Brainfarma Doxaneo

4mg, caixa com 30 comprimidos

Princípio ativo
:
Mesilato De Doxazosina
Classe Terapêutica
:
Anti-Hipertensivos Puro-Ação Periférica
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Anti-Hipertensivo
Especialidade
:
Cardiologia

Bula do medicamento

Doxaneo, para o que é indicado e para o que serve?

Hiperplasia Prostática Benigna – HPB (aumento benigno da próstata)

Doxaneo é indicado para o tratamento dos sintomas da Hiperplasia Prostática Benigna - HPB - (doença caracterizada pelo aumento benigno da próstata), assim como para o tratamento da redução do fluxo urinário associada à HPB. Doxaneo pode ser administrado em pacientes com HPB que sejam hipertensos (sofram de pressão alta) ou normotensos (tenham pressão normal). Não são observadas alterações clinicamente significativas na pressão sanguínea de pacientes normotensos com HPB. Pacientes com HPB e hipertensão apresentam ambas as condições tratadas efetivamente com mesilato de doxazosina como monoterapia (um único remédio tratando as duas doenças).

Hipertensão (pressão alta)

Doxaneo é indicado para o tratamento da hipertensão e pode ser utilizado como agente inicial para o controle da pressão sanguínea na maioria dos pacientes. Em pacientes sem controle adequado com um único agente anti-hipertensivo, Doxaneo pode ser administrado em associação a outros medicamentos para pressão alta, tais como diuréticos tiazídicos, betabloqueadores antagonistas de cálcio ou agentes inibidores da enzima conversora de angiotensina. Seu médico prescreverá a melhor opção de tratamento para o seu caso.

Quais as contraindicações do Doxaneo?

Não tome Doxaneo se você:

  • <li>Tem alergia &#xE0; doxazosina, outros tipos de quinazolinas (como: prazosina ou terazosina) ou a qualquer outro componente deste medicamento;</li> <li>Est&#xE1; amamentando;</li> <li>Tem <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/prostata-aumentada/c" target="_blank">pr&#xF3;stata aumentada</a> (Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna) e press&#xE3;o baixa;</li> <li>Apresenta hist&#xF3;ria de uma condi&#xE7;&#xE3;o conhecida como &quot;hipotens&#xE3;o ortost&#xE1;tica&quot;, forma de press&#xE3;o baixa que faz voc&#xEA; se sentir tonto ou atordoado quando se levanta;</li> <li>Tem pr&#xF3;stata aumentada juntamente com uma das seguintes condi&#xE7;&#xF5;es: qualquer tipo de congest&#xE3;o ou bloqueio do trato urin&#xE1;rio, infec&#xE7;&#xE3;o cr&#xF4;nica do trato urin&#xE1;rio ou pedras na bexiga;</li> <li>Tiver <a href="https://minutosaudavel.com.br/incontinencia-urinaria/" rel="noopener" target="_blank">incontin&#xEA;ncia urin&#xE1;ria</a> por transbordamento (aus&#xEA;ncia de vontade de urinar) ou an&#xFA;ria (organismo n&#xE3;o produz urina) com ou sem problemas renais.</li>

Como usar o Doxaneo?

Você pode tomar Doxaneo tanto pela manhã quanto à noite, com quantidade suficiente de líquido para engolir o comprimido, com ou sem alimentos. Utilize o produto apenas pela via de administração indicada, ou seja, somente pela via oral. Este medicamento é de uso contínuo.

Hiperplasia Prostática Benigna

A dose inicial é de 1mg (meio comprimido de 2mg) administrado em dose única diária, a fim de diminuir a possível ocorrência de hipotensão postural e/ou desmaio.

Conforme a resposta individual do paciente, a dose pode ser aumentada após uma ou duas semanas de tratamento para 2mg, e assim a intervalos similares para 4mg e 8mg, sendo esta a dose máxima recomendada. O intervalo de dose usualmente recomendado é de 2 a 4mg diários.

Hipertensão

A dose total de doxazosina varia de 1 a 16mg diários. Recomenda-se uma dose inicial de 1mg (meio comprimido de 2mg) administrado em dose única diária por uma ou duas semanas.

Dependendo da resposta individual do paciente, a dose pode ser aumentada após uma ou duas semanas de tratamento para 2mg, e assim a intervalos similares para 4mg, 8mg e 16mg, até se obter a redução desejada da pressão. O intervalo de dose usualmente recomendado é de 2 a 4mg diários.

Uso em idosos

A mesma dose de Doxaneo recomendada para adultos jovens pode ser utilizada em idosos. A dosagem deve ser mantida tão baixo quanto possível e aumentos de dose devem ser feitos sob rigoroso acompanhamento médico.

Uso em pacientes com insuficiência renal

As doses usuais de Doxaneo podem ser administradas em pacientes com insuficiência renal.

Uso em pacientes com insuficiência hepática

Doxaneo deve ser administrado com cuidado em pacientes com insuficiência hepática.

Uso em crianças

Não use Doxaneo em crianças.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser mastigado.

Como o Doxaneo funciona?

A doxazosina, princípio ativo de Doxaneo, pertence à classe dos medicamentos chamados antihipertensivos (que diminuem a pressão sanguínea). Age relaxando os vasos sanguíneos permitindo que o sangue passe mais facilmente. A doxazosina também relaxa os músculos da próstata e do colo (parte mais inferior) da bexiga.

Quais cuidados devo ter ao usar o Doxaneo?

Fale com o seu médico antes de tomar Doxaneo se:

  • <li>Durante o in&#xED;cio do tratamento, sentir tonturas e fraqueza ou perda de consci&#xEA;ncia;</li> <li>Est&#xE1; fazendo uso de algum inibidor da 5-fosfodiesterase, tipo de medicamento utilizado para o tratamento da <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/disfuncao-eretil/c" target="_blank">Disfun&#xE7;&#xE3;o Er&#xE9;til</a>;</li> <li>Sofre de insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica (mau funcionamento do <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a>);</li> <li>Tem estreitamento gastrintestinal grave (obstru&#xE7;&#xE3;o do est&#xF4;mago ou do intestino);</li> <li>Tem prevista uma cirurgia de <a href="https://minutosaudavel.com.br/catarata-o-que-e-tipos-sintomas-cirurgia-tem-cura/" rel="noopener" target="_blank">catarata</a> (nesse caso, informe seu oftalmologista antes da cirurgia, de que est&#xE1; ou esteve em tratamento com doxazosina);</li> <li>Tem alguma das seguintes doen&#xE7;as card&#xED;acas agudas: <a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-pulmonar-causas-sintomas-tratamento-tem-cura/" rel="noopener" target="_blank">edema pulmonar</a> devido &#xE0; estenose a&#xF3;rtica ou mitral, <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> de alto d&#xE9;bito, insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca direita devido a <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/embolia-pulmonar/c" target="_blank">embolia pulmonar</a> ou derrame peric&#xE1;rdio ou insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca ventricular esquerda com baixa press&#xE3;o de enchimento.</li>

Doxaneo pode ser utilizado nas doses usuais mesmo que você tenha insuficiência renal (mau funcionamento dos rins).

Como este medicamento contém lactose, seu emprego não é recomendado em pacientes com doenças hereditárias raras de intolerância à galactose, deficiência de lactase de Lapp ou má absorção de glicose-galactose.

Ereções prolongadas e priapismo (ereção persistente e dolorosa do pênis) foram relatados com bloqueadores alfa-1, incluindo a doxazosina. No caso de uma ereção persistente por mais de 4 horas, procure assistência médica imediata. O priapismo quando não tratado imediatamente pode resultar em danos ao tecido do pênis e na perda permanente de potência.

Doxaneo não é indicado para uso em crianças.

Antes de iniciar o tratamento com Doxaneo, o seu médico pode realizar exames para descartar outras doenças, como o câncer de próstata, que pode causar os mesmos sintomas da hiperplasia prostática benigna (aumento da próstata).

Gravidez e amamentação

Doxaneo não é indicado durante a gravidez sem orientação médica e seu uso durante a amamentação é contraindicado. Avise ao seu médico ou cirurgião-dentista se você estiver amamentando ou vai iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Direção de veículos e operação de máquinas

Não opere máquinas ou dirija veículos, especialmente no início do tratamento com Doxaneo. Sua habilidade para essas tarefas pode estar prejudicada.

A eficácia deste medicamento depende da capacidade funcional (como seu organismo está funcionando) do paciente.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Doxaneo?

Como todos os medicamentos, Doxaneo pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Efeitos secundários comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Infec&#xE7;&#xF5;es do trato respirat&#xF3;rio, infec&#xE7;&#xF5;es do trato urin&#xE1;rio;</li> <li>Tonturas, <a href="https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/dor-de-cabeca-e-enxaqueca/c" target="_blank">dor de cabe&#xE7;a</a>, sonol&#xEA;ncia;</li> <li>Vertigens;</li> <li>Ppalpita&#xE7;&#xF5;es, taquicardia;</li> <li>Hipotens&#xE3;o, hipotens&#xE3;o postural;</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/bronquite/c" target="_blank">Bronquite</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/gripes-e-resfriados/tosse/c" target="_blank">tosse</a>, dispneia (dificuldade em respirar), <a href="https://minutosaudavel.com.br/rinite/" rel="noopener" target="_blank">rinite</a> (inflama&#xE7;&#xE3;o da mucosa nasal);</li> <li>Dor abdominal, <a href="https://minutosaudavel.com.br/dispepsia-indigestao-o-que-e-sintomas-remedios-e-tipos/" rel="noopener" target="_blank">dispepsia</a> (dificuldade na digest&#xE3;o), boca seca, n&#xE1;useas;</li> <li>Prurido;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/lombalgia/" rel="noopener" target="_blank">Dor lombar</a>, mialgia (dor muscular);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-urinario/cistite/c" target="_blank">Cistite</a> (inflama&#xE7;&#xE3;o da bexiga), incontin&#xEA;ncia urin&#xE1;ria;</li> <li>Impot&#xEA;ncia;</li> <li>Astenia (falta de for&#xE7;as), <a href="https://minutosaudavel.com.br/dor-no-peito/" rel="noopener" target="_blank">dor no peito</a>, sintomas do tipo gripais, <a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/" rel="noopener" target="_blank">edema</a> perif&#xE9;rico (incha&#xE7;o dos membros).</li>

Efeitos secundários incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Rea&#xE7;&#xE3;o medicamentosa al&#xE9;rgica;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/anorexia/" rel="noopener" target="_blank">Anorexia</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/doencas-dos-ossos/gota/c" target="_blank">gota</a>, aumento do apetite;</li> <li>Agita&#xE7;&#xE3;o, <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/ansiedade/c" target="_blank">ansiedade</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/depressao/" rel="noopener" target="_blank">depress&#xE3;o</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/insonia/c" target="_blank">ins&#xF4;nia</a>, nervosismo;</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/acidente-vascular-cerebral/c" target="_blank">Acidente vascular cerebral</a>, hipoestesia (diminui&#xE7;&#xE3;o da sensibilidade t&#xE1;til), s&#xED;ncope (perda de consci&#xEA;ncia), tremor;</li> <li>Acufenos (zumbidos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/b/angina-peito" target="_blank"/><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/angina/c" target="_blank">Angina</a> de peito, <a href="https://minutosaudavel.com.br/infarto/" rel="noopener" target="_blank">infarto</a> do mioc&#xE1;rdio;</li> <li>Epistaxe (hemorragia nasal);</li> <li>Constipa&#xE7;&#xE3;o (<a href="https://minutosaudavel.com.br/prisao-de-ventre/" rel="noopener" target="_blank">pris&#xE3;o de ventre</a>), <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/diarreia/c" target="_blank">diarreia</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/gases/" rel="noopener" target="_blank">flatul&#xEA;ncia</a> (gases), <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/nauseas/c" target="_blank">v&#xF4;mitos</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/gastroenterite/" rel="noopener" target="_blank">gastroenterite</a>;</li> <li>Resultados anormais em testes da fun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica;</li> <li>Erup&#xE7;&#xE3;o na pele;</li> <li>Artralgia (dor articular);</li> <li>Dis&#xFA;ria (ardor/dor ao urinar), hemat&#xFA;ria (sangue na urina), aumento da frequ&#xEA;ncia de mic&#xE7;&#xE3;o;</li> <li>Dor, edema facial;</li> <li>Aumento de peso.</li>

Efeitos secundários raros (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>C&#xE3;ibras musculares, fraqueza muscular;</li> <li>Poli&#xFA;ria (aumento da quantidade de urina emitida em 24h);</li> <li>Obstru&#xE7;&#xE3;o gastrointestinal (somente para a concentra&#xE7;&#xE3;o de 4mg).</li>

Efeitos secundários muito raros (ocorrem em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Leucopenia, <a href="https://minutosaudavel.com.br/trombocitopenia/" rel="noopener" target="_blank">trombocitopenia</a>;</li> <li>Tonturas posturais, <a href="https://minutosaudavel.com.br/parestesia/" rel="noopener" target="_blank">parestesia</a> (sensa&#xE7;&#xE3;o de formigueiro e adormecimento dos membros);</li> <li>Vis&#xE3;o turva;</li> <li>Bradicardia, arritmias card&#xED;acas;</li> <li>Fogachos;</li> <li>Broncoespasmos;</li> <li>Colestase, <a href="https://consultaremedios.com.br/infectologia/hepatite/c" target="_blank">hepatite</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/ictericia/" rel="noopener" target="_blank">icter&#xED;cia</a>;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/urticaria/" rel="noopener" target="_blank">Urtic&#xE1;ria</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/queda-de-cabelo-e-calvicie/c" target="_blank">alopecia</a> (queda tempor&#xE1;ria, parcial ou geral, dos pelos ou dos <a href="https://consultaremedios.com.br/cuidados-pessoais/cabelos/c" target="_blank">cabelos</a>), <a href="https://minutosaudavel.com.br/purpura/" rel="noopener" target="_blank">p&#xFA;rpura</a> (manchas cut&#xE2;neas);</li> <li>Aumento da diurese, altera&#xE7;&#xE3;o na mic&#xE7;&#xE3;o, noct&#xFA;ria (vontade de urinar durante a noite);</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/ginecomastia/" rel="noopener" target="_blank">Ginecomastia</a>, priapismo (ere&#xE7;&#xE3;o prolongada);</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-fadiga-muscular-cronica-adrenal-etc-e-como-tratar/" rel="noopener" target="_blank">Fadiga</a>, mal-estar.</li>

Efeitos secundários de frequência não conhecida (a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis)

  • <li>Complica&#xE7;&#xF5;es na cirurgia de catarata;</li> <li>Problemas na ejacula&#xE7;&#xE3;o (ejacula&#xE7;&#xE3;o retr&#xF3;grada.</li>

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Doxaneo?

Caso você esqueça-se de tomar Doxaneo no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento em dobro para compensar doses esquecidas. O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Doxaneo?

Cada comprimido de 2mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"text-align:center; width:541px\">Mesilato de doxazosina*</td> <td style=\"width:556px\"> <p style=\"text-align:center\">2,426mg</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:541px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes&amp;nbsp;q.s.p.</p> </td> <td style=\"width:556px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Equivalente a 2mg de doxazosina.

Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, dióxido de silício, amidoglicolato de sódio e estearato de magnésio.

Cada comprimido de 4mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:229px\"> <p style=\"text-align:center\">Mesilato de doxazosina*</p> </td> <td style=\"width:232px\"> <p style=\"text-align:center\">4,851mg</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:229px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p.</p> </td> <td style=\"width:232px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Equivalente a 4mg de doxazosina.

Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, dióxido de silício, amarelo crepúsculo laca de alumínio, amidoglicolato de sódio e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Doxaneo maior do que a recomendada?

Se você tomar uma dose excessiva de Doxaneo pode ocorrer hipotensão e, nesse caso, você deve ficar na posição supina, ou seja, deitado com a face para cima e procurar o médico imediatamente.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Doxaneo com outros remédios?

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento para que ele possa avaliar se o seu medicamento pode interagir com Doxaneo.

Com o uso de Doxaneo, assim como outros medicamentos semelhantes a ele, alguns pacientes apresentaram hipotensão postural (queda da pressão quando da mudança de posição do corpo), que pode ser percebida pelo aparecimento de tontura, fraqueza e raramente desmaio, principalmente no início do uso do medicamento. Você deve perguntar ao seu médico como evitar esses sintomas e quais as medidas você deve tomar no caso deles aparecerem.

O uso de Doxaneo junto com inibidores da PDE-5 (5-fosfodiesterase, medicamentos para o tratamento de dificuldade de ereção) deve ser feito com cautela já que, em alguns pacientes, pode ocorrer hipotensão sintomática (queda da pressão arterial com sintomas).

Estudos in vitro (estudos de laboratório) indicam que a doxazosina não apresenta efeito sobre a ligação proteica da digoxina, varfarina, fenitoína ou indometacina. O mesilato de doxazosina sob a forma de comprimido simples foi administrado sem qualquer interação medicamentosa adversa nas experiências clínicas com diuréticos tiazídicos, furosemida, betabloqueadores, anti-inflamatórios não esteroides, antibióticos, hipoglicemiantes orais, agentes uricosúricos (que aumentam a excreção de ácido úrico) e anticoagulantes. No entanto, deve ser levado em consideração possibilidade de interação com outros fármacos ligados às proteínas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Doxaneo (Mesilato de Doxazosina)?

Rsultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna</h3> <p>A Doxazosina demonstrou ser um bloqueador efetivo dos adrenoreceptores alfa-1 subtipo 1A, que por sua vez equivale a 70% dos subtipos existentes na pr&#xF3;stata. Isso explica sua a&#xE7;&#xE3;o em pacientes portadores de hiperplasia prost&#xE1;tica benigna (HPB).</p> <p>A Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; tem demonstrado efic&#xE1;cia e seguran&#xE7;a est&#xE1;veis em tratamentos prolongados de pacientes com HPB. Quando administrada nas doses recomendadas apresenta pequeno ou nenhum efeito sobre a press&#xE3;o sangu&#xED;nea de pacientes normotensos.</p> <p>Em um estudo cl&#xED;nico controlado em HPB, o tratamento com Doxazosina em pacientes com disfun&#xE7;&#xE3;o sexual foi associado a uma melhora da fun&#xE7;&#xE3;o sexual.</p> <p>Dados dispon&#xED;veis de dois estudos de efic&#xE1;cia (incluindo um total de 630 pacientes tratados com Doxazosina) indicaram que os pacientes controlados com comprimidos simples de Mesilato de Doxazosina 1 mg, 2 mg ou 4 mg ser&#xE3;o igualmente controlados com um comprimido de libera&#xE7;&#xE3;o controlada de Mesilato de Doxazosina.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Kirby, R. S., et al. &quot;A combined analysis of double&#x2010;blind trials of the efficacy and tolerability of doxazosin&#x2010;gastrointestinal therapeutic system, doxazosin standard and placebo in patients with benign prostatic hyperplasia.&quot; BJU international 87.3 (2001): 192-200.<br> 2. Sun, Guang-Huan, et al. &quot;Efficacy and safety of the doxazosin gastrointestinal therapeutic system for the treatment of benign prostate hyperplasia.&quot; The Kaohsiung journal of medical sciences 26.10 (2010): 532- 539.<br> 3. Aims, A. &quot;Clinical pharmacokinetics of doxazosin in a controlled-release gastrointestinal therapeutic system (GITS) formulation.&quot; (1999).<br> 4. Kirby, Roger S., Michael P. O&apos;Leary, and Culley Carson. &quot;Efficacy of extended&#x2010;release doxazosin and doxazosin standard in patients with concomitant benign prostatic hyperplasia and sexual dysfunction.&quot; BJU international 95.1 (2005): 103-109.</br></br></br></span></p> <h3>Hipertens&#xE3;o</h3> <p>O tratamento de indiv&#xED;duos com Doxazosina na forma de comprimidos simples para hipertens&#xE3;o pode ser substitu&#xED;do por Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada, cuja dose pode ser aumentada conforme a necessidade, mantendo a mesma efic&#xE1;cia e tolerabilidade.</p> <p>Ao contr&#xE1;rio dos agentes bloqueadores n&#xE3;o seletivos dos adrenoreceptores alfa, n&#xE3;o foi observada toler&#xE2;ncia na terapia prolongada com a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada. Eleva&#xE7;&#xF5;es na atividade da renina plasm&#xE1;tica e taquicardia foram raramente observadas na terapia de manuten&#xE7;&#xE3;o com Doxazosina.</p> <p>A Doxazosina produz efeitos favor&#xE1;veis sobre os l&#xED;pides plasm&#xE1;ticos, com uma eleva&#xE7;&#xE3;o significativa na rela&#xE7;&#xE3;o&amp;nbsp;lipoprote&#xED;na de alta densidade (HDL)/colesterol total e uma redu&#xE7;&#xE3;o tamb&#xE9;m significativa nos n&#xED;veis de triglic&#xE9;rides totais e <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/colesterol/c\" target=\"_blank\">colesterol</a> total. Portanto, a Doxazosina confere uma vantagem sobre diur&#xE9;ticos e agentes bloqueadores de adrenoreceptores beta, que afetam estes par&#xE2;metros de modo adverso. Com base na associa&#xE7;&#xE3;o estabelecida da hipertens&#xE3;o e l&#xED;pides plasm&#xE1;ticos com a doen&#xE7;a coronariana, os efeitos favor&#xE1;veis da terapia com Doxazosina na press&#xE3;o sangu&#xED;nea e nos l&#xED;pides indicam uma redu&#xE7;&#xE3;o no risco de desenvolvimento de doen&#xE7;a coronariana.</p> <p>O tratamento com Doxazosina mostrou ter resultado na regress&#xE3;o da hipertrofia ventricular esquerda, na inibi&#xE7;&#xE3;o da agrega&#xE7;&#xE3;o plaquet&#xE1;ria e no aumento da capacidade do ativador do plasminog&#xEA;nio tecidual. Al&#xE9;m disso, a Doxazosina melhora a sensibilidade &#xE0; insulina em pacientes com este tipo de comprometimento.</p> <p>A Doxazosina tem se mostrado desprovida de efeitos metab&#xF3;licos adversos e &#xE9; adequada para o uso em pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/asma/c\" target=\"_blank\">asma</a>, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c\" target=\"_blank\">diabetes</a>, portadores de disfun&#xE7;&#xE3;o ventricular esquerda, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/doencas-dos-ossos/gota/c\" target=\"_blank\">gota</a> e pacientes idosos.</p> <p>Um estudo <em>in vitro</em> demonstrou as propriedades antioxidantes dos metab&#xF3;litos 6&#x2019;- e 7&#x2019;-hidroxi da Doxazosina, em concentra&#xE7;&#xF5;es de 5 &#x3BC;M.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Grzeszczak, W. &quot;[Cardura XL--a unique drug formulation--doxazosine administered in a slow-release form (doxazosine GITS)].&quot; Przeglad lekarski 57.11 (1999): 643-654.<br> 2. Hermida, Ram&#xF3;n C., et al. &quot;Administration-time-dependent effects of doxazosin GITS on ambulatory blood pressure of hypertensive subjects.&quot; Chronobiology international 21.2 (2004): 277-296.<br> 3. Ingrid, O.S., Stokke, H.P.. &quot;Doxazosin GITS compared with doxazosin standard and placebo in patients with mild hypertension.&quot; Blood pressure 8.3 (1999): 184-191.<br> 4. Os, I. &quot;Comparison of doxazosin GITS and standard doxazosin in the treatment of high blood pressure.&quot; International Journal of Clinical Pharmacology &amp; Therapeutics 44.3 (2006).</br></br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h3> <h4>Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna</h4> <p>A administra&#xE7;&#xE3;o de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; a pacientes com hiperplasia prost&#xE1;tica benigna (HPB) sintom&#xE1;tica resulta na melhora significativa nos sintomas e na urodin&#xE2;mica. Acredita-se que esse efeito no tratamento da HPB seja devido ao bloqueio seletivo dos adrenoreceptores alfa localizados na musculatura do estroma, na c&#xE1;psula da pr&#xF3;stata e no colo da bexiga.</p> <h4>Hipertens&#xE3;o</h4> <p>A administra&#xE7;&#xE3;o de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; a pacientes hipertensos causa uma redu&#xE7;&#xE3;o clinicamente significativa na press&#xE3;o sangu&#xED;nea como resultado da redu&#xE7;&#xE3;o da resist&#xEA;ncia vascular sist&#xEA;mica. Acredita-se que este efeito seja resultado do bloqueio seletivo dos adrenoreceptores alfa-1 localizados nos vasos sangu&#xED;neos. Com uma posologia de dose &#xFA;nica di&#xE1;ria, redu&#xE7;&#xF5;es clinicamente significativas na press&#xE3;o sangu&#xED;nea s&#xE3;o mantidas durante o dia e 24 horas ap&#xF3;s a dose. A maioria dos pacientes &#xE9; controlada com uma dose inicial de 4 mg de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada. Nos pacientes com hipertens&#xE3;o, as redu&#xE7;&#xF5;es na press&#xE3;o sangu&#xED;nea durante o tratamento com Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; foram semelhantes tanto na posi&#xE7;&#xE3;o sentada quanto na posi&#xE7;&#xE3;o ereta.</p> <h3>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h3> <h4>Absor&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Ap&#xF3;s administra&#xE7;&#xE3;o oral de doses terap&#xEA;uticas, a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; &#xE9; bem absorvida com n&#xED;veis de pico plasm&#xE1;tico atingidos gradativamente ap&#xF3;s 8-9 horas da administra&#xE7;&#xE3;o. Os n&#xED;veis de pico plasm&#xE1;tico s&#xE3;o aproximadamente 1/3 dos observados com a administra&#xE7;&#xE3;o da mesma dose de Doxazosina sob a forma de comprimido simples. Os n&#xED;veis de vale em 24 horas s&#xE3;o, no entanto, semelhantes.</p> <p>As caracter&#xED;sticas farmacocin&#xE9;ticas da Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; resultaram em um perfil plasm&#xE1;tico mais suave.</p> <p>A rela&#xE7;&#xE3;o pico/vale da Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; &#xE9; menor que a metade da observada&amp;nbsp;com a Doxazosina sob a forma de comprimido simples.</p> <p>No estado de equil&#xED;brio (steady state), a biodisponibilidade relativa da Doxazosina sob a forma de comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada, comparada com a forma de comprimidos simples, foi de 54% para a dose de 4 mg e de 59% para a dose de 8 mg.</p> <p>Os estudos de farmacocin&#xE9;tica com a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; em idosos n&#xE3;o apresentaram altera&#xE7;&#xF5;es significativas em compara&#xE7;&#xE3;o aos pacientes mais jovens.</p> <h4>Biotransforma&#xE7;&#xE3;o e elimina&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o plasm&#xE1;tica &#xE9; bif&#xE1;sica, com uma meia-vida de elimina&#xE7;&#xE3;o terminal de 22 horas, o que fornece a base para a administra&#xE7;&#xE3;o em dose &#xFA;nica di&#xE1;ria. A Doxazosina &#xE9; amplamente metabolizada e menos de 5% &#xE9; excretado como f&#xE1;rmaco inalterado.</p> <p>Os estudos farmacocin&#xE9;ticos com a Doxazosina sob a forma de comprimido simples em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal demonstraram n&#xE3;o apresentar altera&#xE7;&#xF5;es significativas em compara&#xE7;&#xE3;o aos pacientes com fun&#xE7;&#xE3;o renal normal.</p> <p>H&#xE1; apenas dados limitados em pacientes com insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica e sobre os efeitos dos f&#xE1;rmacos de influ&#xEA;ncia conhecida sobre o metabolismo hep&#xE1;tico (p. ex., <a href=\"https://consultaremedios.com.br/cimetidina/bula\" target=\"_blank\">cimetidina</a>). Em um estudo cl&#xED;nico com 12 indiv&#xED;duos com insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica moderada, a administra&#xE7;&#xE3;o de uma dose &#xFA;nica de Doxazosina resultou em um aumento de 43% na &#xE1;rea sob a curva (AUC) e uma redu&#xE7;&#xE3;o de 40% no <em>clearance </em>oral aparente. Assim como ocorre com qualquer outro f&#xE1;rmaco completamente metabolizado pelo f&#xED;gado, o uso de Doxazosina em pacientes com disfun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica deve ser feito cuidadosamente.</p> <p>Aproximadamente 98% da Doxazosina encontra-se ligada &#xE0;s prote&#xED;nas plasm&#xE1;ticas.</p> <p>A Doxazosina &#xE9; metabolizada primariamente por o-desmetila&#xE7;&#xE3;o e hidroxila&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>A Doxazosina &#xE9; extensivamente metabolizada no f&#xED;gado. Os estudos<em> in vitro</em> sugerem que a via principal para a elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; via CYP 3A4; no entanto, as vias metab&#xF3;licas CYP 2D6 e CYP 2C9 tamb&#xE9;m est&#xE3;o envolvidas para elimina&#xE7;&#xE3;o, mas em menor extens&#xE3;o.</p> <h3>Dados de seguran&#xE7;a pr&#xE9;-cl&#xED;nicos</h3> <h4>Carcinog&#xEA;nese</h4> <p>Administra&#xE7;&#xE3;o cr&#xF4;nica de Doxazosina na dieta (at&#xE9; 24 meses) na dose m&#xE1;xima tolerada de 40 mg/kg/dia para ratos e 120 mg/kg/dia para camundongos n&#xE3;o revelou evid&#xEA;ncias de potencial carcinog&#xEA;nico. As doses mais altas avaliadas em estudos com ratos e camundongos s&#xE3;o associados com AUCs (medida de exposi&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica) que s&#xE3;o 8 vezes e 4 vezes a AUC humana na dose de 16 mg/dia, respectivamente.</p> <h4>Mutag&#xEA;nese</h4> <p>Estudos de mutagenicidade n&#xE3;o revelaram efeitos relacionados ao f&#xE1;rmaco ou seus metab&#xF3;litos em n&#xED;vel cromoss&#xF4;mico ou subcromoss&#xF4;mico.</p> <h4>Altera&#xE7;&#xF5;es na fertilidade</h4> <p>Estudos em ratos mostraram redu&#xE7;&#xE3;o na fertilidade de machos tratados com Doxazosina em doses orais de 20 mg/kg/dia (mas n&#xE3;o com 5 ou 10 mg/kg/dia), cerca de 4 vezes a AUC humana na dose de 12 mg/dia. Este efeito foi revers&#xED;vel dentro de 2 semanas da retirada do f&#xE1;rmaco. N&#xE3;o h&#xE1; relatos de qualquer efeito de Doxazosina na fertilidade humana em homens.</p> <h4>Lacta&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Estudos em ratas lactantes recebendo uma dose oral &#xFA;nica de 1 mg/kg de [2- 14C]-Doxazosina indicam que a Doxazosina acumula no leite materno da rata com concentra&#xE7;&#xE3;o m&#xE1;xima de cerca de 20 vezes superior &#xE0; concentra&#xE7;&#xE3;o no plasma materno.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Doxaneo?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Doxaneo 2mg

Apresenta-se como comprimido circular, branco a creme, sulcado.

Doxaneo 4mg

Apresenta-se como comprimido circular, laranja claro, sulcado.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Doxaneo

Medicamento similar equivalente ao medicamento de referência.

Comprimido

Embalagem contendo 30 comprimidos de 2mg ou 4mg.

Via de administração: oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Doxaneo

Registro M.S. nº 1.5584.0516

Farm. Responsável:
Rodrigo Molinari Elias
CRF-GO nº 3.234

Registrado por:
Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 3 - Quadra 2- C - Módulo 01- B - DAIA - Anápolis - GO
CEP 75132-015
C.N.P.J.: 05.161.069/0001-10
Indústria Brasileira




Fabricado por:
Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 1 - Quadra 2- A - Módulo 4 - DAIA - Anápolis - GO
CEP 75132-020


SAC:
0800 97 99 900

Venda sob prescrição médica.

2mg, caixa com 30 comprimidos

Princípio ativo
:
Mesilato De Doxazosina
Classe Terapêutica
:
Anti-Hipertensivos Puro-Ação Periférica
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Anti-Hipertensivo
Especialidade
:
Cardiologia

Bula do medicamento

Doxaneo, para o que é indicado e para o que serve?

Hiperplasia Prostática Benigna – HPB (aumento benigno da próstata)

Doxaneo é indicado para o tratamento dos sintomas da Hiperplasia Prostática Benigna - HPB - (doença caracterizada pelo aumento benigno da próstata), assim como para o tratamento da redução do fluxo urinário associada à HPB. Doxaneo pode ser administrado em pacientes com HPB que sejam hipertensos (sofram de pressão alta) ou normotensos (tenham pressão normal). Não são observadas alterações clinicamente significativas na pressão sanguínea de pacientes normotensos com HPB. Pacientes com HPB e hipertensão apresentam ambas as condições tratadas efetivamente com mesilato de doxazosina como monoterapia (um único remédio tratando as duas doenças).

Hipertensão (pressão alta)

Doxaneo é indicado para o tratamento da hipertensão e pode ser utilizado como agente inicial para o controle da pressão sanguínea na maioria dos pacientes. Em pacientes sem controle adequado com um único agente anti-hipertensivo, Doxaneo pode ser administrado em associação a outros medicamentos para pressão alta, tais como diuréticos tiazídicos, betabloqueadores antagonistas de cálcio ou agentes inibidores da enzima conversora de angiotensina. Seu médico prescreverá a melhor opção de tratamento para o seu caso.

Quais as contraindicações do Doxaneo?

Não tome Doxaneo se você:

  • <li>Tem alergia &#xE0; doxazosina, outros tipos de quinazolinas (como: prazosina ou terazosina) ou a qualquer outro componente deste medicamento;</li> <li>Est&#xE1; amamentando;</li> <li>Tem <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/prostata-aumentada/c" target="_blank">pr&#xF3;stata aumentada</a> (Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna) e press&#xE3;o baixa;</li> <li>Apresenta hist&#xF3;ria de uma condi&#xE7;&#xE3;o conhecida como &quot;hipotens&#xE3;o ortost&#xE1;tica&quot;, forma de press&#xE3;o baixa que faz voc&#xEA; se sentir tonto ou atordoado quando se levanta;</li> <li>Tem pr&#xF3;stata aumentada juntamente com uma das seguintes condi&#xE7;&#xF5;es: qualquer tipo de congest&#xE3;o ou bloqueio do trato urin&#xE1;rio, infec&#xE7;&#xE3;o cr&#xF4;nica do trato urin&#xE1;rio ou pedras na bexiga;</li> <li>Tiver <a href="https://minutosaudavel.com.br/incontinencia-urinaria/" rel="noopener" target="_blank">incontin&#xEA;ncia urin&#xE1;ria</a> por transbordamento (aus&#xEA;ncia de vontade de urinar) ou an&#xFA;ria (organismo n&#xE3;o produz urina) com ou sem problemas renais.</li>

Como usar o Doxaneo?

Você pode tomar Doxaneo tanto pela manhã quanto à noite, com quantidade suficiente de líquido para engolir o comprimido, com ou sem alimentos. Utilize o produto apenas pela via de administração indicada, ou seja, somente pela via oral. Este medicamento é de uso contínuo.

Hiperplasia Prostática Benigna

A dose inicial é de 1mg (meio comprimido de 2mg) administrado em dose única diária, a fim de diminuir a possível ocorrência de hipotensão postural e/ou desmaio.

Conforme a resposta individual do paciente, a dose pode ser aumentada após uma ou duas semanas de tratamento para 2mg, e assim a intervalos similares para 4mg e 8mg, sendo esta a dose máxima recomendada. O intervalo de dose usualmente recomendado é de 2 a 4mg diários.

Hipertensão

A dose total de doxazosina varia de 1 a 16mg diários. Recomenda-se uma dose inicial de 1mg (meio comprimido de 2mg) administrado em dose única diária por uma ou duas semanas.

Dependendo da resposta individual do paciente, a dose pode ser aumentada após uma ou duas semanas de tratamento para 2mg, e assim a intervalos similares para 4mg, 8mg e 16mg, até se obter a redução desejada da pressão. O intervalo de dose usualmente recomendado é de 2 a 4mg diários.

Uso em idosos

A mesma dose de Doxaneo recomendada para adultos jovens pode ser utilizada em idosos. A dosagem deve ser mantida tão baixo quanto possível e aumentos de dose devem ser feitos sob rigoroso acompanhamento médico.

Uso em pacientes com insuficiência renal

As doses usuais de Doxaneo podem ser administradas em pacientes com insuficiência renal.

Uso em pacientes com insuficiência hepática

Doxaneo deve ser administrado com cuidado em pacientes com insuficiência hepática.

Uso em crianças

Não use Doxaneo em crianças.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Este medicamento não deve ser mastigado.

Como o Doxaneo funciona?

A doxazosina, princípio ativo de Doxaneo, pertence à classe dos medicamentos chamados antihipertensivos (que diminuem a pressão sanguínea). Age relaxando os vasos sanguíneos permitindo que o sangue passe mais facilmente. A doxazosina também relaxa os músculos da próstata e do colo (parte mais inferior) da bexiga.

Quais cuidados devo ter ao usar o Doxaneo?

Fale com o seu médico antes de tomar Doxaneo se:

  • <li>Durante o in&#xED;cio do tratamento, sentir tonturas e fraqueza ou perda de consci&#xEA;ncia;</li> <li>Est&#xE1; fazendo uso de algum inibidor da 5-fosfodiesterase, tipo de medicamento utilizado para o tratamento da <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/disfuncao-eretil/c" target="_blank">Disfun&#xE7;&#xE3;o Er&#xE9;til</a>;</li> <li>Sofre de insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica (mau funcionamento do <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c" target="_blank">f&#xED;gado</a>);</li> <li>Tem estreitamento gastrintestinal grave (obstru&#xE7;&#xE3;o do est&#xF4;mago ou do intestino);</li> <li>Tem prevista uma cirurgia de <a href="https://minutosaudavel.com.br/catarata-o-que-e-tipos-sintomas-cirurgia-tem-cura/" rel="noopener" target="_blank">catarata</a> (nesse caso, informe seu oftalmologista antes da cirurgia, de que est&#xE1; ou esteve em tratamento com doxazosina);</li> <li>Tem alguma das seguintes doen&#xE7;as card&#xED;acas agudas: <a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-pulmonar-causas-sintomas-tratamento-tem-cura/" rel="noopener" target="_blank">edema pulmonar</a> devido &#xE0; estenose a&#xF3;rtica ou mitral, <a href="https://minutosaudavel.com.br/insuficiencia-cardiaca/" rel="noopener" target="_blank">insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca</a> de alto d&#xE9;bito, insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca direita devido a <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/embolia-pulmonar/c" target="_blank">embolia pulmonar</a> ou derrame peric&#xE1;rdio ou insufici&#xEA;ncia card&#xED;aca ventricular esquerda com baixa press&#xE3;o de enchimento.</li>

Doxaneo pode ser utilizado nas doses usuais mesmo que você tenha insuficiência renal (mau funcionamento dos rins).

Como este medicamento contém lactose, seu emprego não é recomendado em pacientes com doenças hereditárias raras de intolerância à galactose, deficiência de lactase de Lapp ou má absorção de glicose-galactose.

Ereções prolongadas e priapismo (ereção persistente e dolorosa do pênis) foram relatados com bloqueadores alfa-1, incluindo a doxazosina. No caso de uma ereção persistente por mais de 4 horas, procure assistência médica imediata. O priapismo quando não tratado imediatamente pode resultar em danos ao tecido do pênis e na perda permanente de potência.

Doxaneo não é indicado para uso em crianças.

Antes de iniciar o tratamento com Doxaneo, o seu médico pode realizar exames para descartar outras doenças, como o câncer de próstata, que pode causar os mesmos sintomas da hiperplasia prostática benigna (aumento da próstata).

Gravidez e amamentação

Doxaneo não é indicado durante a gravidez sem orientação médica e seu uso durante a amamentação é contraindicado. Avise ao seu médico ou cirurgião-dentista se você estiver amamentando ou vai iniciar amamentação durante o uso deste medicamento.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Direção de veículos e operação de máquinas

Não opere máquinas ou dirija veículos, especialmente no início do tratamento com Doxaneo. Sua habilidade para essas tarefas pode estar prejudicada.

A eficácia deste medicamento depende da capacidade funcional (como seu organismo está funcionando) do paciente.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Doxaneo?

Como todos os medicamentos, Doxaneo pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Efeitos secundários comuns (ocorrem entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Infec&#xE7;&#xF5;es do trato respirat&#xF3;rio, infec&#xE7;&#xF5;es do trato urin&#xE1;rio;</li> <li>Tonturas, <a href="https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/dor-de-cabeca-e-enxaqueca/c" target="_blank">dor de cabe&#xE7;a</a>, sonol&#xEA;ncia;</li> <li>Vertigens;</li> <li>Ppalpita&#xE7;&#xF5;es, taquicardia;</li> <li>Hipotens&#xE3;o, hipotens&#xE3;o postural;</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/bronquite/c" target="_blank">Bronquite</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/gripes-e-resfriados/tosse/c" target="_blank">tosse</a>, dispneia (dificuldade em respirar), <a href="https://minutosaudavel.com.br/rinite/" rel="noopener" target="_blank">rinite</a> (inflama&#xE7;&#xE3;o da mucosa nasal);</li> <li>Dor abdominal, <a href="https://minutosaudavel.com.br/dispepsia-indigestao-o-que-e-sintomas-remedios-e-tipos/" rel="noopener" target="_blank">dispepsia</a> (dificuldade na digest&#xE3;o), boca seca, n&#xE1;useas;</li> <li>Prurido;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/lombalgia/" rel="noopener" target="_blank">Dor lombar</a>, mialgia (dor muscular);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-urinario/cistite/c" target="_blank">Cistite</a> (inflama&#xE7;&#xE3;o da bexiga), incontin&#xEA;ncia urin&#xE1;ria;</li> <li>Impot&#xEA;ncia;</li> <li>Astenia (falta de for&#xE7;as), <a href="https://minutosaudavel.com.br/dor-no-peito/" rel="noopener" target="_blank">dor no peito</a>, sintomas do tipo gripais, <a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/" rel="noopener" target="_blank">edema</a> perif&#xE9;rico (incha&#xE7;o dos membros).</li>

Efeitos secundários incomuns (ocorrem entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Rea&#xE7;&#xE3;o medicamentosa al&#xE9;rgica;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/anorexia/" rel="noopener" target="_blank">Anorexia</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/doencas-dos-ossos/gota/c" target="_blank">gota</a>, aumento do apetite;</li> <li>Agita&#xE7;&#xE3;o, <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/ansiedade/c" target="_blank">ansiedade</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/depressao/" rel="noopener" target="_blank">depress&#xE3;o</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/insonia/c" target="_blank">ins&#xF4;nia</a>, nervosismo;</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/acidente-vascular-cerebral/c" target="_blank">Acidente vascular cerebral</a>, hipoestesia (diminui&#xE7;&#xE3;o da sensibilidade t&#xE1;til), s&#xED;ncope (perda de consci&#xEA;ncia), tremor;</li> <li>Acufenos (zumbidos);</li> <li><a href="https://consultaremedios.com.br/b/angina-peito" target="_blank"/><a href="https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/angina/c" target="_blank">Angina</a> de peito, <a href="https://minutosaudavel.com.br/infarto/" rel="noopener" target="_blank">infarto</a> do mioc&#xE1;rdio;</li> <li>Epistaxe (hemorragia nasal);</li> <li>Constipa&#xE7;&#xE3;o (<a href="https://minutosaudavel.com.br/prisao-de-ventre/" rel="noopener" target="_blank">pris&#xE3;o de ventre</a>), <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/diarreia/c" target="_blank">diarreia</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/gases/" rel="noopener" target="_blank">flatul&#xEA;ncia</a> (gases), <a href="https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/nauseas/c" target="_blank">v&#xF4;mitos</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/gastroenterite/" rel="noopener" target="_blank">gastroenterite</a>;</li> <li>Resultados anormais em testes da fun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica;</li> <li>Erup&#xE7;&#xE3;o na pele;</li> <li>Artralgia (dor articular);</li> <li>Dis&#xFA;ria (ardor/dor ao urinar), hemat&#xFA;ria (sangue na urina), aumento da frequ&#xEA;ncia de mic&#xE7;&#xE3;o;</li> <li>Dor, edema facial;</li> <li>Aumento de peso.</li>

Efeitos secundários raros (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>C&#xE3;ibras musculares, fraqueza muscular;</li> <li>Poli&#xFA;ria (aumento da quantidade de urina emitida em 24h);</li> <li>Obstru&#xE7;&#xE3;o gastrointestinal (somente para a concentra&#xE7;&#xE3;o de 4mg).</li>

Efeitos secundários muito raros (ocorrem em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

  • <li>Leucopenia, <a href="https://minutosaudavel.com.br/trombocitopenia/" rel="noopener" target="_blank">trombocitopenia</a>;</li> <li>Tonturas posturais, <a href="https://minutosaudavel.com.br/parestesia/" rel="noopener" target="_blank">parestesia</a> (sensa&#xE7;&#xE3;o de formigueiro e adormecimento dos membros);</li> <li>Vis&#xE3;o turva;</li> <li>Bradicardia, arritmias card&#xED;acas;</li> <li>Fogachos;</li> <li>Broncoespasmos;</li> <li>Colestase, <a href="https://consultaremedios.com.br/infectologia/hepatite/c" target="_blank">hepatite</a>, <a href="https://minutosaudavel.com.br/ictericia/" rel="noopener" target="_blank">icter&#xED;cia</a>;</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/urticaria/" rel="noopener" target="_blank">Urtic&#xE1;ria</a>, <a href="https://consultaremedios.com.br/saude-do-homem/queda-de-cabelo-e-calvicie/c" target="_blank">alopecia</a> (queda tempor&#xE1;ria, parcial ou geral, dos pelos ou dos <a href="https://consultaremedios.com.br/cuidados-pessoais/cabelos/c" target="_blank">cabelos</a>), <a href="https://minutosaudavel.com.br/purpura/" rel="noopener" target="_blank">p&#xFA;rpura</a> (manchas cut&#xE2;neas);</li> <li>Aumento da diurese, altera&#xE7;&#xE3;o na mic&#xE7;&#xE3;o, noct&#xFA;ria (vontade de urinar durante a noite);</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/ginecomastia/" rel="noopener" target="_blank">Ginecomastia</a>, priapismo (ere&#xE7;&#xE3;o prolongada);</li> <li><a href="https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-fadiga-muscular-cronica-adrenal-etc-e-como-tratar/" rel="noopener" target="_blank">Fadiga</a>, mal-estar.</li>

Efeitos secundários de frequência não conhecida (a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis)

  • <li>Complica&#xE7;&#xF5;es na cirurgia de catarata;</li> <li>Problemas na ejacula&#xE7;&#xE3;o (ejacula&#xE7;&#xE3;o retr&#xF3;grada.</li>

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Doxaneo?

Caso você esqueça-se de tomar Doxaneo no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento em dobro para compensar doses esquecidas. O esquecimento da dose pode comprometer a eficácia do tratamento.

Em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Doxaneo?

Cada comprimido de 2mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"text-align:center; width:541px\">Mesilato de doxazosina*</td> <td style=\"width:556px\"> <p style=\"text-align:center\">2,426mg</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:541px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes&amp;nbsp;q.s.p.</p> </td> <td style=\"width:556px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Equivalente a 2mg de doxazosina.

Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, dióxido de silício, amidoglicolato de sódio e estearato de magnésio.

Cada comprimido de 4mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:229px\"> <p style=\"text-align:center\">Mesilato de doxazosina*</p> </td> <td style=\"width:232px\"> <p style=\"text-align:center\">4,851mg</p> </td> </tr> <tr> <td style=\"width:229px\"> <p style=\"text-align:center\">Excipientes q.s.p.</p> </td> <td style=\"width:232px\"> <p style=\"text-align:center\">1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Equivalente a 4mg de doxazosina.

Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, dióxido de silício, amarelo crepúsculo laca de alumínio, amidoglicolato de sódio e estearato de magnésio.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Doxaneo maior do que a recomendada?

Se você tomar uma dose excessiva de Doxaneo pode ocorrer hipotensão e, nesse caso, você deve ficar na posição supina, ou seja, deitado com a face para cima e procurar o médico imediatamente.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Doxaneo com outros remédios?

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento para que ele possa avaliar se o seu medicamento pode interagir com Doxaneo.

Com o uso de Doxaneo, assim como outros medicamentos semelhantes a ele, alguns pacientes apresentaram hipotensão postural (queda da pressão quando da mudança de posição do corpo), que pode ser percebida pelo aparecimento de tontura, fraqueza e raramente desmaio, principalmente no início do uso do medicamento. Você deve perguntar ao seu médico como evitar esses sintomas e quais as medidas você deve tomar no caso deles aparecerem.

O uso de Doxaneo junto com inibidores da PDE-5 (5-fosfodiesterase, medicamentos para o tratamento de dificuldade de ereção) deve ser feito com cautela já que, em alguns pacientes, pode ocorrer hipotensão sintomática (queda da pressão arterial com sintomas).

Estudos in vitro (estudos de laboratório) indicam que a doxazosina não apresenta efeito sobre a ligação proteica da digoxina, varfarina, fenitoína ou indometacina. O mesilato de doxazosina sob a forma de comprimido simples foi administrado sem qualquer interação medicamentosa adversa nas experiências clínicas com diuréticos tiazídicos, furosemida, betabloqueadores, anti-inflamatórios não esteroides, antibióticos, hipoglicemiantes orais, agentes uricosúricos (que aumentam a excreção de ácido úrico) e anticoagulantes. No entanto, deve ser levado em consideração possibilidade de interação com outros fármacos ligados às proteínas.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Doxaneo (Mesilato de Doxazosina)?

Rsultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna</h3> <p>A Doxazosina demonstrou ser um bloqueador efetivo dos adrenoreceptores alfa-1 subtipo 1A, que por sua vez equivale a 70% dos subtipos existentes na pr&#xF3;stata. Isso explica sua a&#xE7;&#xE3;o em pacientes portadores de hiperplasia prost&#xE1;tica benigna (HPB).</p> <p>A Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; tem demonstrado efic&#xE1;cia e seguran&#xE7;a est&#xE1;veis em tratamentos prolongados de pacientes com HPB. Quando administrada nas doses recomendadas apresenta pequeno ou nenhum efeito sobre a press&#xE3;o sangu&#xED;nea de pacientes normotensos.</p> <p>Em um estudo cl&#xED;nico controlado em HPB, o tratamento com Doxazosina em pacientes com disfun&#xE7;&#xE3;o sexual foi associado a uma melhora da fun&#xE7;&#xE3;o sexual.</p> <p>Dados dispon&#xED;veis de dois estudos de efic&#xE1;cia (incluindo um total de 630 pacientes tratados com Doxazosina) indicaram que os pacientes controlados com comprimidos simples de Mesilato de Doxazosina 1 mg, 2 mg ou 4 mg ser&#xE3;o igualmente controlados com um comprimido de libera&#xE7;&#xE3;o controlada de Mesilato de Doxazosina.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Kirby, R. S., et al. &quot;A combined analysis of double&#x2010;blind trials of the efficacy and tolerability of doxazosin&#x2010;gastrointestinal therapeutic system, doxazosin standard and placebo in patients with benign prostatic hyperplasia.&quot; BJU international 87.3 (2001): 192-200.<br> 2. Sun, Guang-Huan, et al. &quot;Efficacy and safety of the doxazosin gastrointestinal therapeutic system for the treatment of benign prostate hyperplasia.&quot; The Kaohsiung journal of medical sciences 26.10 (2010): 532- 539.<br> 3. Aims, A. &quot;Clinical pharmacokinetics of doxazosin in a controlled-release gastrointestinal therapeutic system (GITS) formulation.&quot; (1999).<br> 4. Kirby, Roger S., Michael P. O&apos;Leary, and Culley Carson. &quot;Efficacy of extended&#x2010;release doxazosin and doxazosin standard in patients with concomitant benign prostatic hyperplasia and sexual dysfunction.&quot; BJU international 95.1 (2005): 103-109.</br></br></br></span></p> <h3>Hipertens&#xE3;o</h3> <p>O tratamento de indiv&#xED;duos com Doxazosina na forma de comprimidos simples para hipertens&#xE3;o pode ser substitu&#xED;do por Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada, cuja dose pode ser aumentada conforme a necessidade, mantendo a mesma efic&#xE1;cia e tolerabilidade.</p> <p>Ao contr&#xE1;rio dos agentes bloqueadores n&#xE3;o seletivos dos adrenoreceptores alfa, n&#xE3;o foi observada toler&#xE2;ncia na terapia prolongada com a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada. Eleva&#xE7;&#xF5;es na atividade da renina plasm&#xE1;tica e taquicardia foram raramente observadas na terapia de manuten&#xE7;&#xE3;o com Doxazosina.</p> <p>A Doxazosina produz efeitos favor&#xE1;veis sobre os l&#xED;pides plasm&#xE1;ticos, com uma eleva&#xE7;&#xE3;o significativa na rela&#xE7;&#xE3;o&amp;nbsp;lipoprote&#xED;na de alta densidade (HDL)/colesterol total e uma redu&#xE7;&#xE3;o tamb&#xE9;m significativa nos n&#xED;veis de triglic&#xE9;rides totais e <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/colesterol/c\" target=\"_blank\">colesterol</a> total. Portanto, a Doxazosina confere uma vantagem sobre diur&#xE9;ticos e agentes bloqueadores de adrenoreceptores beta, que afetam estes par&#xE2;metros de modo adverso. Com base na associa&#xE7;&#xE3;o estabelecida da hipertens&#xE3;o e l&#xED;pides plasm&#xE1;ticos com a doen&#xE7;a coronariana, os efeitos favor&#xE1;veis da terapia com Doxazosina na press&#xE3;o sangu&#xED;nea e nos l&#xED;pides indicam uma redu&#xE7;&#xE3;o no risco de desenvolvimento de doen&#xE7;a coronariana.</p> <p>O tratamento com Doxazosina mostrou ter resultado na regress&#xE3;o da hipertrofia ventricular esquerda, na inibi&#xE7;&#xE3;o da agrega&#xE7;&#xE3;o plaquet&#xE1;ria e no aumento da capacidade do ativador do plasminog&#xEA;nio tecidual. Al&#xE9;m disso, a Doxazosina melhora a sensibilidade &#xE0; insulina em pacientes com este tipo de comprometimento.</p> <p>A Doxazosina tem se mostrado desprovida de efeitos metab&#xF3;licos adversos e &#xE9; adequada para o uso em pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/asma/c\" target=\"_blank\">asma</a>, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/diabetes/c\" target=\"_blank\">diabetes</a>, portadores de disfun&#xE7;&#xE3;o ventricular esquerda, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/doencas-dos-ossos/gota/c\" target=\"_blank\">gota</a> e pacientes idosos.</p> <p>Um estudo <em>in vitro</em> demonstrou as propriedades antioxidantes dos metab&#xF3;litos 6&#x2019;- e 7&#x2019;-hidroxi da Doxazosina, em concentra&#xE7;&#xF5;es de 5 &#x3BC;M.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1. Grzeszczak, W. &quot;[Cardura XL--a unique drug formulation--doxazosine administered in a slow-release form (doxazosine GITS)].&quot; Przeglad lekarski 57.11 (1999): 643-654.<br> 2. Hermida, Ram&#xF3;n C., et al. &quot;Administration-time-dependent effects of doxazosin GITS on ambulatory blood pressure of hypertensive subjects.&quot; Chronobiology international 21.2 (2004): 277-296.<br> 3. Ingrid, O.S., Stokke, H.P.. &quot;Doxazosin GITS compared with doxazosin standard and placebo in patients with mild hypertension.&quot; Blood pressure 8.3 (1999): 184-191.<br> 4. Os, I. &quot;Comparison of doxazosin GITS and standard doxazosin in the treatment of high blood pressure.&quot; International Journal of Clinical Pharmacology &amp; Therapeutics 44.3 (2006).</br></br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h3> <h4>Hiperplasia Prost&#xE1;tica Benigna</h4> <p>A administra&#xE7;&#xE3;o de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; a pacientes com hiperplasia prost&#xE1;tica benigna (HPB) sintom&#xE1;tica resulta na melhora significativa nos sintomas e na urodin&#xE2;mica. Acredita-se que esse efeito no tratamento da HPB seja devido ao bloqueio seletivo dos adrenoreceptores alfa localizados na musculatura do estroma, na c&#xE1;psula da pr&#xF3;stata e no colo da bexiga.</p> <h4>Hipertens&#xE3;o</h4> <p>A administra&#xE7;&#xE3;o de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; a pacientes hipertensos causa uma redu&#xE7;&#xE3;o clinicamente significativa na press&#xE3;o sangu&#xED;nea como resultado da redu&#xE7;&#xE3;o da resist&#xEA;ncia vascular sist&#xEA;mica. Acredita-se que este efeito seja resultado do bloqueio seletivo dos adrenoreceptores alfa-1 localizados nos vasos sangu&#xED;neos. Com uma posologia de dose &#xFA;nica di&#xE1;ria, redu&#xE7;&#xF5;es clinicamente significativas na press&#xE3;o sangu&#xED;nea s&#xE3;o mantidas durante o dia e 24 horas ap&#xF3;s a dose. A maioria dos pacientes &#xE9; controlada com uma dose inicial de 4 mg de Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada. Nos pacientes com hipertens&#xE3;o, as redu&#xE7;&#xF5;es na press&#xE3;o sangu&#xED;nea durante o tratamento com Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; foram semelhantes tanto na posi&#xE7;&#xE3;o sentada quanto na posi&#xE7;&#xE3;o ereta.</p> <h3>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h3> <h4>Absor&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Ap&#xF3;s administra&#xE7;&#xE3;o oral de doses terap&#xEA;uticas, a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; &#xE9; bem absorvida com n&#xED;veis de pico plasm&#xE1;tico atingidos gradativamente ap&#xF3;s 8-9 horas da administra&#xE7;&#xE3;o. Os n&#xED;veis de pico plasm&#xE1;tico s&#xE3;o aproximadamente 1/3 dos observados com a administra&#xE7;&#xE3;o da mesma dose de Doxazosina sob a forma de comprimido simples. Os n&#xED;veis de vale em 24 horas s&#xE3;o, no entanto, semelhantes.</p> <p>As caracter&#xED;sticas farmacocin&#xE9;ticas da Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; resultaram em um perfil plasm&#xE1;tico mais suave.</p> <p>A rela&#xE7;&#xE3;o pico/vale da Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; &#xE9; menor que a metade da observada&amp;nbsp;com a Doxazosina sob a forma de comprimido simples.</p> <p>No estado de equil&#xED;brio (steady state), a biodisponibilidade relativa da Doxazosina sob a forma de comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada, comparada com a forma de comprimidos simples, foi de 54% para a dose de 4 mg e de 59% para a dose de 8 mg.</p> <p>Os estudos de farmacocin&#xE9;tica com a Doxazosina &#x2013; comprimidos de libera&#xE7;&#xE3;o controlada &#x2013; em idosos n&#xE3;o apresentaram altera&#xE7;&#xF5;es significativas em compara&#xE7;&#xE3;o aos pacientes mais jovens.</p> <h4>Biotransforma&#xE7;&#xE3;o e elimina&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>A elimina&#xE7;&#xE3;o plasm&#xE1;tica &#xE9; bif&#xE1;sica, com uma meia-vida de elimina&#xE7;&#xE3;o terminal de 22 horas, o que fornece a base para a administra&#xE7;&#xE3;o em dose &#xFA;nica di&#xE1;ria. A Doxazosina &#xE9; amplamente metabolizada e menos de 5% &#xE9; excretado como f&#xE1;rmaco inalterado.</p> <p>Os estudos farmacocin&#xE9;ticos com a Doxazosina sob a forma de comprimido simples em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal demonstraram n&#xE3;o apresentar altera&#xE7;&#xF5;es significativas em compara&#xE7;&#xE3;o aos pacientes com fun&#xE7;&#xE3;o renal normal.</p> <p>H&#xE1; apenas dados limitados em pacientes com insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica e sobre os efeitos dos f&#xE1;rmacos de influ&#xEA;ncia conhecida sobre o metabolismo hep&#xE1;tico (p. ex., <a href=\"https://consultaremedios.com.br/cimetidina/bula\" target=\"_blank\">cimetidina</a>). Em um estudo cl&#xED;nico com 12 indiv&#xED;duos com insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica moderada, a administra&#xE7;&#xE3;o de uma dose &#xFA;nica de Doxazosina resultou em um aumento de 43% na &#xE1;rea sob a curva (AUC) e uma redu&#xE7;&#xE3;o de 40% no <em>clearance </em>oral aparente. Assim como ocorre com qualquer outro f&#xE1;rmaco completamente metabolizado pelo f&#xED;gado, o uso de Doxazosina em pacientes com disfun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica deve ser feito cuidadosamente.</p> <p>Aproximadamente 98% da Doxazosina encontra-se ligada &#xE0;s prote&#xED;nas plasm&#xE1;ticas.</p> <p>A Doxazosina &#xE9; metabolizada primariamente por o-desmetila&#xE7;&#xE3;o e hidroxila&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>A Doxazosina &#xE9; extensivamente metabolizada no f&#xED;gado. Os estudos<em> in vitro</em> sugerem que a via principal para a elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; via CYP 3A4; no entanto, as vias metab&#xF3;licas CYP 2D6 e CYP 2C9 tamb&#xE9;m est&#xE3;o envolvidas para elimina&#xE7;&#xE3;o, mas em menor extens&#xE3;o.</p> <h3>Dados de seguran&#xE7;a pr&#xE9;-cl&#xED;nicos</h3> <h4>Carcinog&#xEA;nese</h4> <p>Administra&#xE7;&#xE3;o cr&#xF4;nica de Doxazosina na dieta (at&#xE9; 24 meses) na dose m&#xE1;xima tolerada de 40 mg/kg/dia para ratos e 120 mg/kg/dia para camundongos n&#xE3;o revelou evid&#xEA;ncias de potencial carcinog&#xEA;nico. As doses mais altas avaliadas em estudos com ratos e camundongos s&#xE3;o associados com AUCs (medida de exposi&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica) que s&#xE3;o 8 vezes e 4 vezes a AUC humana na dose de 16 mg/dia, respectivamente.</p> <h4>Mutag&#xEA;nese</h4> <p>Estudos de mutagenicidade n&#xE3;o revelaram efeitos relacionados ao f&#xE1;rmaco ou seus metab&#xF3;litos em n&#xED;vel cromoss&#xF4;mico ou subcromoss&#xF4;mico.</p> <h4>Altera&#xE7;&#xF5;es na fertilidade</h4> <p>Estudos em ratos mostraram redu&#xE7;&#xE3;o na fertilidade de machos tratados com Doxazosina em doses orais de 20 mg/kg/dia (mas n&#xE3;o com 5 ou 10 mg/kg/dia), cerca de 4 vezes a AUC humana na dose de 12 mg/dia. Este efeito foi revers&#xED;vel dentro de 2 semanas da retirada do f&#xE1;rmaco. N&#xE3;o h&#xE1; relatos de qualquer efeito de Doxazosina na fertilidade humana em homens.</p> <h4>Lacta&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Estudos em ratas lactantes recebendo uma dose oral &#xFA;nica de 1 mg/kg de [2- 14C]-Doxazosina indicam que a Doxazosina acumula no leite materno da rata com concentra&#xE7;&#xE3;o m&#xE1;xima de cerca de 20 vezes superior &#xE0; concentra&#xE7;&#xE3;o no plasma materno.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Doxaneo?

Conservar em temperatura ambiente (entre 15 e 30ºC). Proteger da luz e umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Doxaneo 2mg

Apresenta-se como comprimido circular, branco a creme, sulcado.

Doxaneo 4mg

Apresenta-se como comprimido circular, laranja claro, sulcado.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Doxaneo

Medicamento similar equivalente ao medicamento de referência.

Comprimido

Embalagem contendo 30 comprimidos de 2mg ou 4mg.

Via de administração: oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Doxaneo

Registro M.S. nº 1.5584.0516

Farm. Responsável:
Rodrigo Molinari Elias
CRF-GO nº 3.234

Registrado por:
Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 3 - Quadra 2- C - Módulo 01- B - DAIA - Anápolis - GO
CEP 75132-015
C.N.P.J.: 05.161.069/0001-10
Indústria Brasileira




Fabricado por:
Brainfarma Indústria Química e Farmacêutica S.A.
VPR 1 - Quadra 2- A - Módulo 4 - DAIA - Anápolis - GO
CEP 75132-020


SAC:
0800 97 99 900

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Brainfarma

© 2021 Medicamento Lab.