Chiesi Bamifix

600mg, caixa com 20 drágeas

Princípio ativo
:
Cloridrato De Bamifilina
Classe Terapêutica
:
Antiasmáticos/DPOC Xantínicos Sistêmicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Asma E Bronquite
Especialidade
:
Pneumologia

Bula do medicamento

Bamifix, para o que é indicado e para o que serve?

Este medicamento é indicado para alívio e tratamento de bronquite asmática, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) com um componente espástico (doença crônica dos pulmões que diminui a capacidade de respiração) e asma.

Quais as contraindicações do Bamifix?

Você não deve tomar Bamifix® se tiver alergia aos derivados xantínicos (como por exemplo, teofilina ou aminofilina) ou a algum dos componentes da fórmula.

Bamifix® 300 mg: Este medicamento é contraindicado para uso em crianças menores que 5 anos.

Bamifix® 600 mg: Este medicamento é contraindicado para uso em crianças.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes que já tiveram infarto agudo do miocárdio (coração).

Como usar o Bamifix?

As doses de Bamifix® variam de acordo com a doença tratada e a critério médico. Seu médico irá determinar sua dose e estabelecer a duração do seu tratamento. Os comprimidos de Bamifix® são de uso oral.

Crianças

  • <li>Acima de 5 anos e com capacidade de engolir comprimidos, devem tomar 1 comprimido de 300 mg, de 12 em 12 horas (pela manh&#xE3; e &#xE0; noite). A dose di&#xE1;ria <a href="https://consultaremedios.com.br/infantil/c" target="_blank">infantil</a> recomendada &#xE9; de 30 mg/kg/dia.</li>

Adultos

  • <li>Em geral, voc&#xEA; deve tomar 1 comprimido de 600 mg ou 2 comprimidos de 300 mg de 12 em 12 horas (pela manh&#xE3; e &#xE0; noite), antes das refei&#xE7;&#xF5;es.</li>

O limite diário poderá variar de 900 a 1.800 mg de bamifilina de acordo com a prescrição médica.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.&nbsp;Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Bamifix funciona?

Bamifix® contém cloridrado de bamifilina como substância ativa. O cloridrato de bamifilina tem uma ação sobre os brônquios semelhante à ação da substância teofilina, agindo sobre os músculos lisos, aliviando a broncoconstrição (redução na passagem de ar pelas vias aéreas) e melhorando a respiração.

A ação máxima do medicamento ocorre dentro de 1 a 2 horas após o uso. A ação prolongada da bamifilina possibilita o uso de apenas duas doses diárias.

Quais cuidados devo ter ao usar o Bamifix?

Você deve tomar Bamifix® com cuidado nos casos de insuficiência cardíaca severa (problemas cardíacos), hipertensão arterial (pressão alta) grave e não tratada, insuficiência hepática (do fígado) e renal (do rim), úlcera gástrica (do estômago) e hipertireoidismo (disfunção da tireoide).

Uso na gravidez

Em pesquisas foi evidenciado que a bamifilina não interfere na fertilidade, na gestação, no desenvolvimento do feto e no aleitamento. No entanto, aconselha-se como norma de precaução, evitar a administração do produto no primeiro trimestre da gravidez. Não foram observados casos de toxicidade ao bebê pelo uso da bamifilina durante a gravidez. Entretanto, por precaução não é aconselhado o uso do produto nos últimos dias da gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Atenção diabéticos: este medicamento contém sacarose.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Bamifix?

São raras as reações ao medicamento.

Raramente, foram observados casos de cefaleia (dor de cabeça) e gastralgia (dor de estômago). Doses maiores do que as indicadas podem causar náuseas (enjoo) e tremores das extremidades do corpo que desaparecem com a redução das doses administradas. Também foram relatadas reações alérgicas na pele tais como urticária, prurido, erupção cutânea, dermatite.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Bamifix?

Em geral, não são necessários cuidados especiais para a interrupção do tratamento.

Caso você se esqueça de tomar Bamifix® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

Em caso de dúvidas, procure a orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Bamifix?

Cada comprimido revestido de 300 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:249px\"> <p style=\"text-align:center\">Cloridrato de bamifilina</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:197px\">300 mg</td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:249px\">Excipientes q.s.p.</td> <td style=\"text-align:center; width:197px\"> <p>1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes: celulose microcristalina, manitol, estearato de magnésio, povidona, talco, dióxido de titânio, sacarose, cera de carnaúba.

Cada comprimido revestido de 600 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:242px\"> <p style=\"text-align:center\">Cloridrato de bamifilina</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:204px\">600 mg</td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:242px\">Excipientes q.s.p.</td> <td style=\"text-align:center; width:204px\"> <p>1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;celulose microcristalina, manitol, estearato de magnésio, povidona, talco, dióxido de titânio, sacarose, cera de carnaúba.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Bamifix maior do que a recomendada?

Se você usar acidentalmente uma quantidade em excesso de Bamifix® , procure imediatamente auxílio médico para iniciar a terapia de apoio para os sintomas.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Bamifix com outros remédios?

Não foram observadas interações com a bamifilina.

Medicamentos que contêm eritromicina, troleandomicina, lincomicina, clindamicina, alopurinol, cimetidina, vacinas contra gripe e propranolol podem aumentar os níveis de teofilina no sangue; fenitoína, anticonvulsivantes e tabagismo podem diminuir os níveis de teofilina no sangue. Porém, não é conhecido o comportamento com a bamifilina.

O produto não deve ser administrado concomitantemente com outras xantinas (teofilina, aminofilina etc). Deve ser utilizada com cautela a associação com efedrina ou com outros broncodilatadores simpaticomiméticos.

A bamifilina apresenta propriedades broncoespasmolíticas (ação contra a contração da musculatura lisa do brônquio) e, portanto, potencializa a ação dos fármacos beta-simpaticomiméticos [são substâncias que imitam os efeitos do hormônio epinefrina (adrenalina) e do hormônio/neurotransmissor norepinefrina (noradrenalina)].

Bamifix® pode ser associado aos corticosteroides, estrofantina K, digitálicos e antibióticos (o efeito da estrofantina K e dos digitálicos é aumentado pelas metilxantinas).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Bamifix (Cloridrato de Bamifilina)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <p>Numerosos estudos cl&#xED;nicos j&#xE1; verificaram o efeito broncodilatador da teofilina no tratamento sintom&#xE1;tico das obstru&#xE7;&#xF5;es &#x201C;revers&#xED;veis&#x201D; das vias respirat&#xF3;rias, termo usado para indicar grande parte das broncopneumopatias cr&#xF4;nicas obstrutivas. Com o uso do derivado xant&#xED;nico (teofilina), foram documentadas amplas oscila&#xE7;&#xF5;es de <em>clearance </em>inter e intrassubjetivos e numerosas intera&#xE7;&#xF5;es farmacol&#xF3;gicas (com antibi&#xF3;ticos, barbit&#xFA;ricos, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/b/contraceptivos-orais\" target=\"_blank\">contraceptivos orais</a>, etc). A introdu&#xE7;&#xE3;o de um novo derivado xant&#xED;nico, o Cloridrato de Bamifilina, permitiu evitar muitos dos inconvenientes provocados pela terapia teofil&#xED;nica sem alterar suas caracter&#xED;sticas terap&#xEA;uticas, mas, ao contr&#xE1;rio, exaltando a efic&#xE1;cia antibroncoesp&#xE1;stica. As caracter&#xED;sticas moleculares do Cloridrato de Bamifilina impedem o ataque aos sistemas enzim&#xE1;ticos microssomais hep&#xE1;ticos e por isso ela n&#xE3;o &#xE9; suscet&#xED;vel aos processos de indu&#xE7;&#xE3;o e inibi&#xE7;&#xE3;o farmacol&#xF3;gica e diet&#xE9;tica.<sup>3</sup></p> <p>O Cloridrato de Bamifilina possui uma atividade similar &#xE0; da teofilina, por&#xE9;m com uma faixa terap&#xEA;utica mais ampla e uma maior capacidade de difus&#xE3;o tecidual. Ela se diferencia da teofilina pela presen&#xE7;a de dois radicais org&#xE2;nicos nas posi&#xE7;&#xF5;es 7 e 8 do grupo imidaz&#xF3;lico da xantina, o que a torna altamente lipossol&#xFA;vel e, portanto, facilmente difus&#xED;vel no compartimento extravascular. O volume de distribui&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina &#xE9; 30 vezes superior ao da teofilina.<sup>2</sup></p> <p>A dose usual recomendada &#xE9; de 600 mg para ser administrada duas vezes ao dia porque, com base nas caracter&#xED;sticas farmacocin&#xE9;ticas conhecidas do princ&#xED;pio ativo, nessa administra&#xE7;&#xE3;o &#xE9; poss&#xED;vel obter n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos adequados para assegurar efic&#xE1;cia terap&#xEA;utica em um per&#xED;odo de 24 horas.<sup>1</sup></p> <p>Com o objetivo de avaliar a sua efic&#xE1;cia e tolerabilidade, foi realizado um estudo em 20 pacientes portadores de DPOC. A resposta cl&#xED;nica e funcional foram analisadas antes e ap&#xF3;s a ingest&#xE3;o de 600 mg de Cloridrato de Bamifilina de 12 em 12 horas. Onze (58%) de 19 pacientes apresentaram uma resposta cl&#xED;nica favor&#xE1;vel. Os par&#xE2;metros espirom&#xE9;tricos mantiveram-se inalterados ao final de 15 dias de estudo. Apenas um paciente (5%) apresentou efeito adverso. Estes resultados mostram que o Cloridrato de Bamifilina &#xE9; uma droga eficaz e bem tolerada. <sup>2</sup></p> <p>Foi realizado um estudo multic&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo envolvendo 3109 pacientes (18-65 anos) com DPOC, selecionados de 320 centros ambulatoriais de forma a incluir as regi&#xF5;es central, norte e sul da It&#xE1;lia. Eles foram tratados com 1 comprimido de 600 mg de Cloridrato de Bamifilina duas vezes ao dia ap&#xF3;s as refei&#xE7;&#xF5;es, por um per&#xED;odo m&#xED;nimo de 30 dias, por&#xE9;m sem limites para a dura&#xE7;&#xE3;o da terapia, uma vez que isto depende do tipo da patologia obstrutiva.<sup>1</sup></p> <p>A efic&#xE1;cia foi avaliada com base na evolu&#xE7;&#xE3;o dos sintomas cl&#xED;nicos e das modifica&#xE7;&#xF5;es no consumo basal de estimulantes &#x3B2;-2 e/ou corticosteroides. Os resultados mostraram que o medicamento possui boa efic&#xE1;cia e n&#xE3;o foram observadas diferen&#xE7;as entre os v&#xE1;rios subgrupos de diagn&#xF3;stico, embora tenha havido melhora estat&#xED;stica mais evidente nos pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/b/bronquite-cronica\" target=\"_blank\">bronquite cr&#xF4;nica</a>.<sup>1 </sup></p> <p>A tolerabilidade ao medicamento foi boa e n&#xE3;o houve ocorr&#xEA;ncia de efeitos colaterais em 86,1% dos pacientes. Quanto a rea&#xE7;&#xF5;es adversas em n&#xED;vel cardiocirculat&#xF3;rio e SNC, suas menores porcentagens (1,6% e 1,8%, respectivamente), quando comparadas &#xE0;s da teofilina, comprovam a melhor tolerabilidade do Cloridrato de Bamifilina.<sup>1</sup></p> <p>Em estudo multic&#xEA;ntrico realizado para avaliar a efic&#xE1;cia e a tolerabilidade do Cloridrato de Bamifilina, foram recrutados 524 pacientes portadores de <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/asma/c\" target=\"_blank\">asma</a> br&#xF4;nquica e bronquite cr&#xF4;nica. Todos os pacientes foram tratados com Cloridrato de Bamifilina, na posologia de 600 mg duas vezes ao dia por aproximadamente 6 meses. As observa&#xE7;&#xF5;es cl&#xED;nicas (dispneia diurna, dispneia noturna, dispneia de esfor&#xE7;o, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/gripes-e-resfriados/tosse/c\" target=\"_blank\">tosse</a>, expectora&#xE7;&#xE3;o) e os par&#xE2;metros da fun&#xE7;&#xE3;o respirat&#xF3;ria (CVF, VEF1, PVFE) foram avaliados, respectivamente, antes do in&#xED;cio do tratamento e, sucessivamente, ap&#xF3;s 7 dias, 3 meses e ao t&#xE9;rmino da terapia.<sup>3 </sup></p> <p>Os resultados indicaram um progressivo e cont&#xED;nuo aumento do calibre das vias a&#xE9;reas desde as primeiras administra&#xE7;&#xF5;es do f&#xE1;rmaco. Houve um efeito favor&#xE1;vel de grande import&#xE2;ncia sobre os fluxos a&#xE9;reos, documentado pelo aumento significativo dos valores do CVF (p &lt; 0,01), VEF1 (p &lt; 0,01), PVFE (p &lt; 0,01) no 3&#xBA; e 6&#xBA; m&#xEA;s de terapia nos asm&#xE1;ticos e analogamente nos pacientes com bronquite cr&#xF4;nica.<sup>3</sup></p> <p>Em ambas as patologias examinadas, registrou-se um resultado clinicamente e funcionalmente apreci&#xE1;vel. O f&#xE1;rmaco foi em geral bem tolerado. Os efeitos colaterais observados atingiram 3,7% dos pacientes. Neste estudo, o Cloridrato de Bamifilina demonstrou ser um &#xFA;til auxiliar terap&#xEA;utico no tratamento do broncoespasmo de pacientes portadores de asma br&#xF4;nquica e bronquite cr&#xF4;nica. <sup>3</sup></p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1 - CATENA E. et al. Evaluation of the risk/benefit ratio of bamifylline in the treatment of chronic obstructive lung disease. Ital J Chest Dis, v. 42, pp.419-426, 1988.<br> 2 - CUKIER A. et al. Avalia&#xE7;&#xE3;o da efic&#xE1;cia e tolerabilidade da bamifilina em pacientes portadores de doen&#xE7;a pulmonar obstrutiva cr&#xF4;nica est&#xE1;vel. Rev Bras Med, v. 51, pp. 598-602, 1994.<br> 3 - VAGLIASINDI M.; CARNIMEO N. et al. Bamiphylline for bronchial asthma and chronic bronchitis: A multicentric study. Eur Rev Med Pharmacol Sci, v. 11, pp.439-446, 1989.</br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <p>Cloridrato de Bamifilina&amp;nbsp;cont&#xE9;m como subst&#xE2;ncia ativa, o Cloridrato de Bamifilina, um derivado metilxant&#xED;nico com duas cadeias qu&#xED;micas laterais nas posi&#xE7;&#xF5;es 7 e 8, o que acarreta marcantes diferen&#xE7;as em rela&#xE7;&#xE3;o &#xE0; teofilina.</p> <p>O Cloridrato de Bamifilina apresenta uma a&#xE7;&#xE3;o broncoespasmol&#xED;tica sobre a musculatura lisa e bloqueia, tamb&#xE9;m, a a&#xE7;&#xE3;o dos mediadores qu&#xED;micos da broncoconstri&#xE7;&#xE3;o. A intensidade da sua a&#xE7;&#xE3;o broncoespasmol&#xED;tica &#xE9; igual a da teofilina. Diferentemente da teofilina, o Cloridrato de Bamifilina n&#xE3;o apresenta efeitos estimulantes sobre o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/c\" target=\"_blank\">sistema nervoso central</a> e card&#xED;aco conforme demonstram os estudos cl&#xED;nicos e experimentais.</p> <p>A absor&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina por via oral &#xE9; r&#xE1;pida, atingindo o maior n&#xED;vel plasm&#xE1;tico (pico) entre a primeira e a segunda hora. Sua difus&#xE3;o para o compartimento extravascular &#xE9; elevada, com um volume de distribui&#xE7;&#xE3;o pr&#xF3;ximo a 1000 L. Em seguida, ela &#xE9; rapidamente metabolizada, fornecendo 3 metab&#xF3;litos farmacologicamente ativos e que se caracterizam por apresentar n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos prolongados. Esta atividade prolongada do f&#xE1;rmaco possibilita a administra&#xE7;&#xE3;o de apenas duas doses di&#xE1;rias. A meia vida de elimina&#xE7;&#xE3;o final do Cloridrato de Bamifilina &#xE9; de 17,5 horas e a excre&#xE7;&#xE3;o &#xE9; predominantemente urin&#xE1;ria.</p> <p>O Cloridrato de Bamifilina apresenta um elevado &#xED;ndice terap&#xEA;utico, gra&#xE7;as ao amplo intervalo entre os n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos m&#xED;nimos ativos e m&#xE1;ximos tolerados (0,18 e 20 mcg/ml, respectivamente). A administra&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina duas vezes ao dia proporciona no prazo de tr&#xEA;s a cinco dias, n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos est&#xE1;veis, tanto do Cloridrato de Bamifilina, como dos metab&#xF3;litos com a&#xE7;&#xE3;o superior &#xE0; pr&#xF3;pria subst&#xE2;ncia ativa.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Bamifix?

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Bamifix®&nbsp;300 mg

Os comprimidos revestidos de Bamifix® de 300 mg têm formato arredondado, sem cheiro e cor branca.

Bamifix®&nbsp;600 mg

Os comprimidos revestidos de Bamifix® de 600 mg têm formato ovalado, sem cheiro e cor branca.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Bamifix

Comprimido revestido (300 mg)

Cartuchos com 20 comprimidos revestidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Uso pediátrico acima de 5 anos.

Comprimido revestido (600 mg)

Cartuchos com 20 comprimidos revestidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Bamifix

MS.: 1.0058.0055

Farm. Resp.:
Dra. C.M.H.Nakazaki
CRF-SP nº&nbsp;12.448

Chiesi&nbsp;Farmacêutica Ltda.
Uma empresa do Grupo Chiesi Farmaceutici S.p.A.
Rua Dr. Giacomo Chiesi nº&nbsp;151 - Estrada dos Romeiros km 39,2
Santana de Parnaíba - SP
CNPJ nº&nbsp;61.363.032/0001-46
Indústria Brasileira&nbsp;




® Marca Registrada.

SAC:
0800 114525

Venda sob prescrição médica.

300mg, caixa com 20 drágeas

Princípio ativo
:
Cloridrato De Bamifilina
Classe Terapêutica
:
Antiasmáticos/DPOC Xantínicos Sistêmicos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Asma E Bronquite
Especialidade
:
Pneumologia

Bula do medicamento

Bamifix, para o que é indicado e para o que serve?

Este medicamento é indicado para alívio e tratamento de bronquite asmática, doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) com um componente espástico (doença crônica dos pulmões que diminui a capacidade de respiração) e asma.

Quais as contraindicações do Bamifix?

Você não deve tomar Bamifix® se tiver alergia aos derivados xantínicos (como por exemplo, teofilina ou aminofilina) ou a algum dos componentes da fórmula.

Bamifix® 300 mg: Este medicamento é contraindicado para uso em crianças menores que 5 anos.

Bamifix® 600 mg: Este medicamento é contraindicado para uso em crianças.

Este medicamento é contraindicado para uso por pacientes que já tiveram infarto agudo do miocárdio (coração).

Como usar o Bamifix?

As doses de Bamifix® variam de acordo com a doença tratada e a critério médico. Seu médico irá determinar sua dose e estabelecer a duração do seu tratamento. Os comprimidos de Bamifix® são de uso oral.

Crianças

  • <li>Acima de 5 anos e com capacidade de engolir comprimidos, devem tomar 1 comprimido de 300 mg, de 12 em 12 horas (pela manh&#xE3; e &#xE0; noite). A dose di&#xE1;ria <a href="https://consultaremedios.com.br/infantil/c" target="_blank">infantil</a> recomendada &#xE9; de 30 mg/kg/dia.</li>

Adultos

  • <li>Em geral, voc&#xEA; deve tomar 1 comprimido de 600 mg ou 2 comprimidos de 300 mg de 12 em 12 horas (pela manh&#xE3; e &#xE0; noite), antes das refei&#xE7;&#xF5;es.</li>

O limite diário poderá variar de 900 a 1.800 mg de bamifilina de acordo com a prescrição médica.

Siga a orientação de seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.&nbsp;Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Como o Bamifix funciona?

Bamifix® contém cloridrado de bamifilina como substância ativa. O cloridrato de bamifilina tem uma ação sobre os brônquios semelhante à ação da substância teofilina, agindo sobre os músculos lisos, aliviando a broncoconstrição (redução na passagem de ar pelas vias aéreas) e melhorando a respiração.

A ação máxima do medicamento ocorre dentro de 1 a 2 horas após o uso. A ação prolongada da bamifilina possibilita o uso de apenas duas doses diárias.

Quais cuidados devo ter ao usar o Bamifix?

Você deve tomar Bamifix® com cuidado nos casos de insuficiência cardíaca severa (problemas cardíacos), hipertensão arterial (pressão alta) grave e não tratada, insuficiência hepática (do fígado) e renal (do rim), úlcera gástrica (do estômago) e hipertireoidismo (disfunção da tireoide).

Uso na gravidez

Em pesquisas foi evidenciado que a bamifilina não interfere na fertilidade, na gestação, no desenvolvimento do feto e no aleitamento. No entanto, aconselha-se como norma de precaução, evitar a administração do produto no primeiro trimestre da gravidez. Não foram observados casos de toxicidade ao bebê pelo uso da bamifilina durante a gravidez. Entretanto, por precaução não é aconselhado o uso do produto nos últimos dias da gravidez.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Atenção diabéticos: este medicamento contém sacarose.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Bamifix?

São raras as reações ao medicamento.

Raramente, foram observados casos de cefaleia (dor de cabeça) e gastralgia (dor de estômago). Doses maiores do que as indicadas podem causar náuseas (enjoo) e tremores das extremidades do corpo que desaparecem com a redução das doses administradas. Também foram relatadas reações alérgicas na pele tais como urticária, prurido, erupção cutânea, dermatite.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

O que eu devo fazer quando esquecer de usar o Bamifix?

Em geral, não são necessários cuidados especiais para a interrupção do tratamento.

Caso você se esqueça de tomar Bamifix® no horário estabelecido pelo seu médico, tome-o assim que lembrar. Entretanto, se já estiver perto do horário de tomar a próxima dose, pule a dose esquecida e tome a próxima, continuando normalmente o esquema de doses recomendado pelo seu médico. Neste caso, não tome o medicamento duas vezes para compensar doses esquecidas.

Em caso de dúvidas, procure a orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Qual a composição do Bamifix?

Cada comprimido revestido de 300 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:249px\"> <p style=\"text-align:center\">Cloridrato de bamifilina</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:197px\">300 mg</td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:249px\">Excipientes q.s.p.</td> <td style=\"text-align:center; width:197px\"> <p>1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes: celulose microcristalina, manitol, estearato de magnésio, povidona, talco, dióxido de titânio, sacarose, cera de carnaúba.

Cada comprimido revestido de 600 mg contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td style=\"width:242px\"> <p style=\"text-align:center\">Cloridrato de bamifilina</p> </td> <td style=\"text-align:center; width:204px\">600 mg</td> </tr> <tr> <td style=\"text-align:center; width:242px\">Excipientes q.s.p.</td> <td style=\"text-align:center; width:204px\"> <p>1 comprimido</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

Excipientes:&nbsp;celulose microcristalina, manitol, estearato de magnésio, povidona, talco, dióxido de titânio, sacarose, cera de carnaúba.

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Bamifix maior do que a recomendada?

Se você usar acidentalmente uma quantidade em excesso de Bamifix® , procure imediatamente auxílio médico para iniciar a terapia de apoio para os sintomas.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Bamifix com outros remédios?

Não foram observadas interações com a bamifilina.

Medicamentos que contêm eritromicina, troleandomicina, lincomicina, clindamicina, alopurinol, cimetidina, vacinas contra gripe e propranolol podem aumentar os níveis de teofilina no sangue; fenitoína, anticonvulsivantes e tabagismo podem diminuir os níveis de teofilina no sangue. Porém, não é conhecido o comportamento com a bamifilina.

O produto não deve ser administrado concomitantemente com outras xantinas (teofilina, aminofilina etc). Deve ser utilizada com cautela a associação com efedrina ou com outros broncodilatadores simpaticomiméticos.

A bamifilina apresenta propriedades broncoespasmolíticas (ação contra a contração da musculatura lisa do brônquio) e, portanto, potencializa a ação dos fármacos beta-simpaticomiméticos [são substâncias que imitam os efeitos do hormônio epinefrina (adrenalina) e do hormônio/neurotransmissor norepinefrina (noradrenalina)].

Bamifix® pode ser associado aos corticosteroides, estrofantina K, digitálicos e antibióticos (o efeito da estrofantina K e dos digitálicos é aumentado pelas metilxantinas).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Bamifix (Cloridrato de Bamifilina)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <p>Numerosos estudos cl&#xED;nicos j&#xE1; verificaram o efeito broncodilatador da teofilina no tratamento sintom&#xE1;tico das obstru&#xE7;&#xF5;es &#x201C;revers&#xED;veis&#x201D; das vias respirat&#xF3;rias, termo usado para indicar grande parte das broncopneumopatias cr&#xF4;nicas obstrutivas. Com o uso do derivado xant&#xED;nico (teofilina), foram documentadas amplas oscila&#xE7;&#xF5;es de <em>clearance </em>inter e intrassubjetivos e numerosas intera&#xE7;&#xF5;es farmacol&#xF3;gicas (com antibi&#xF3;ticos, barbit&#xFA;ricos, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/b/contraceptivos-orais\" target=\"_blank\">contraceptivos orais</a>, etc). A introdu&#xE7;&#xE3;o de um novo derivado xant&#xED;nico, o Cloridrato de Bamifilina, permitiu evitar muitos dos inconvenientes provocados pela terapia teofil&#xED;nica sem alterar suas caracter&#xED;sticas terap&#xEA;uticas, mas, ao contr&#xE1;rio, exaltando a efic&#xE1;cia antibroncoesp&#xE1;stica. As caracter&#xED;sticas moleculares do Cloridrato de Bamifilina impedem o ataque aos sistemas enzim&#xE1;ticos microssomais hep&#xE1;ticos e por isso ela n&#xE3;o &#xE9; suscet&#xED;vel aos processos de indu&#xE7;&#xE3;o e inibi&#xE7;&#xE3;o farmacol&#xF3;gica e diet&#xE9;tica.<sup>3</sup></p> <p>O Cloridrato de Bamifilina possui uma atividade similar &#xE0; da teofilina, por&#xE9;m com uma faixa terap&#xEA;utica mais ampla e uma maior capacidade de difus&#xE3;o tecidual. Ela se diferencia da teofilina pela presen&#xE7;a de dois radicais org&#xE2;nicos nas posi&#xE7;&#xF5;es 7 e 8 do grupo imidaz&#xF3;lico da xantina, o que a torna altamente lipossol&#xFA;vel e, portanto, facilmente difus&#xED;vel no compartimento extravascular. O volume de distribui&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina &#xE9; 30 vezes superior ao da teofilina.<sup>2</sup></p> <p>A dose usual recomendada &#xE9; de 600 mg para ser administrada duas vezes ao dia porque, com base nas caracter&#xED;sticas farmacocin&#xE9;ticas conhecidas do princ&#xED;pio ativo, nessa administra&#xE7;&#xE3;o &#xE9; poss&#xED;vel obter n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos adequados para assegurar efic&#xE1;cia terap&#xEA;utica em um per&#xED;odo de 24 horas.<sup>1</sup></p> <p>Com o objetivo de avaliar a sua efic&#xE1;cia e tolerabilidade, foi realizado um estudo em 20 pacientes portadores de DPOC. A resposta cl&#xED;nica e funcional foram analisadas antes e ap&#xF3;s a ingest&#xE3;o de 600 mg de Cloridrato de Bamifilina de 12 em 12 horas. Onze (58%) de 19 pacientes apresentaram uma resposta cl&#xED;nica favor&#xE1;vel. Os par&#xE2;metros espirom&#xE9;tricos mantiveram-se inalterados ao final de 15 dias de estudo. Apenas um paciente (5%) apresentou efeito adverso. Estes resultados mostram que o Cloridrato de Bamifilina &#xE9; uma droga eficaz e bem tolerada. <sup>2</sup></p> <p>Foi realizado um estudo multic&#xEA;ntrico, aberto e n&#xE3;o comparativo envolvendo 3109 pacientes (18-65 anos) com DPOC, selecionados de 320 centros ambulatoriais de forma a incluir as regi&#xF5;es central, norte e sul da It&#xE1;lia. Eles foram tratados com 1 comprimido de 600 mg de Cloridrato de Bamifilina duas vezes ao dia ap&#xF3;s as refei&#xE7;&#xF5;es, por um per&#xED;odo m&#xED;nimo de 30 dias, por&#xE9;m sem limites para a dura&#xE7;&#xE3;o da terapia, uma vez que isto depende do tipo da patologia obstrutiva.<sup>1</sup></p> <p>A efic&#xE1;cia foi avaliada com base na evolu&#xE7;&#xE3;o dos sintomas cl&#xED;nicos e das modifica&#xE7;&#xF5;es no consumo basal de estimulantes &#x3B2;-2 e/ou corticosteroides. Os resultados mostraram que o medicamento possui boa efic&#xE1;cia e n&#xE3;o foram observadas diferen&#xE7;as entre os v&#xE1;rios subgrupos de diagn&#xF3;stico, embora tenha havido melhora estat&#xED;stica mais evidente nos pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/b/bronquite-cronica\" target=\"_blank\">bronquite cr&#xF4;nica</a>.<sup>1 </sup></p> <p>A tolerabilidade ao medicamento foi boa e n&#xE3;o houve ocorr&#xEA;ncia de efeitos colaterais em 86,1% dos pacientes. Quanto a rea&#xE7;&#xF5;es adversas em n&#xED;vel cardiocirculat&#xF3;rio e SNC, suas menores porcentagens (1,6% e 1,8%, respectivamente), quando comparadas &#xE0;s da teofilina, comprovam a melhor tolerabilidade do Cloridrato de Bamifilina.<sup>1</sup></p> <p>Em estudo multic&#xEA;ntrico realizado para avaliar a efic&#xE1;cia e a tolerabilidade do Cloridrato de Bamifilina, foram recrutados 524 pacientes portadores de <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/asma/c\" target=\"_blank\">asma</a> br&#xF4;nquica e bronquite cr&#xF4;nica. Todos os pacientes foram tratados com Cloridrato de Bamifilina, na posologia de 600 mg duas vezes ao dia por aproximadamente 6 meses. As observa&#xE7;&#xF5;es cl&#xED;nicas (dispneia diurna, dispneia noturna, dispneia de esfor&#xE7;o, <a href=\"https://consultaremedios.com.br/gripes-e-resfriados/tosse/c\" target=\"_blank\">tosse</a>, expectora&#xE7;&#xE3;o) e os par&#xE2;metros da fun&#xE7;&#xE3;o respirat&#xF3;ria (CVF, VEF1, PVFE) foram avaliados, respectivamente, antes do in&#xED;cio do tratamento e, sucessivamente, ap&#xF3;s 7 dias, 3 meses e ao t&#xE9;rmino da terapia.<sup>3 </sup></p> <p>Os resultados indicaram um progressivo e cont&#xED;nuo aumento do calibre das vias a&#xE9;reas desde as primeiras administra&#xE7;&#xF5;es do f&#xE1;rmaco. Houve um efeito favor&#xE1;vel de grande import&#xE2;ncia sobre os fluxos a&#xE9;reos, documentado pelo aumento significativo dos valores do CVF (p &lt; 0,01), VEF1 (p &lt; 0,01), PVFE (p &lt; 0,01) no 3&#xBA; e 6&#xBA; m&#xEA;s de terapia nos asm&#xE1;ticos e analogamente nos pacientes com bronquite cr&#xF4;nica.<sup>3</sup></p> <p>Em ambas as patologias examinadas, registrou-se um resultado clinicamente e funcionalmente apreci&#xE1;vel. O f&#xE1;rmaco foi em geral bem tolerado. Os efeitos colaterais observados atingiram 3,7% dos pacientes. Neste estudo, o Cloridrato de Bamifilina demonstrou ser um &#xFA;til auxiliar terap&#xEA;utico no tratamento do broncoespasmo de pacientes portadores de asma br&#xF4;nquica e bronquite cr&#xF4;nica. <sup>3</sup></p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">1 - CATENA E. et al. Evaluation of the risk/benefit ratio of bamifylline in the treatment of chronic obstructive lung disease. Ital J Chest Dis, v. 42, pp.419-426, 1988.<br> 2 - CUKIER A. et al. Avalia&#xE7;&#xE3;o da efic&#xE1;cia e tolerabilidade da bamifilina em pacientes portadores de doen&#xE7;a pulmonar obstrutiva cr&#xF4;nica est&#xE1;vel. Rev Bras Med, v. 51, pp. 598-602, 1994.<br> 3 - VAGLIASINDI M.; CARNIMEO N. et al. Bamiphylline for bronchial asthma and chronic bronchitis: A multicentric study. Eur Rev Med Pharmacol Sci, v. 11, pp.439-446, 1989.</br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <p>Cloridrato de Bamifilina&amp;nbsp;cont&#xE9;m como subst&#xE2;ncia ativa, o Cloridrato de Bamifilina, um derivado metilxant&#xED;nico com duas cadeias qu&#xED;micas laterais nas posi&#xE7;&#xF5;es 7 e 8, o que acarreta marcantes diferen&#xE7;as em rela&#xE7;&#xE3;o &#xE0; teofilina.</p> <p>O Cloridrato de Bamifilina apresenta uma a&#xE7;&#xE3;o broncoespasmol&#xED;tica sobre a musculatura lisa e bloqueia, tamb&#xE9;m, a a&#xE7;&#xE3;o dos mediadores qu&#xED;micos da broncoconstri&#xE7;&#xE3;o. A intensidade da sua a&#xE7;&#xE3;o broncoespasmol&#xED;tica &#xE9; igual a da teofilina. Diferentemente da teofilina, o Cloridrato de Bamifilina n&#xE3;o apresenta efeitos estimulantes sobre o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-nervoso-central/c\" target=\"_blank\">sistema nervoso central</a> e card&#xED;aco conforme demonstram os estudos cl&#xED;nicos e experimentais.</p> <p>A absor&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina por via oral &#xE9; r&#xE1;pida, atingindo o maior n&#xED;vel plasm&#xE1;tico (pico) entre a primeira e a segunda hora. Sua difus&#xE3;o para o compartimento extravascular &#xE9; elevada, com um volume de distribui&#xE7;&#xE3;o pr&#xF3;ximo a 1000 L. Em seguida, ela &#xE9; rapidamente metabolizada, fornecendo 3 metab&#xF3;litos farmacologicamente ativos e que se caracterizam por apresentar n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos prolongados. Esta atividade prolongada do f&#xE1;rmaco possibilita a administra&#xE7;&#xE3;o de apenas duas doses di&#xE1;rias. A meia vida de elimina&#xE7;&#xE3;o final do Cloridrato de Bamifilina &#xE9; de 17,5 horas e a excre&#xE7;&#xE3;o &#xE9; predominantemente urin&#xE1;ria.</p> <p>O Cloridrato de Bamifilina apresenta um elevado &#xED;ndice terap&#xEA;utico, gra&#xE7;as ao amplo intervalo entre os n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos m&#xED;nimos ativos e m&#xE1;ximos tolerados (0,18 e 20 mcg/ml, respectivamente). A administra&#xE7;&#xE3;o do Cloridrato de Bamifilina duas vezes ao dia proporciona no prazo de tr&#xEA;s a cinco dias, n&#xED;veis plasm&#xE1;ticos est&#xE1;veis, tanto do Cloridrato de Bamifilina, como dos metab&#xF3;litos com a&#xE7;&#xE3;o superior &#xE0; pr&#xF3;pria subst&#xE2;ncia ativa.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Bamifix?

O medicamento deve ser conservado em temperatura ambiente (15°C a 30°C), protegido da umidade.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

Bamifix®&nbsp;300 mg

Os comprimidos revestidos de Bamifix® de 300 mg têm formato arredondado, sem cheiro e cor branca.

Bamifix®&nbsp;600 mg

Os comprimidos revestidos de Bamifix® de 600 mg têm formato ovalado, sem cheiro e cor branca.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Apresentações do Bamifix

Comprimido revestido (300 mg)

Cartuchos com 20 comprimidos revestidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Uso pediátrico acima de 5 anos.

Comprimido revestido (600 mg)

Cartuchos com 20 comprimidos revestidos.

Uso oral.

Uso adulto.

Dizeres Legais do Bamifix

MS.: 1.0058.0055

Farm. Resp.:
Dra. C.M.H.Nakazaki
CRF-SP nº&nbsp;12.448

Chiesi&nbsp;Farmacêutica Ltda.
Uma empresa do Grupo Chiesi Farmaceutici S.p.A.
Rua Dr. Giacomo Chiesi nº&nbsp;151 - Estrada dos Romeiros km 39,2
Santana de Parnaíba - SP
CNPJ nº&nbsp;61.363.032/0001-46
Indústria Brasileira&nbsp;




® Marca Registrada.

SAC:
0800 114525

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Chiesi

© 2021 Medicamento Lab.