidade proprioceptiva e sinal positivo para Babinski. Os sintomas associados a essa s&#xED;ndrome podem ser amenizados quando esses pacientes recebem vitamina E. Outros sintomas da defici&#xEA;ncia de vitamina E causados por doen&#xE7;as hep&#xE1;ticas cr&#xF4;nicas, m&#xE1; absor&#xE7;&#xE3;o de gorduras ou abetalipoproteinemia s&#xE3;o amenizados pela administra&#xE7;&#xE3;o de altas doses de vitamina E. Nenhuma das doses terap&#xEA;uticas recomendadas pode ser alcan&#xE7;ada pela dieta alimentar: tais pacientes devem receber a suplementa&#xE7;&#xE3;o de vitamina E.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1- Uehara, S.K.; Rosa, G. Associa&#xE7;&#xE3;o da defici&#xEA;ncia de &#xE1;cido f&#xF3;lico com altera&#xE7;&#xF5;es patol&#xF3;gicas e estrat&#xE9;gias para sua preven&#xE7;&#xE3;o: uma vis&#xE3;o cr&#xED;tica. Rev. Nutr., Campinas, Set/Out 2010. 23(5):881-894.<br> 2- Bazzano LA. Folic acid supplementation and cardiovascular disease: the state of the art. Am J Med Sci . 2009; 338(1):48-9.<br> 3- Tran, K., Wong, J. T., Lee, E., Chan, A. C., and Choy, P. C. Vitamin E potentiates arachidonate release and phospholipase A2 activity in rat heart myoblastic cells. Biochem. J. 1996; 319, 385&#x2013;391.</br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>&#xC1;cido f&#xF3;lico</h3> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>O &#xE1;cido f&#xF3;lico &#xE9; uma vitamina hidrossol&#xFA;vel sendo pouco armazenada no organismo. &#xC9; essencial para as rea&#xE7;&#xF5;es metab&#xF3;licas espec&#xED;ficas no meio celular e est&#xE1; envolvido em um grande n&#xFA;mero de processos bioqu&#xED;micos essenciais para a vida. A defici&#xEA;ncia de &#xE1;cido f&#xF3;lico est&#xE1; associada a doen&#xE7;as cr&#xF4;nicas n&#xE3;o transmiss&#xED;veis, complica&#xE7;&#xF5;es na gesta&#xE7;&#xE3;o e doen&#xE7;as neurodegenerativas. Essas defici&#xEA;ncias resultam na bioss&#xED;ntese prejudicada de DNA e RNA, reduzindo dessa forma a divis&#xE3;o celular, que &#xE9; mais vis&#xED;vel nas c&#xE9;lulas com taxas de multiplica&#xE7;&#xE3;o r&#xE1;pida. Os primeiros sinais de defici&#xEA;ncia nos seres humanos incluem hipersegmenta&#xE7;&#xE3;o nuclear dos leuc&#xF3;citos polimorfonucleares circulantes, seguidos por anemia megalobl&#xE1;stica e, ent&#xE3;o fraqueza geral, <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/depressao/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">depress&#xE3;o</a> e polineuropatias. O &#xE1;cido f&#xF3;lico &#xE9; importante para as rea&#xE7;&#xF5;es de metila&#xE7;&#xE3;o do &#xE1;cido desoxirribonucleico, preven&#xE7;&#xE3;o da hiperhomocisteinemia e atua como <a href=\"https://consultaremedios.com.br/vitaminas-e-minerais/antioxidante/c\" target=\"_blank\">antioxidante</a>. A defici&#xEA;ncia de &#xE1;cido f&#xF3;lico est&#xE1; presente em adolescentes, mulheres em idade f&#xE9;rtil, gestantes e em idosos.</p> <h4>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h4> <p>A absor&#xE7;&#xE3;o oral &#xE9; boa, com uma biodisponibilidade de 76% - 93%. O &#xE1;cido f&#xF3;lico &#xE9; absorvido por um processo ativo, primariamente na parte proximal do intestino delgado. H&#xE1; uma pequena absor&#xE7;&#xE3;o no jejuno e praticamente nenhuma no &#xED;leo distal. A absor&#xE7;&#xE3;o &#xE9; prejudicada em portadores de <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-doenca-celiaca-sintomas-tratamento-e-diagnostico/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">doen&#xE7;a cel&#xED;aca</a> e n&#xE3;o sofre altera&#xE7;&#xF5;es na gravidez. Ap&#xF3;s a absor&#xE7;&#xE3;o, os folatos s&#xE3;o rapidamente transportados aos tecidos na forma de CH3H4PteGlu, apresentando grande afinidade por <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas. Essa afinidade ocorre tamb&#xE9;m com os an&#xE1;logos n&#xE3;o metilados. O <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c\" target=\"_blank\">f&#xED;gado</a> recebe cerca de 50% dos folatos absorvidos e a concentra&#xE7;&#xE3;o nos eritr&#xF3;citos varia de 0,175 a 0,316 mcg/ml. A metaboliza&#xE7;&#xE3;o &#xE9; predominantemente hep&#xE1;tica. Ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o oral, a droga &#xE9; convertida na forma ativa, 5- metiltetrahidrofolato. Essa convers&#xE3;o ocorre principalmente no f&#xED;gado e n&#xE3;o durante a absor&#xE7;&#xE3;o pela mucosa intestinal. A excre&#xE7;&#xE3;o renal &#xE9; de cerca de 30%, ocorrendo tamb&#xE9;m uma importante excre&#xE7;&#xE3;o biliar. O &#xE1;cido f&#xF3;lico &#xE9; excretado no leite materno, por&#xE9;m n&#xE3;o apresenta risco para o neonato, ao contr&#xE1;rio, supre as necessidades do mesmo.</p> <h3>Vitamina E</h3> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>A a&#xE7;&#xE3;o antioxidante da vitamina E repara os danos causados pelos radicais livres nas membranas celulares. A vitamina E protege os &#xE1;cidos graxos poli-insaturados, atuando na membrana fosfolip&#xED;dica e nas lipoprote&#xED;nas circulantes. Os radicais peroxil reagem rapidamente com a vitamina E, formando o correspondente hidroper&#xF3;xido&amp;nbsp;org&#xE2;nico e o radical tocoferoxil. O radical tocoferoxil, por sua vez, interage com outros compostos antioxidantes, como o <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/vitamina-c/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">&#xE1;cido asc&#xF3;rbico</a>, que restauram o tocoferol.</p> <h4>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h4> <p>A biodisponibilidade quando administrada por via oral &#xE9; vari&#xE1;vel. A presen&#xE7;a da bile &#xE9; necess&#xE1;ria para que a vitamina E seja absorvida pelo trato intestinal. A absor&#xE7;&#xE3;o da vitamina E por via oral &#xE9; vari&#xE1;vel em rec&#xE9;m-nascidos de baixo peso e aparentemente depende da idade gestacional, idade p&#xF3;s-natal, absor&#xE7;&#xE3;o relativa de gorduras e do grau de hidr&#xF3;lise intestinal da forma acetato.</p> <p>Alimentos gordurosos aumentam a absor&#xE7;&#xE3;o da vitamina E. O tecido adiposo &#xE9; o principal local de armazenamento de vitamina E. A concentra&#xE7;&#xE3;o no l&#xED;quido cefalorraquidiano praticamente n&#xE3;o aumenta com a suplementa&#xE7;&#xE3;o. J&#xE1; na retina, a concentra&#xE7;&#xE3;o &#xE9; maior que na membrana coroide e no humor v&#xED;treo e pode ser aumentada com a suplementa&#xE7;&#xE3;o. Os is&#xF4;meros do alfatocoferol s&#xE3;o incorporados pelas lipoprote&#xED;nas. A vitamina E pouco atravessa a placenta, sendo a concentra&#xE7;&#xE3;o no plasma fetal um quinto do plasma materno. O principal local de metaboliza&#xE7;&#xE3;o &#xE9; o f&#xED;gado, cerca de 70 a 80%. Os principais metab&#xF3;litos s&#xE3;o os glicuron&#xED;deos do &#xE1;cido tocofer&#xF4;nico. A excre&#xE7;&#xE3;o principal se d&#xE1; pela bile, cerca de 70 a 80%. A excre&#xE7;&#xE3;o renal &#xE9; baixa. Com rela&#xE7;&#xE3;o ao leite materno, a excre&#xE7;&#xE3;o &#xE9; segura para o lactente.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Envid?

Mantenha Envid® em temperatura ambiente (15 a 30ºC), protegido da umidade. Prazo de validade: 24 meses a partir da data de fabricação.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Cápsula gelatinosa mole oval, de cor azul opaco, contendo suspensão oleosa amarelo opaca com pontos alaranjados.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Envid

Cápsula gelatinosa mole de 800 mcg + 20 mg em embalagem com 30 cápsulas.

Uso oral.

Uso adulto e pediátrico acima de 12 anos.

Dizeres Legais do Envid

MS – 1.0974.0222

Farm. Resp.:
Dr. Dante Alario Junior
CRF-SP nº 5143

Registrado por:
Biolab Sanus Farmacêutica Ltda.
Av. Paulo Ayres, 280 - Taboão da Serra – SP
CEP 06767-220
CNPJ 49.475.833/0001-06
Indústria Brasileira




Fabricado por:
Biolab Sanus Farmacêutica Ltda.
Rua Solange Aparecida Montan 49
Jandira SP 06610-015
CNPJ 49.475.833/0014-12
Indústria Brasileira




SAC:
0800 724 6522

Siga corretamente o modo de usar, não desaparecendo os sintomas procure orientação médica.

Fabricante: Biolab

© 2021 Medicamento Lab.