EMS Inalide

32mcg/acionamento, caixa com 1 frasco spray com 120 doses de suspensão de uso nasal

Princípio ativo
:
Budesonida
Classe Terapêutica
:
Corticosteróides Nasais Sem Antiinfecciosos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Rinite E Sinusite
Especialidade
:
Alergia e Imunologia e Clínica Médica

Bula do medicamento

Inalide, para o que é indicado e para o que serve?

O Inalide é indicado para pacientes com rinites não-alérgica e alérgica perenes e alérgica sazonal, tratamento de pólipo nasal e prevenção de pólipo nasal após polipectomia (extração do pólipo).

Como o Inalide funciona? 

{"tag":"hr","value":" <p>A <a href=\"https://consultaremedios.com.br/budesonida/bula\" target=\"_blank\">budesonida</a> &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rio</a> local. O Inalide reduz e previne a inflama&#xE7;&#xE3;o e o incha&#xE7;o da mucosa do nariz causados por alergias e promove al&#xED;vio inicial dos sintomas em 7 a 12 horas. O benef&#xED;cio m&#xE1;ximo pode n&#xE3;o ser alcan&#xE7;ado antes de 1 a 2 semanas ou mais ap&#xF3;s o in&#xED;cio do tratamento.</p> "}

Quais as contraindicações do Inalide?

O Inalide não deve ser usado por pacientes com alergia à budesonida ou a qualquer componente da fórmula.

Como usar o Inalide?

A dose deve ser individualizada e titulada para a menor dose necessária para a manutenção do controle dos sintomas.

Antes de iniciar o uso Inalide é importante que você leia cuidadosamente as instruções de uso, seguindo-as corretamente.

{"tag":"ol","value":" <li>Antes de usar, assoe seu nariz suavemente.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Agite o frasco e ent&#xE3;o remova a tampa protetora do aplicador. Segure o frasco com o dedo m&#xE9;dio e o indicador sobre o aplicador e o polegar na base do frasco.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Antes de usar a budesonida pela primeira vez, ou ap&#xF3;s 24 horas, a v&#xE1;lvula deve ser carregada. Para isso, pressione o aplicador com os dedos indicador e m&#xE9;dio diversas vezes (de 5 a 10) para o ar, at&#xE9; que uma mistura fina e homog&#xEA;nea seja liberada.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Pressione uma das narinas com o dedo indicador e na outra introduza a ponta do aplicador, pressionando-o o n&#xFA;mero de vezes indicado pelo seu m&#xE9;dico, conforme indicado na figura abaixo.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Retire a ponta do aplicador da narina e respire pela boca.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Repetir na outra narina o mesmo procedimento.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Limpe o aplicador com um len&#xE7;o de papel e recoloque a tampa protetora, fechando o frasco adequadamente. Mantenha o frasco em p&#xE9;. N&#xE3;o congelar.</li> "}

Não use objetos perfurantes para tentar aumentar a saída do produto do aplicador. A abertura é padronizada para garantir a dosagem correta. Nunca empreste seu spray nasal para outra pessoa.

Posologia do Inalide

{"tag":"hr","value":" <h3>Rinites</h3> <h4>Adultos e crian&#xE7;as a partir de 6 anos</h4> <p>Utilizar at&#xE9; 256 mcg/dia (2 aplica&#xE7;&#xF5;es de 64mcg em cada narina ou 4 aplica&#xE7;&#xF5;es de 32 mcg em cada narina). A dose di&#xE1;ria de 256 mcg/dia pode ser administrada apenas uma vez ao dia ou dividida em duas administra&#xE7;&#xF5;es de 126 mcg/dia pela manh&#xE3; e &#xE0; noite.</p> <p>N&#xE3;o h&#xE1; dados indicando que uma dose di&#xE1;ria superior a 256 mcg aumentaria a efic&#xE1;cia.</p> <p>Para preven&#xE7;&#xE3;o de condi&#xE7;&#xF5;es sazonais, se poss&#xED;vel, o tratamento deve ser iniciado antes da exposi&#xE7;&#xE3;o aos al&#xE9;rgenos.</p> <h3>Tratamento ou preven&#xE7;&#xE3;o de p&#xF3;lipos nasais</h3> <h4>Adultos e crian&#xE7;as a partir de 6 anos</h4> <p>Utilizar at&#xE9; 256 mcg/dia (2 aplica&#xE7;&#xF5;es de 64mcg em cada narina ou 4 aplica&#xE7;&#xF5;es de 32 mcg em cada narina). A dose di&#xE1;ria de 256 mcg/dia pode ser administrada apenas uma vez ao dia ou dividida em duas administra&#xE7;&#xF5;es de 126 mcg/dia pela manh&#xE3; e &#xE0; noite. Quando o efeito cl&#xED;nico desejado for obtido, a dose de manuten&#xE7;&#xE3;o deve ser reduzida &#xE0; menor dose necess&#xE1;ria ao controle dos sintomas.</p> <p><strong>Siga a orienta&#xE7;&#xE3;o de seu m&#xE9;dico, respeitando sempre os hor&#xE1;rios, as doses e a dura&#xE7;&#xE3;o do tratamento. </strong></p> <p><strong>N&#xE3;o interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu m&#xE9;dico.</strong></p> <h2>O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Inalide?&amp;nbsp;</h2> <hr> <p>Se voc&#xEA; se esquecer de utilizar uma dose de Inalide, n&#xE3;o precisa utilizar a dose perdida. Deve-se apenas utilizar a dose seguinte, no hor&#xE1;rio habitual.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> </hr>"}

Quais cuidados devo ter ao usar o Inalide?

O uso de doses excessivas por longos períodos pode levar ao aparecimento de efeitos sistêmicos de corticosteroides nasais, como Síndrome de Cushing (hipercorticismo - liberação excessiva de hormônios do córtex da glândula adrenal), desenvolvimento de características Cushinoides, supressão adrenal, retardo do crescimento em crianças e adolescentes, catarata, glaucoma, e mais raramente efeitos psicológicos e comportamentais (principalmente em crianças).

Os efeitos em longo prazo de budesonida em crianças não são totalmente conhecidos. Estes pacientes devem ser acompanhados de perto por um médico durante o tratamento. Este produto pode reduzir a taxa de crescimento em crianças quando utilizados em combinação com outros esteroides.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você está fazendo uso de algum outro medicamento esteroidal para condições como asma, alergias ou erupções cutâneas.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você foi diagnosticado com glaucoma, catarata ou tem alguma infecção ocular ou diabetes (este medicamento contém glicose). Interrompa o uso e consulte um médico se você notar alguma alteração na visão.

Atenção: este medicamento contém açúcar (47,50 mg/mL de glicose anidra), portanto, deve ser usado com cautela e a critério do médico em pacientes portadores de diabetes.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você já tem ou teve tuberculose, catapora ou sarampo, ou se você tem problemas no fígado.

Consulte um médico se você apresentar sangramentos nasais severos ou frequentes ou úlceras nasais recentes, se tiver passado por cirurgia nasal ou se tiver alguma lesão nasal que não foi curada.

Consulte um médico caso apresente sinais ou sintomas de infecção, como febre persistente.

Se esses sintomas persistirem ou piorarem, ou se novos sintomas ocorrerem, interrompa o uso e consulte um médico.

Gravidez, lactação e fertilidade

Não é conhecido se a budesonida atravessa a placenta, mas devido a seu peso molecular relativamente baixo, a transferência placental pode ser possível. Quando administrado nas doses terapêuticas, a exposição sistêmica após a administração nasal é baixa.

A budesonida é excretada no leite materno. Entretanto, devido à exposição sistêmica negligenciável, é esperado que a exposição de lactentes à budesonida nasal seja mínima.

Não existe evidência que a budesonida administrada de forma intranasal tenha feito na fertilidade.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Efeito na habilidade de conduzir máquinas e veículos

Não existe evidência que a budesonida tenha efeito na habilidade de conduzir máquinas e veículos.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Inalide?

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Secreção hemorrágica (com sangue), epistaxe (sangramento pelo nariz), irritação nasal rinite, sinusite, dor de cabeça e tosse.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Reações alérgicas na pele, incluindo urticária (lesões avermelhadas na pele), exantema (erupção na pele com aspecto avermelhado), dermatite, angioedema (inchaço na superfície da pele ou mucosa), prurido (coceira).

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Ulcerações (lesões) da membrana da mucosa, perfuração de septo nasal e reação anafilática (reação alérgica grave).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Qual a composição do Inalide?

Cada acionamento contém:

Inalide 32 mcg

32 mcg de budesonida.

Excipientes: celulose microcristalina, carmelose sódica, glicose, polissorbato 80, edetato dissódico dihidratado, sorbato de potássio, ácido clorídrico e água purificada.

Inalide 64 mcg

64 mcg de budesonida.

Excipientes: celulose microcristalina, carmelose sódica, glicose, polissorbato 80, edetato dissódico dihidratado, sorbato de potássio, ácido clorídrico e água purificada.

Apresentação do&nbsp;Inalide

{"tag":"hr","value":" <p><strong>Medicamento similar equivalente ao medicamento de refer&#xEA;ncia.</strong></p> <h3>Inalide 32 mcg</h3> <p>Suspens&#xE3;o spray de 32 mcg/acionamento em embalagens com um frasco contendo 120 acionamentos.</p> <h3>Inalide 64 mcg</h3> <p>Suspens&#xE3;o spray de 64 mcg/ acionamento em embalagens com um frasco contendo 120 acionamentos.</p> <p><strong>Uso nasal.</strong></p> <p><strong>Uso adulto e pedi&#xE1;trico a partir de 6 anos.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Inalide maior do que a recomendada?

Superdosagem aguda com a budesonida, mesmo em doses excessivas, geralmente não causa problemas clínicos.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Inalide com outros remédios?

Não foi observada interação da budesonida com qualquer outro medicamento usado para o tratamento da rinite. Informe seu médico se você estiver tomando medicamentos para o tratamento de infecções causadas por fungos (como cetoconazol).

A cimetidina nas doses recomendadas tem efeito discreto, mas clinicamente insignificante sobre a farmacocinética da budesonida oral.

O uso concomitante de budesonida intranasal e inibidores do citocromo P450 CYP3A4 podem causar eventos adversos sistêmicos, como Síndrome de Cushing e supressão adrenal.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Interação alimentícia: posso usar o Inalide com alimentos?

Suspensão aquosa 50 mcg e 100 mcg

O uso concomitante de Budesonida spray nasal e suco de grapefruit (toranja) pode aumentar os níveis séricos deste medicamento.

Não há dados que indiquem interação com álcool.

Cápsula dura

Não há dados que indiquem interação com alimento ou com álcool.

Qual a ação da substância do Inalide (Budesonida)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <h4>Rinite</h4> <p>A Budesonida uma vez ao dia &#xE9; efetiva no tratamento de rinite sazonal e perene em adultos e crian&#xE7;as, como demonstrado pelos resultados de estudos randomizados, duplo-cegos, controlados por placebo. A Budesonida possui um r&#xE1;pido in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o, com efeitos significativos em sintomas espec&#xED;ficos ap&#xF3;s 3-5 horas, com efic&#xE1;cia geral atingida muito rapidamente em 7 horas. A Budesonida tamb&#xE9;m possui dura&#xE7;&#xE3;o de a&#xE7;&#xE3;o prolongada, permitindo a administra&#xE7;&#xE3;o di&#xE1;ria &#xFA;nica (DAY J et al. Am J Rhinol 1997; 11:77; PEDERSEN S et al. Ann Allergy Asthma Immunol.1998; 81:128).</p> <h4>Rinite al&#xE9;rgica sazonal</h4> <p>Na rinite sazonal diversos estudos cl&#xED;nicos suportam a efetividade da Budesonida em dosagens de 32-64 mcg 1-2 doses em cada narina, administrado inicialmente em uma dose inicial maior e depois ajustado para a dose de manuten&#xE7;&#xE3;o m&#xED;nima (DAY J et al. Am J Rhinol 1997; 11:77, MELTZER E. Ann Allergy Asthma Immunol 1998; 81:128). Por exemplo, em um estudo em pacientes com rinite al&#xE9;rgica sazonal induzida por ambr&#xF3;sia, 64 mcg de Budesonida uma vez ao dia foi dose m&#xED;nima efetiva durante a esta&#xE7;&#xE3;o de poliniza&#xE7;&#xE3;o (CRETICOS P et al. Allergy Asthma Proc 1998; 19:285). A melhora significativa devida ao tratamento com Budesonida foi demonstrada em avalia&#xE7;&#xE3;o de qualidade de vida (OSTINELLI J et al. J Allergy Clin Immunol 1998; 101: S97).</p> <h4>Rinite al&#xE9;rgica perene</h4> <p>A Budesonida &#xE9; tamb&#xE9;m bem documentada na rinite perene com al&#xED;vio de sintomas como, por exemplo, obstru&#xE7;&#xE3;o nasal, coriza, espirros, prurido nasal e melhoria na sa&#xFA;de relacionada ao escore de qualidade de vida (DAY J et al. J Allergy Clin Immunol 1998; 102:902, MELTZER E. Ann Allergy Asthma Immunol 1998; 81:128, ST&#xC5;HL E et al. J Allergy Clin Immunol 2000; 105(1): S94 (abstract 279)).</p> <h4>Rinite perene n&#xE3;o-al&#xE9;rgica</h4> <p>Rinite perene n&#xE3;o-al&#xE9;rgica &#xE9; caracterizada por sintomas nasais persistentes que n&#xE3;o resultam de eventos imunopatol&#xF3;gicos mediados por IgE.</p> <p>O diagn&#xF3;stico da rinite n&#xE3;o al&#xE9;rgica &#xE9; frequentemente um diagn&#xF3;stico de exclus&#xE3;o, quando uma etiologia al&#xE9;rgica pode ser substanciada por testes diagn&#xF3;sticos. Os sintomas podem ser similares &#xE0; rinite al&#xE9;rgica, mas com menor quantidade de prurido nasal, de n&#xFA;mero de epis&#xF3;dios de espirros e queixas conjuntivais. Rinite vasomotora e rinite n&#xE3;o-al&#xE9;rgica eosinof&#xED;lica s&#xE3;o causas comuns.</p> <p>A Budesonida mostrou ser eficaz em estudos cl&#xED;nicos (at&#xE9; 12 meses) demonstrando sintomas nasais reduzidos em doses de 200 - 400 mcg. Em estudos em pacientes com rinite n&#xE3;o-al&#xE9;rgica perene, uma redu&#xE7;&#xE3;o de secre&#xE7;&#xE3;o nasal induzida por metacolina e escores de sintomas foi demonstrada (MALM L et al. Allergy 1981; 36 (3):209). Em estudos de 12 meses, com dosagem de 400 mcg uma vez ao dia, reduziu efetivamente todos os sintomas nasais mensurados por escalas de pontua&#xE7;&#xE3;o de 4 pontos incluindo rinoscopia (SYNNERSTAD B et al. Br J Clin Pract. 1996; 50(7):363). Em um estudo de 6 meses de efic&#xE1;cia e 12 meses de seguran&#xE7;a, no qual a maioria dos pacientes possu&#xED;am rinite perene n&#xE3;o al&#xE9;rgica, tratamento efetivo e seguro foram conclu&#xED;dos na dosagem de 200-400 mcg uma vez ao dia (LINDQVIST N et al. Eur J Respir Dis 1982; 63 (Suppl 122):270; LINDQVIST N et al. Allergy 1986; 41(3):179). Um efeito significativo foi tamb&#xE9;m confirmado em um estudo de 12 meses em compara&#xE7;&#xE3;o com cetirizina (RINNE J et al. J Allergy Clin Immunol. 2002; 109(3):426).</p> <h4>Tratamento de p&#xF3;lipos nasais / Preven&#xE7;&#xE3;o de p&#xF3;lipos nasais ap&#xF3;s polipectomia</h4> <p>P&#xF3;lipos nasais causam obstru&#xE7;&#xE3;o nasal e sintomas relacionados, como hiper-reatividade nasal n&#xE3;o espec&#xED;fica, rinorreia, espirros e perda do olfato. A maioria dos casos de p&#xF3;lipos nasais respondem bem ao tratamento de glicocorticosteroides nasais. Uma estrat&#xE9;gia terap&#xEA;utica combinada com cirurgia e tratamento com glicocorticosteroides nasais &#xE9; comumente praticada. Ap&#xF3;s a remo&#xE7;&#xE3;o cir&#xFA;rgica dos p&#xF3;lipos nasais, polipose nasal sintom&#xE1;tica pode reocorrer.</p> <p>Diversos estudos controlados demonstraram que a Budesonida reduz o tamanho dos p&#xF3;lipos, melhora os sintomas nasais e reduz a frequ&#xEA;ncia de recorr&#xEA;ncia de cirurgias (LILDHOLDT T et al. Archives of Otolaryngology - Head and Neck Surgery 1997; 123:595; RUHNO J et al. J Allergy Clin Immunol 1990;86:946-53; TOS M et al. Am J Rhinol 1998; 12:183).</p> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <p>Day et al. (2000) desenharam um estudo duplo cego randomizado de grupos paralelos, a Budesonida spray aquosa nasal foi testada nas doses de 64 a 256 mcg versus placebo, em 217 pacientes com hist&#xF3;ria de sensibilidade a p&#xF3;len h&#xE1; pelo menos 1 ano e com provoca&#xE7;&#xE3;o nasal como teste de controle, observou-se que entre 7 a 12 horas os usu&#xE1;rios da Budesonida apresentaram redu&#xE7;&#xE3;o na obstru&#xE7;&#xE3;o nasal e nos sintomas quando comparados ao grupo placebo, sendo que o in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o (por volta de 3 horas) foi menor no grupo que fez uso das maiores doses de Budesonida quando comparado ao placebo. O grupo que fez uso da dose de 64 mcg apresentou resultados semelhantes, por&#xE9;m com in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o por volta de 3 a 5 horas. A efic&#xE1;cia do tratamento foi maior para Budesonida em compara&#xE7;&#xE3;o ao placebo a partir de 5 horas. Todos os tratamentos foram bem tolerados e nenhum evento adverso espec&#xED;fico foi relatado.</p> <p>Com base no uso da Budesonida t&#xF3;pica nasal para al&#xED;vio dos sintomas da rinite al&#xE9;rgica, Gurevich et al. (2005) realizaram estudo cruzado, duplo-cego, placebo controlado com objetivo prim&#xE1;rio de avaliar a melhora do sono, diminui&#xE7;&#xE3;o da sonol&#xEA;ncia e da <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-fadiga-muscular-cronica-adrenal-etc-e-como-tratar/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">fadiga</a> em pacientes tratados com Budesonida intranasal spray. Os pesquisadores selecionaram 26 pacientes (n=26) que foram tratados com 128 mcg/dia de Budesonida ou com placebo, e que foram avaliados segundo a Escala de Sonol&#xEA;ncia de Epworth, di&#xE1;rio pessoal, e question&#xE1;rios com foco nos sintomas nasais, qualidade do sono, sonol&#xEA;ncia e fadiga diurna, durante o per&#xED;odo de 8 semanas. Os resultados do estudo mostraram que os pacientes tratados com Budesonida intranasal spray apresentaram melhora dos par&#xE2;metros analisados e que esta melhora foi estatisticamente significante para a congest&#xE3;o nasal (p = 0.04), sonol&#xEA;ncia diurna (p = 0.01) e redu&#xE7;&#xE3;o na fadiga diurna (p= 0.08) quando comparada ao controle. As medidas do sono tamb&#xE9;m mostraram melhora estatisticamente significativa dos par&#xE2;metros analisados (p=0,04). Budesonida intranasal spray foi efetiva na redu&#xE7;&#xE3;o da congest&#xE3;o nasal, sonol&#xEA;ncia e fadiga diurna, al&#xE9;m de melhorar a qualidade do sono do paciente com rinite al&#xE9;rgica perene.</p> <p>Em uma revis&#xE3;o de estudos no MEDLINE (abril de 1966 - 2003), Stanaland (2004) analisou os resultados de estudos cl&#xED;nicos controlados, duplo-cegos e randomizados, considerando a efic&#xE1;cia, perfil de seguran&#xE7;a, efeitos sobre a qualidade de vida, prefer&#xEA;ncia do paciente e custo-efetividade da Budesonida aquosa intranasal spray, aplicada uma vez ao dia, no tratamento da Rinite Al&#xE9;rgica. Com base nos resultados dos estudos analisados, a Budesonida intranasal administrada uma vez ao dia foi considerada um tratamento eficaz para rinite al&#xE9;rgica sazonal e perene, mesmo em doses baixas como 64 mcg (32 mcg em cada narina). A Budesonida intranasal foi bem tolerada nos estudos analisados, com um perfil de eventos adversos similar ao placebo, e n&#xE3;o causou, clinicamente, supress&#xE3;o significativa da fun&#xE7;&#xE3;o do eixo hipot&#xE1;lamohip&#xF3;fise-adrenal, em doses 4 vezes superiores &#xE0; dose inicial recomendada.</p> <p>Em conclus&#xE3;o, a Budesonida intranasal uma vez por dia, &#xE9; altamente eficaz e bem tolerada para a rinite al&#xE9;rgica sazonal e perene em adultos e crian&#xE7;as, com uma gama de eventos adversos similares a do placebo.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Day, H. et al., Onset of action of intranasal budesonide (Rhinocort Aqua) in seasonal allergic rhinitis studies in a controlled exposure model. J Allergy Clin Immunol . 105:489-94,2000<br> Gurevich F. et al. The Effect of Intranasal Steroid Budesonide on the Congestion-Related Sleep Disturbance and Daytime Somnolence in Patients with Perennial Allergic Rhinitis . Allergy and Asthma Proc. 26:268 &#x2013;274, 2005.<br> Stanaland, B. E. et al. Once-Daily Budesonide Aqueous Nasal Spray for Allergic Rhinitis: A Review. Clin Ther. vol. 26 (4):473-492,2004.</br></br></span></p> <h3>C&#xE1;psula dura</h3> <p>A Budesonida 200 &#x3BC;g, em compara&#xE7;&#xE3;o com o placebo, resultou em melhora significativa da resposta das vias a&#xE9;reas respirat&#xF3;rias dos pacientes &#xE0; bronco provoca&#xE7;&#xE3;o com metilcolina no final do tratamento (p&lt; 0.001). Entre os pacientes tratados com Budesonida 200&#x3BC;g, a taxa de hospitaliza&#xE7;&#xE3;o foi de 43% menor (p=0.04) do que entre aqueles que usaram placebo. Tamb&#xE9;m houve uma redu&#xE7;&#xE3;o significativamente maior no uso de broncodilatador para al&#xED;vio dos sintomas (p&lt;0.001).</p> <p>Outros estudos demonstraram que os grupos tratados com Budesonida, comparados com aqueles que receberam placebo, tiveram melhoras estatisticamente significativas na m&#xE9;dia dos n&#xED;veis do pico do fluxo expirat&#xF3;rio matinal e noturno (p&lt;0.01) e na m&#xE9;dia dos valores do volume expirat&#xF3;rio for&#xE7;ado (p&lt;0.016).</p> <p>Em um estudo, pacientes adultos com asma persistente leve que nunca fizeram uso de corticosteroide receberam Budesonida inalat&#xF3;rio 100&#x3BC;g duas vezes ao dia ou placebo por 12 meses. Pode-se observar que o in&#xED;cio da terapia com Budesonida reduziu significativamente o risco de ter uma primeira exacerba&#xE7;&#xE3;o grave da asma em 60% dos pacientes. O n&#xFA;mero de dias com asma mal controlada foi reduzido em 48%, comparado com placebo. Os pacientes demonstraram tamb&#xE9;m melhora significativa na m&#xE9;dia di&#xE1;ria e noturna dos n&#xED;veis do pico do fluxo expirat&#xF3;rio com Budesonida 400 ou 800&#x3BC;g/dia, comparado com placebo (ambos p&lt;0.01). Outro estudo demonstrou uma melhora estatisticamente significativa nos n&#xED;veis do pico de fluxo expirat&#xF3;rio em pacientes que come&#xE7;aram a terapia com Budesonida nos est&#xE1;gios iniciais da doen&#xE7;a, comparado com aqueles que tinham sido diagnosticados com asma por um longo per&#xED;odo de tempo (p&lt;0.05).</p> <p>Muitos estudos sugerem que, para a manuten&#xE7;&#xE3;o do controle dos sintomas da asma em lactantes e crian&#xE7;as com asma leve, a administra&#xE7;&#xE3;o de Budesonida uma vez ao dia &#xE9; mais efetiva do que a administra&#xE7;&#xE3;o duas vezes ao dia.</p> <p>Conclui-se que os estudos realizados em adultos e crian&#xE7;as t&#xEA;m demonstrado que a formula&#xE7;&#xE3;o de Budesonida &#xE9; altamente eficaz no tratamento de rinite sazonal e perene, com uma gama de eventos adversos similares a do placebo.</p> <p>A Budesonida inalat&#xF3;ria mostrou ser poupadora de corticosteroide oral em pacientes com asma grave, reduzindo assim a dose de corticosteroide total e o risco de efeitos colaterais sist&#xEA;micos. Em outro estudo com mulheres gr&#xE1;vidas com asma, o grupo que usou Budesonida inalat&#xF3;ria ou beclometasona demonstrou ter reduzido a incid&#xEA;ncia das exacerba&#xE7;&#xF5;es de asma aguda (4% dos pacientes), comparado a mulheres que n&#xE3;o foram tratadas com corticosteroides inalat&#xF3;rio (18% dos pacientes) p&lt;0.0001.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Eigen H: Efficacy of Budesonide in Inhaled Corticosteroid-Naive Patients and Patients with mild Persistent Asthma. Clin Therapeutics, 2002; 24 n&#xBA; 7: 1035-47.<br> O&#xB4;Connell EJ: Efficacy of Budesonide in Moderate to Severe Asthma. Clin Therapeutics, 2002; 24 n&#xBA;6: 887-905.<br> Szefler S, Pedersen S: Role of Budesonide as mantenance Therapy for children with Asthma. Pediatr Pulmonol. 2003; 36:13-21.<br> Gluck PA, Gluck JC: A review of pregnancy outcomes after exposure to orally inhaled or intranasal budesonide. Cur Med Res and opin. 2005; 21 (7): 1075-1084.</br></br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito anti-inflamat&#xF3;rio local.</p> <p>O mecanismo de a&#xE7;&#xE3;o exato dos glicocorticosteroides no tratamento da rinite n&#xE3;o est&#xE1; totalmente elucidado. A&#xE7;&#xF5;es anti-inflamat&#xF3;rias, como a inibi&#xE7;&#xE3;o da libera&#xE7;&#xE3;o do mediador inflamat&#xF3;rio e das respostas imunes mediadas pela citocina s&#xE3;o provavelmente importantes. A pot&#xEA;ncia intr&#xED;nseca da Budesonida, medida como a afinidade pelo receptor de glicocorticoide, &#xE9; cerca de 15 vezes maior que da prednisolona.</p> <p>Um estudo cl&#xED;nico em rinite sazonal comparando Budesonida intranasal e oral com placebo mostrou que o efeito terap&#xEA;utico da Budesonida pode ser totalmente explicado pela a&#xE7;&#xE3;o local.</p> <p>A Budesonida, administrada profilaticamente, demonstrou ter efeito protetor contra a eosinofilia e a hiperresponsividade induzidas por provoca&#xE7;&#xE3;o nasal.</p> <p>Nas doses recomendadas, a Budesonida n&#xE3;o causa qualquer altera&#xE7;&#xE3;o cl&#xED;nica importante, nem nos n&#xED;veis de cortisol plasm&#xE1;tico basal, nem na resposta &#xE0; estimula&#xE7;&#xE3;o com horm&#xF4;nio adrenocorticotr&#xF3;fico (ACTH) em pacientes com rinite. Entretanto, supress&#xE3;o dose-relacionada do cortisol plasm&#xE1;tico e urin&#xE1;rio tem sido observada em volunt&#xE1;rios sadios ap&#xF3;s um curto per&#xED;odo de administra&#xE7;&#xE3;o da Budesonida.</p> <h4>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h4> <h5>Absor&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A disponibilidade sist&#xEA;mica da Budesonida a partir da administra&#xE7;&#xE3;o intranasal &#xE9; de 6-16%, enquanto a biodisponibilidade pulmonar &#xE9; de 28%.</p> <h5>Distribui&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A Budesonida tem um volume de distribui&#xE7;&#xE3;o de aproximadamente 3 L/kg. A taxa de liga&#xE7;&#xE3;o &#xE0;s <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas &#xE9; em m&#xE9;dia 85-90%.</p> <h5>Metaboliza&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A Budesonida sofre um extenso grau de metaboliza&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica (aproximadamente 90%) na primeira passagem pelo <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c\" target=\"_blank\">f&#xED;gado</a> para metab&#xF3;litos com baixa atividade glicocorticosteroide. A atividade glicocorticosteroide dos principais metab&#xF3;litos, 6-beta-hidroxiBudesonida e 16-alfa-hidroxiprednisolona, &#xE9; menor que 1% da atividade da Budesonida. O metabolismo da Budesonida &#xE9; mediado principalmente pela CYP3A, uma subfam&#xED;lia do citocromo P450. A Budesonida n&#xE3;o sofre inativa&#xE7;&#xE3;o metab&#xF3;lica local no nariz.</p> <h5>Elimina&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>Os metab&#xF3;litos s&#xE3;o excretados como tal ou na forma conjugada, principalmente pela via renal. N&#xE3;o foi detectada Budesonida &#xED;ntegra na urina.</p> <p>A Budesonida tem uma depura&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica de 0,92 a 1,4 L/min e a meia-vida plasm&#xE1;tica da Budesonida n&#xE3;o modificada ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o inalat&#xF3;ria ou intravenosa &#xE9; de 2-4 horas.</p> <h5>Linearidade</h5> <p>A cin&#xE9;tica da Budesonida &#xE9; proporcional &#xE0;s doses clinicamente relevantes.</p> <h5>Crian&#xE7;as</h5> <p>A disponibilidade sist&#xEA;mica total em crian&#xE7;as de 3 a 6 anos &#xE9; de aproximadamente 6% da dose administrada e o pico de concentra&#xE7;&#xE3;o plasm&#xE1;tica de 2,6 nmol / L &#xE9; atingido de 10 a 30 minutos ap&#xF3;s a inala&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>A depura&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica &#xE9; aproximadamente 50% mais alta que em adultos saud&#xE1;veis.</p> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 50 mcg e 100 mc</h3> <h4>Modo de a&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Budesonida cont&#xE9;m em sua f&#xF3;rmula um &#xFA;nico princ&#xED;pio ativo, a Budesonida, glicocorticoide n&#xE3;o halogenado de s&#xED;ntese, cuja principal propriedade consiste na elevada rela&#xE7;&#xE3;o entre sua potente atividade anti-inflamat&#xF3;ria local e atividade sist&#xEA;mica muito baixa. Seu in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o ocorre em cerca de 10 a 24 horas ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o, com pico de a&#xE7;&#xE3;o de 1 dia a 2 semanas.</p> <p>Os corticosteroides t&#xEA;m v&#xE1;rios mecanismos de a&#xE7;&#xE3;o, incluindo atividade anti-inflamat&#xF3;ria, propriedades imunossupressoras e a&#xE7;&#xF5;es antiproliferativas. Os efeitos <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rios</a> resultam da redu&#xE7;&#xE3;o da forma&#xE7;&#xE3;o, libera&#xE7;&#xE3;o e atividade dos mediadores inflamat&#xF3;rios (ex.: cininas, histamina, liposomas, prostaglandinas e leucotrienos). Assim, ocorre a redu&#xE7;&#xE3;o das manifesta&#xE7;&#xF5;es iniciais do processo inflamat&#xF3;rio.</p> <p>Os corticoides inibem a margina&#xE7;&#xE3;o e subsequente migra&#xE7;&#xE3;o celular para o s&#xED;tio inflamat&#xF3;rio e tamb&#xE9;m revertem a dilata&#xE7;&#xE3;o e o aumento da permeabilidade vascular local, levando &#xE0; redu&#xE7;&#xE3;o do acesso celular ao s&#xED;tio. Essa a&#xE7;&#xE3;o vasoconstritora reduz o extravasamento vascular, o <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">edema</a> e o desconforto local.</p> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito anti-inflamat&#xF3;rio local.</p> <p>O mecanismo de a&#xE7;&#xE3;o exato dos glicocorticosteroides no tratamento da rinite n&#xE3;o est&#xE1; totalmente elucidado. A&#xE7;&#xF5;es anti-inflamat&#xF3;rias, como a inibi&#xE7;&#xE3;o da libera&#xE7;&#xE3;o do mediador inflamat&#xF3;rio e das respostas imunes mediadas pela citocina s&#xE3;o provavelmente importantes. A pot&#xEA;ncia intr&#xED;nseca da Budesonida, medida como a afinidade pelo receptor de glicocorticoide, &#xE9; aproximadamente 15 vezes maior que da prednisolona.</p> <p>Um estudo cl&#xED;nico em rinite sazonal comparando Budesonida intranasal e oral com placebo mostrou que o efeito terap&#xEA;utico da Budesonida pode ser totalmente explicado pela a&#xE7;&#xE3;o local.</p> <p>A Budesonida, administrada profilaticamente, demonstrou ter efeito protetor contra a eosinofilia e a hiper-responsividade induzidas por provoca&#xE7;&#xE3;o nasal.</p> <p>Nas doses recomendadas, n&#xE3;o causa qualquer altera&#xE7;&#xE3;o cl&#xED;nica importante, nem nos n&#xED;veis de cortisol plasm&#xE1;tico basal, nem na resposta a estimula&#xE7;&#xE3;o com horm&#xF4;nio adrenocorticotr&#xF3;fico (ACTH) em pacientes com rinite. Entretanto, supress&#xE3;o dose-relacionada do cortisol plasm&#xE1;tico e urin&#xE1;rio tem sido observada em volunt&#xE1;rios sadios ap&#xF3;s um curto per&#xED;odo de administra&#xE7;&#xE3;o.</p> <h3>C&#xE1;psula dura</h3> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticoide de s&#xED;ntese, n&#xE3;o halogenado, dotado de potente atividade anti-inflamat&#xF3;ria t&#xF3;pica (local) e atividade sist&#xEA;mica muito pequena (quando comparada com outros glicocorticoides). Isto garante melhor efic&#xE1;cia com menor risco de efeitos adversos t&#xED;picos resultantes do uso de corticoides.</p> <p>Seu in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o ocorre cerca de 20 horas ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o, com pico de a&#xE7;&#xE3;o de 1 a 2 semanas e dura&#xE7;&#xE3;o de a&#xE7;&#xE3;o de 12 a 24 horas, sendo que sua meia-vida de excre&#xE7;&#xE3;o &#xE9; de 2 a 3 horas.</p> <p>Os corticosteroides t&#xEA;m v&#xE1;rios mecanismos de a&#xE7;&#xE3;o, incluindo atividade anti-inflamat&#xF3;ria, propriedades imunossupressoras e a&#xE7;&#xF5;es anti proliferativas. Os efeitos anti-inflamat&#xF3;rios resultam da redu&#xE7;&#xE3;o da forma&#xE7;&#xE3;o, libera&#xE7;&#xE3;o e atividade dos mediadores inflamat&#xF3;rios (ex.: cininas, histamina, liposomas, prostaglandinas e leucotrienos). Assim h&#xE1; redu&#xE7;&#xE3;o das manifesta&#xE7;&#xF5;es iniciais do processo inflamat&#xF3;rio. Os corticoides inibem a margina&#xE7;&#xE3;o e subsequente migra&#xE7;&#xE3;o celular para o s&#xED;tio inflamat&#xF3;rio e tamb&#xE9;m revertem a dilata&#xE7;&#xE3;o e o aumento da permeabilidade vascular local, levando &#xE0; redu&#xE7;&#xE3;o do acesso celular ao s&#xED;tio. Essa a&#xE7;&#xE3;o vasoconstritora reduz o extravasamento vascular, o edema e o desconforto local.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Inalide?

Você deve conservar o Inalide em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Sempre recolocar a tampa protetora no frasco após o uso.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

O Inalide é uma suspensão homogênea, na cor branca e isenta de material estranho.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Limpeza

Limpe as partes plásticas superiores regularmente (aplicador e tampa protetora), conforme as instruções abaixo:&nbsp;
{"tag":"ol","value":" <li>Remova a tampa protetora.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>&amp;nbsp;Puxe o aplicador delicadamente para cima, retirando-o do frasco.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Lave o aplicador e a tampa protetora em &#xE1;gua morna e deixe-os secar completamente ao ar livre antes de recoloc&#xE1;-los.</li> "}

Obs.: Não se deve tentar retirar as partes internas do aplicador.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Inalide

Registro M.S. 1.0235.1204

Farm. Resp.:
Telma Elaine Spina
CRF-SP nº 22.234

Registrado e fabricado por:
EMS S/A Rod.
Rod. Jornalista Francisco Aguirre Proença, Km 08.
Bairro Chácara Assay - Hortolândia –SP
CEP: 13186-901
CNPJ 57.507.378/0003-65
Indústria Brasileira





Comercializado por:&nbsp;
Multilab Ind. e Com. de Prod. Farm. Ltda.
São Jerônimo - RS

SAC:
0800 600 0660

Venda sob prescrição médica.

64mcg/acionamento, caixa com 1 frasco spray com 120 doses de suspensão de uso nasal

Princípio ativo
:
Budesonida
Classe Terapêutica
:
Corticosteróides Nasais Sem Antiinfecciosos
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Venda Sob Prescrição Médica)
Categoria
:
Rinite E Sinusite
Especialidade
:
Alergia e Imunologia e Clínica Médica

Bula do medicamento

Inalide, para o que é indicado e para o que serve?

O Inalide é indicado para pacientes com rinites não-alérgica e alérgica perenes e alérgica sazonal, tratamento de pólipo nasal e prevenção de pólipo nasal após polipectomia (extração do pólipo).

Como o&nbsp;Inalide funciona?&nbsp;

{"tag":"hr","value":" <p>A <a href=\"https://consultaremedios.com.br/budesonida/bula\" target=\"_blank\">budesonida</a> &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rio</a> local. O Inalide reduz e previne a inflama&#xE7;&#xE3;o e o incha&#xE7;o da mucosa do nariz causados por alergias e promove al&#xED;vio inicial dos sintomas em 7 a 12 horas. O benef&#xED;cio m&#xE1;ximo pode n&#xE3;o ser alcan&#xE7;ado antes de 1 a 2 semanas ou mais ap&#xF3;s o in&#xED;cio do tratamento.</p> "}

Quais as contraindicações do Inalide?

O Inalide não deve ser usado por pacientes com alergia à budesonida ou a qualquer componente da fórmula.

Como usar o Inalide?

A dose deve ser individualizada e titulada para a menor dose necessária para a manutenção do controle dos sintomas.

Antes de iniciar o uso Inalide é importante que você leia cuidadosamente as instruções de uso, seguindo-as corretamente.

{"tag":"ol","value":" <li>Antes de usar, assoe seu nariz suavemente.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Agite o frasco e ent&#xE3;o remova a tampa protetora do aplicador. Segure o frasco com o dedo m&#xE9;dio e o indicador sobre o aplicador e o polegar na base do frasco.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Antes de usar a budesonida pela primeira vez, ou ap&#xF3;s 24 horas, a v&#xE1;lvula deve ser carregada. Para isso, pressione o aplicador com os dedos indicador e m&#xE9;dio diversas vezes (de 5 a 10) para o ar, at&#xE9; que uma mistura fina e homog&#xEA;nea seja liberada.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Pressione uma das narinas com o dedo indicador e na outra introduza a ponta do aplicador, pressionando-o o n&#xFA;mero de vezes indicado pelo seu m&#xE9;dico, conforme indicado na figura abaixo.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Retire a ponta do aplicador da narina e respire pela boca.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Repetir na outra narina o mesmo procedimento.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Limpe o aplicador com um len&#xE7;o de papel e recoloque a tampa protetora, fechando o frasco adequadamente. Mantenha o frasco em p&#xE9;. N&#xE3;o congelar.</li> "}

Não use objetos perfurantes para tentar aumentar a saída do produto do aplicador. A abertura é padronizada para garantir a dosagem correta. Nunca empreste seu spray nasal para outra pessoa.

Posologia do Inalide

{"tag":"hr","value":" <h3>Rinites</h3> <h4>Adultos e crian&#xE7;as a partir de 6 anos</h4> <p>Utilizar at&#xE9; 256 mcg/dia (2 aplica&#xE7;&#xF5;es de 64mcg em cada narina ou 4 aplica&#xE7;&#xF5;es de 32 mcg em cada narina). A dose di&#xE1;ria de 256 mcg/dia pode ser administrada apenas uma vez ao dia ou dividida em duas administra&#xE7;&#xF5;es de 126 mcg/dia pela manh&#xE3; e &#xE0; noite.</p> <p>N&#xE3;o h&#xE1; dados indicando que uma dose di&#xE1;ria superior a 256 mcg aumentaria a efic&#xE1;cia.</p> <p>Para preven&#xE7;&#xE3;o de condi&#xE7;&#xF5;es sazonais, se poss&#xED;vel, o tratamento deve ser iniciado antes da exposi&#xE7;&#xE3;o aos al&#xE9;rgenos.</p> <h3>Tratamento ou preven&#xE7;&#xE3;o de p&#xF3;lipos nasais</h3> <h4>Adultos e crian&#xE7;as a partir de 6 anos</h4> <p>Utilizar at&#xE9; 256 mcg/dia (2 aplica&#xE7;&#xF5;es de 64mcg em cada narina ou 4 aplica&#xE7;&#xF5;es de 32 mcg em cada narina). A dose di&#xE1;ria de 256 mcg/dia pode ser administrada apenas uma vez ao dia ou dividida em duas administra&#xE7;&#xF5;es de 126 mcg/dia pela manh&#xE3; e &#xE0; noite. Quando o efeito cl&#xED;nico desejado for obtido, a dose de manuten&#xE7;&#xE3;o deve ser reduzida &#xE0; menor dose necess&#xE1;ria ao controle dos sintomas.</p> <p><strong>Siga a orienta&#xE7;&#xE3;o de seu m&#xE9;dico, respeitando sempre os hor&#xE1;rios, as doses e a dura&#xE7;&#xE3;o do tratamento. </strong></p> <p><strong>N&#xE3;o interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu m&#xE9;dico.</strong></p> <h2>O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Inalide?&amp;nbsp;</h2> <hr> <p>Se voc&#xEA; se esquecer de utilizar uma dose de Inalide, n&#xE3;o precisa utilizar a dose perdida. Deve-se apenas utilizar a dose seguinte, no hor&#xE1;rio habitual.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> </hr>"}

Quais cuidados devo ter ao usar o Inalide?

O uso de doses excessivas por longos períodos pode levar ao aparecimento de efeitos sistêmicos de corticosteroides nasais, como Síndrome de Cushing (hipercorticismo - liberação excessiva de hormônios do córtex da glândula adrenal), desenvolvimento de características Cushinoides, supressão adrenal, retardo do crescimento em crianças e adolescentes, catarata, glaucoma, e mais raramente efeitos psicológicos e comportamentais (principalmente em crianças).

Os efeitos em longo prazo de budesonida em crianças não são totalmente conhecidos. Estes pacientes devem ser acompanhados de perto por um médico durante o tratamento. Este produto pode reduzir a taxa de crescimento em crianças quando utilizados em combinação com outros esteroides.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você está fazendo uso de algum outro medicamento esteroidal para condições como asma, alergias ou erupções cutâneas.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você foi diagnosticado com glaucoma, catarata ou tem alguma infecção ocular ou diabetes (este medicamento contém glicose). Interrompa o uso e consulte um médico se você notar alguma alteração na visão.

Atenção: este medicamento contém açúcar (47,50 mg/mL de glicose anidra), portanto, deve ser usado com cautela e a critério do médico em pacientes portadores de diabetes.

Consulte um médico antes de usar este medicamento se você já tem ou teve tuberculose, catapora ou sarampo, ou se você tem problemas no fígado.

Consulte um médico se você apresentar sangramentos nasais severos ou frequentes ou úlceras nasais recentes, se tiver passado por cirurgia nasal ou se tiver alguma lesão nasal que não foi curada.

Consulte um médico caso apresente sinais ou sintomas de infecção, como febre persistente.

Se esses sintomas persistirem ou piorarem, ou se novos sintomas ocorrerem, interrompa o uso e consulte um médico.

Gravidez, lactação e fertilidade

Não é conhecido se a budesonida atravessa a placenta, mas devido a seu peso molecular relativamente baixo, a transferência placental pode ser possível. Quando administrado nas doses terapêuticas, a exposição sistêmica após a administração nasal é baixa.

A budesonida é excretada no leite materno. Entretanto, devido à exposição sistêmica negligenciável, é esperado que a exposição de lactentes à budesonida nasal seja mínima.

Não existe evidência que a budesonida administrada de forma intranasal tenha feito na fertilidade.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Efeito na habilidade de conduzir máquinas e veículos

Não existe evidência que a budesonida tenha efeito na habilidade de conduzir máquinas e veículos.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Inalide?

Reação comum (ocorre entre 1% e 10% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Secreção hemorrágica (com sangue), epistaxe (sangramento pelo nariz), irritação nasal rinite, sinusite, dor de cabeça e tosse.

Reação incomum (ocorre entre 0,1% e 1% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Reações alérgicas na pele, incluindo urticária (lesões avermelhadas na pele), exantema (erupção na pele com aspecto avermelhado), dermatite, angioedema (inchaço na superfície da pele ou mucosa), prurido (coceira).

Reação muito rara (ocorre em menos de 0,01% dos pacientes que utilizam este medicamento)

Ulcerações (lesões) da membrana da mucosa, perfuração de septo nasal e reação anafilática (reação alérgica grave).

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também à empresa através do seu serviço de atendimento.

Qual a composição do Inalide?

Cada acionamento contém:

Inalide 32 mcg

32 mcg de budesonida.

Excipientes: celulose microcristalina, carmelose sódica, glicose, polissorbato 80, edetato dissódico dihidratado, sorbato de potássio, ácido clorídrico e água purificada.

Inalide 64 mcg

64 mcg de budesonida.

Excipientes: celulose microcristalina, carmelose sódica, glicose, polissorbato 80, edetato dissódico dihidratado, sorbato de potássio, ácido clorídrico e água purificada.

Apresentação do&nbsp;Inalide

{"tag":"hr","value":" <p><strong>Medicamento similar equivalente ao medicamento de refer&#xEA;ncia.</strong></p> <h3>Inalide 32 mcg</h3> <p>Suspens&#xE3;o spray de 32 mcg/acionamento em embalagens com um frasco contendo 120 acionamentos.</p> <h3>Inalide 64 mcg</h3> <p>Suspens&#xE3;o spray de 64 mcg/ acionamento em embalagens com um frasco contendo 120 acionamentos.</p> <p><strong>Uso nasal.</strong></p> <p><strong>Uso adulto e pedi&#xE1;trico a partir de 6 anos.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Inalide maior do que a recomendada?

Superdosagem aguda com a budesonida, mesmo em doses excessivas, geralmente não causa problemas clínicos.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Inalide com outros remédios?

Não foi observada interação da budesonida com qualquer outro medicamento usado para o tratamento da rinite. Informe seu médico se você estiver tomando medicamentos para o tratamento de infecções causadas por fungos (como cetoconazol).

A cimetidina nas doses recomendadas tem efeito discreto, mas clinicamente insignificante sobre a farmacocinética da budesonida oral.

O uso concomitante de budesonida intranasal e inibidores do citocromo P450 CYP3A4 podem causar eventos adversos sistêmicos, como Síndrome de Cushing e supressão adrenal.

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Interação alimentícia: posso usar o Inalide com alimentos?

Suspensão aquosa 50 mcg e 100 mcg

O uso concomitante de Budesonida spray nasal e suco de grapefruit (toranja) pode aumentar os níveis séricos deste medicamento.

Não há dados que indiquem interação com álcool.

Cápsula dura

Não há dados que indiquem interação com alimento ou com álcool.

Qual a ação da substância do Inalide (Budesonida)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <h4>Rinite</h4> <p>A Budesonida uma vez ao dia &#xE9; efetiva no tratamento de rinite sazonal e perene em adultos e crian&#xE7;as, como demonstrado pelos resultados de estudos randomizados, duplo-cegos, controlados por placebo. A Budesonida possui um r&#xE1;pido in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o, com efeitos significativos em sintomas espec&#xED;ficos ap&#xF3;s 3-5 horas, com efic&#xE1;cia geral atingida muito rapidamente em 7 horas. A Budesonida tamb&#xE9;m possui dura&#xE7;&#xE3;o de a&#xE7;&#xE3;o prolongada, permitindo a administra&#xE7;&#xE3;o di&#xE1;ria &#xFA;nica (DAY J et al. Am J Rhinol 1997; 11:77; PEDERSEN S et al. Ann Allergy Asthma Immunol.1998; 81:128).</p> <h4>Rinite al&#xE9;rgica sazonal</h4> <p>Na rinite sazonal diversos estudos cl&#xED;nicos suportam a efetividade da Budesonida em dosagens de 32-64 mcg 1-2 doses em cada narina, administrado inicialmente em uma dose inicial maior e depois ajustado para a dose de manuten&#xE7;&#xE3;o m&#xED;nima (DAY J et al. Am J Rhinol 1997; 11:77, MELTZER E. Ann Allergy Asthma Immunol 1998; 81:128). Por exemplo, em um estudo em pacientes com rinite al&#xE9;rgica sazonal induzida por ambr&#xF3;sia, 64 mcg de Budesonida uma vez ao dia foi dose m&#xED;nima efetiva durante a esta&#xE7;&#xE3;o de poliniza&#xE7;&#xE3;o (CRETICOS P et al. Allergy Asthma Proc 1998; 19:285). A melhora significativa devida ao tratamento com Budesonida foi demonstrada em avalia&#xE7;&#xE3;o de qualidade de vida (OSTINELLI J et al. J Allergy Clin Immunol 1998; 101: S97).</p> <h4>Rinite al&#xE9;rgica perene</h4> <p>A Budesonida &#xE9; tamb&#xE9;m bem documentada na rinite perene com al&#xED;vio de sintomas como, por exemplo, obstru&#xE7;&#xE3;o nasal, coriza, espirros, prurido nasal e melhoria na sa&#xFA;de relacionada ao escore de qualidade de vida (DAY J et al. J Allergy Clin Immunol 1998; 102:902, MELTZER E. Ann Allergy Asthma Immunol 1998; 81:128, ST&#xC5;HL E et al. J Allergy Clin Immunol 2000; 105(1): S94 (abstract 279)).</p> <h4>Rinite perene n&#xE3;o-al&#xE9;rgica</h4> <p>Rinite perene n&#xE3;o-al&#xE9;rgica &#xE9; caracterizada por sintomas nasais persistentes que n&#xE3;o resultam de eventos imunopatol&#xF3;gicos mediados por IgE.</p> <p>O diagn&#xF3;stico da rinite n&#xE3;o al&#xE9;rgica &#xE9; frequentemente um diagn&#xF3;stico de exclus&#xE3;o, quando uma etiologia al&#xE9;rgica pode ser substanciada por testes diagn&#xF3;sticos. Os sintomas podem ser similares &#xE0; rinite al&#xE9;rgica, mas com menor quantidade de prurido nasal, de n&#xFA;mero de epis&#xF3;dios de espirros e queixas conjuntivais. Rinite vasomotora e rinite n&#xE3;o-al&#xE9;rgica eosinof&#xED;lica s&#xE3;o causas comuns.</p> <p>A Budesonida mostrou ser eficaz em estudos cl&#xED;nicos (at&#xE9; 12 meses) demonstrando sintomas nasais reduzidos em doses de 200 - 400 mcg. Em estudos em pacientes com rinite n&#xE3;o-al&#xE9;rgica perene, uma redu&#xE7;&#xE3;o de secre&#xE7;&#xE3;o nasal induzida por metacolina e escores de sintomas foi demonstrada (MALM L et al. Allergy 1981; 36 (3):209). Em estudos de 12 meses, com dosagem de 400 mcg uma vez ao dia, reduziu efetivamente todos os sintomas nasais mensurados por escalas de pontua&#xE7;&#xE3;o de 4 pontos incluindo rinoscopia (SYNNERSTAD B et al. Br J Clin Pract. 1996; 50(7):363). Em um estudo de 6 meses de efic&#xE1;cia e 12 meses de seguran&#xE7;a, no qual a maioria dos pacientes possu&#xED;am rinite perene n&#xE3;o al&#xE9;rgica, tratamento efetivo e seguro foram conclu&#xED;dos na dosagem de 200-400 mcg uma vez ao dia (LINDQVIST N et al. Eur J Respir Dis 1982; 63 (Suppl 122):270; LINDQVIST N et al. Allergy 1986; 41(3):179). Um efeito significativo foi tamb&#xE9;m confirmado em um estudo de 12 meses em compara&#xE7;&#xE3;o com cetirizina (RINNE J et al. J Allergy Clin Immunol. 2002; 109(3):426).</p> <h4>Tratamento de p&#xF3;lipos nasais / Preven&#xE7;&#xE3;o de p&#xF3;lipos nasais ap&#xF3;s polipectomia</h4> <p>P&#xF3;lipos nasais causam obstru&#xE7;&#xE3;o nasal e sintomas relacionados, como hiper-reatividade nasal n&#xE3;o espec&#xED;fica, rinorreia, espirros e perda do olfato. A maioria dos casos de p&#xF3;lipos nasais respondem bem ao tratamento de glicocorticosteroides nasais. Uma estrat&#xE9;gia terap&#xEA;utica combinada com cirurgia e tratamento com glicocorticosteroides nasais &#xE9; comumente praticada. Ap&#xF3;s a remo&#xE7;&#xE3;o cir&#xFA;rgica dos p&#xF3;lipos nasais, polipose nasal sintom&#xE1;tica pode reocorrer.</p> <p>Diversos estudos controlados demonstraram que a Budesonida reduz o tamanho dos p&#xF3;lipos, melhora os sintomas nasais e reduz a frequ&#xEA;ncia de recorr&#xEA;ncia de cirurgias (LILDHOLDT T et al. Archives of Otolaryngology - Head and Neck Surgery 1997; 123:595; RUHNO J et al. J Allergy Clin Immunol 1990;86:946-53; TOS M et al. Am J Rhinol 1998; 12:183).</p> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <p>Day et al. (2000) desenharam um estudo duplo cego randomizado de grupos paralelos, a Budesonida spray aquosa nasal foi testada nas doses de 64 a 256 mcg versus placebo, em 217 pacientes com hist&#xF3;ria de sensibilidade a p&#xF3;len h&#xE1; pelo menos 1 ano e com provoca&#xE7;&#xE3;o nasal como teste de controle, observou-se que entre 7 a 12 horas os usu&#xE1;rios da Budesonida apresentaram redu&#xE7;&#xE3;o na obstru&#xE7;&#xE3;o nasal e nos sintomas quando comparados ao grupo placebo, sendo que o in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o (por volta de 3 horas) foi menor no grupo que fez uso das maiores doses de Budesonida quando comparado ao placebo. O grupo que fez uso da dose de 64 mcg apresentou resultados semelhantes, por&#xE9;m com in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o por volta de 3 a 5 horas. A efic&#xE1;cia do tratamento foi maior para Budesonida em compara&#xE7;&#xE3;o ao placebo a partir de 5 horas. Todos os tratamentos foram bem tolerados e nenhum evento adverso espec&#xED;fico foi relatado.</p> <p>Com base no uso da Budesonida t&#xF3;pica nasal para al&#xED;vio dos sintomas da rinite al&#xE9;rgica, Gurevich et al. (2005) realizaram estudo cruzado, duplo-cego, placebo controlado com objetivo prim&#xE1;rio de avaliar a melhora do sono, diminui&#xE7;&#xE3;o da sonol&#xEA;ncia e da <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-fadiga-muscular-cronica-adrenal-etc-e-como-tratar/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">fadiga</a> em pacientes tratados com Budesonida intranasal spray. Os pesquisadores selecionaram 26 pacientes (n=26) que foram tratados com 128 mcg/dia de Budesonida ou com placebo, e que foram avaliados segundo a Escala de Sonol&#xEA;ncia de Epworth, di&#xE1;rio pessoal, e question&#xE1;rios com foco nos sintomas nasais, qualidade do sono, sonol&#xEA;ncia e fadiga diurna, durante o per&#xED;odo de 8 semanas. Os resultados do estudo mostraram que os pacientes tratados com Budesonida intranasal spray apresentaram melhora dos par&#xE2;metros analisados e que esta melhora foi estatisticamente significante para a congest&#xE3;o nasal (p = 0.04), sonol&#xEA;ncia diurna (p = 0.01) e redu&#xE7;&#xE3;o na fadiga diurna (p= 0.08) quando comparada ao controle. As medidas do sono tamb&#xE9;m mostraram melhora estatisticamente significativa dos par&#xE2;metros analisados (p=0,04). Budesonida intranasal spray foi efetiva na redu&#xE7;&#xE3;o da congest&#xE3;o nasal, sonol&#xEA;ncia e fadiga diurna, al&#xE9;m de melhorar a qualidade do sono do paciente com rinite al&#xE9;rgica perene.</p> <p>Em uma revis&#xE3;o de estudos no MEDLINE (abril de 1966 - 2003), Stanaland (2004) analisou os resultados de estudos cl&#xED;nicos controlados, duplo-cegos e randomizados, considerando a efic&#xE1;cia, perfil de seguran&#xE7;a, efeitos sobre a qualidade de vida, prefer&#xEA;ncia do paciente e custo-efetividade da Budesonida aquosa intranasal spray, aplicada uma vez ao dia, no tratamento da Rinite Al&#xE9;rgica. Com base nos resultados dos estudos analisados, a Budesonida intranasal administrada uma vez ao dia foi considerada um tratamento eficaz para rinite al&#xE9;rgica sazonal e perene, mesmo em doses baixas como 64 mcg (32 mcg em cada narina). A Budesonida intranasal foi bem tolerada nos estudos analisados, com um perfil de eventos adversos similar ao placebo, e n&#xE3;o causou, clinicamente, supress&#xE3;o significativa da fun&#xE7;&#xE3;o do eixo hipot&#xE1;lamohip&#xF3;fise-adrenal, em doses 4 vezes superiores &#xE0; dose inicial recomendada.</p> <p>Em conclus&#xE3;o, a Budesonida intranasal uma vez por dia, &#xE9; altamente eficaz e bem tolerada para a rinite al&#xE9;rgica sazonal e perene em adultos e crian&#xE7;as, com uma gama de eventos adversos similares a do placebo.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Day, H. et al., Onset of action of intranasal budesonide (Rhinocort Aqua) in seasonal allergic rhinitis studies in a controlled exposure model. J Allergy Clin Immunol . 105:489-94,2000<br> Gurevich F. et al. The Effect of Intranasal Steroid Budesonide on the Congestion-Related Sleep Disturbance and Daytime Somnolence in Patients with Perennial Allergic Rhinitis . Allergy and Asthma Proc. 26:268 &#x2013;274, 2005.<br> Stanaland, B. E. et al. Once-Daily Budesonide Aqueous Nasal Spray for Allergic Rhinitis: A Review. Clin Ther. vol. 26 (4):473-492,2004.</br></br></span></p> <h3>C&#xE1;psula dura</h3> <p>A Budesonida 200 &#x3BC;g, em compara&#xE7;&#xE3;o com o placebo, resultou em melhora significativa da resposta das vias a&#xE9;reas respirat&#xF3;rias dos pacientes &#xE0; bronco provoca&#xE7;&#xE3;o com metilcolina no final do tratamento (p&lt; 0.001). Entre os pacientes tratados com Budesonida 200&#x3BC;g, a taxa de hospitaliza&#xE7;&#xE3;o foi de 43% menor (p=0.04) do que entre aqueles que usaram placebo. Tamb&#xE9;m houve uma redu&#xE7;&#xE3;o significativamente maior no uso de broncodilatador para al&#xED;vio dos sintomas (p&lt;0.001).</p> <p>Outros estudos demonstraram que os grupos tratados com Budesonida, comparados com aqueles que receberam placebo, tiveram melhoras estatisticamente significativas na m&#xE9;dia dos n&#xED;veis do pico do fluxo expirat&#xF3;rio matinal e noturno (p&lt;0.01) e na m&#xE9;dia dos valores do volume expirat&#xF3;rio for&#xE7;ado (p&lt;0.016).</p> <p>Em um estudo, pacientes adultos com asma persistente leve que nunca fizeram uso de corticosteroide receberam Budesonida inalat&#xF3;rio 100&#x3BC;g duas vezes ao dia ou placebo por 12 meses. Pode-se observar que o in&#xED;cio da terapia com Budesonida reduziu significativamente o risco de ter uma primeira exacerba&#xE7;&#xE3;o grave da asma em 60% dos pacientes. O n&#xFA;mero de dias com asma mal controlada foi reduzido em 48%, comparado com placebo. Os pacientes demonstraram tamb&#xE9;m melhora significativa na m&#xE9;dia di&#xE1;ria e noturna dos n&#xED;veis do pico do fluxo expirat&#xF3;rio com Budesonida 400 ou 800&#x3BC;g/dia, comparado com placebo (ambos p&lt;0.01). Outro estudo demonstrou uma melhora estatisticamente significativa nos n&#xED;veis do pico de fluxo expirat&#xF3;rio em pacientes que come&#xE7;aram a terapia com Budesonida nos est&#xE1;gios iniciais da doen&#xE7;a, comparado com aqueles que tinham sido diagnosticados com asma por um longo per&#xED;odo de tempo (p&lt;0.05).</p> <p>Muitos estudos sugerem que, para a manuten&#xE7;&#xE3;o do controle dos sintomas da asma em lactantes e crian&#xE7;as com asma leve, a administra&#xE7;&#xE3;o de Budesonida uma vez ao dia &#xE9; mais efetiva do que a administra&#xE7;&#xE3;o duas vezes ao dia.</p> <p>Conclui-se que os estudos realizados em adultos e crian&#xE7;as t&#xEA;m demonstrado que a formula&#xE7;&#xE3;o de Budesonida &#xE9; altamente eficaz no tratamento de rinite sazonal e perene, com uma gama de eventos adversos similares a do placebo.</p> <p>A Budesonida inalat&#xF3;ria mostrou ser poupadora de corticosteroide oral em pacientes com asma grave, reduzindo assim a dose de corticosteroide total e o risco de efeitos colaterais sist&#xEA;micos. Em outro estudo com mulheres gr&#xE1;vidas com asma, o grupo que usou Budesonida inalat&#xF3;ria ou beclometasona demonstrou ter reduzido a incid&#xEA;ncia das exacerba&#xE7;&#xF5;es de asma aguda (4% dos pacientes), comparado a mulheres que n&#xE3;o foram tratadas com corticosteroides inalat&#xF3;rio (18% dos pacientes) p&lt;0.0001.</p> <p><strong>Refer&#xEA;ncias Bibliogr&#xE1;ficas:</strong></p> <p><span style=\"font-size:11px\">Eigen H: Efficacy of Budesonide in Inhaled Corticosteroid-Naive Patients and Patients with mild Persistent Asthma. Clin Therapeutics, 2002; 24 n&#xBA; 7: 1035-47.<br> O&#xB4;Connell EJ: Efficacy of Budesonide in Moderate to Severe Asthma. Clin Therapeutics, 2002; 24 n&#xBA;6: 887-905.<br> Szefler S, Pedersen S: Role of Budesonide as mantenance Therapy for children with Asthma. Pediatr Pulmonol. 2003; 36:13-21.<br> Gluck PA, Gluck JC: A review of pregnancy outcomes after exposure to orally inhaled or intranasal budesonide. Cur Med Res and opin. 2005; 21 (7): 1075-1084.</br></br></br></span></p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 32 mcg e 64 mcg</h3> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito anti-inflamat&#xF3;rio local.</p> <p>O mecanismo de a&#xE7;&#xE3;o exato dos glicocorticosteroides no tratamento da rinite n&#xE3;o est&#xE1; totalmente elucidado. A&#xE7;&#xF5;es anti-inflamat&#xF3;rias, como a inibi&#xE7;&#xE3;o da libera&#xE7;&#xE3;o do mediador inflamat&#xF3;rio e das respostas imunes mediadas pela citocina s&#xE3;o provavelmente importantes. A pot&#xEA;ncia intr&#xED;nseca da Budesonida, medida como a afinidade pelo receptor de glicocorticoide, &#xE9; cerca de 15 vezes maior que da prednisolona.</p> <p>Um estudo cl&#xED;nico em rinite sazonal comparando Budesonida intranasal e oral com placebo mostrou que o efeito terap&#xEA;utico da Budesonida pode ser totalmente explicado pela a&#xE7;&#xE3;o local.</p> <p>A Budesonida, administrada profilaticamente, demonstrou ter efeito protetor contra a eosinofilia e a hiperresponsividade induzidas por provoca&#xE7;&#xE3;o nasal.</p> <p>Nas doses recomendadas, a Budesonida n&#xE3;o causa qualquer altera&#xE7;&#xE3;o cl&#xED;nica importante, nem nos n&#xED;veis de cortisol plasm&#xE1;tico basal, nem na resposta &#xE0; estimula&#xE7;&#xE3;o com horm&#xF4;nio adrenocorticotr&#xF3;fico (ACTH) em pacientes com rinite. Entretanto, supress&#xE3;o dose-relacionada do cortisol plasm&#xE1;tico e urin&#xE1;rio tem sido observada em volunt&#xE1;rios sadios ap&#xF3;s um curto per&#xED;odo de administra&#xE7;&#xE3;o da Budesonida.</p> <h4>Propriedades Farmacocin&#xE9;ticas</h4> <h5>Absor&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A disponibilidade sist&#xEA;mica da Budesonida a partir da administra&#xE7;&#xE3;o intranasal &#xE9; de 6-16%, enquanto a biodisponibilidade pulmonar &#xE9; de 28%.</p> <h5>Distribui&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A Budesonida tem um volume de distribui&#xE7;&#xE3;o de aproximadamente 3 L/kg. A taxa de liga&#xE7;&#xE3;o &#xE0;s <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">prote&#xED;nas</a> plasm&#xE1;ticas &#xE9; em m&#xE9;dia 85-90%.</p> <h5>Metaboliza&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>A Budesonida sofre um extenso grau de metaboliza&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica (aproximadamente 90%) na primeira passagem pelo <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/figado/c\" target=\"_blank\">f&#xED;gado</a> para metab&#xF3;litos com baixa atividade glicocorticosteroide. A atividade glicocorticosteroide dos principais metab&#xF3;litos, 6-beta-hidroxiBudesonida e 16-alfa-hidroxiprednisolona, &#xE9; menor que 1% da atividade da Budesonida. O metabolismo da Budesonida &#xE9; mediado principalmente pela CYP3A, uma subfam&#xED;lia do citocromo P450. A Budesonida n&#xE3;o sofre inativa&#xE7;&#xE3;o metab&#xF3;lica local no nariz.</p> <h5>Elimina&#xE7;&#xE3;o</h5> <p>Os metab&#xF3;litos s&#xE3;o excretados como tal ou na forma conjugada, principalmente pela via renal. N&#xE3;o foi detectada Budesonida &#xED;ntegra na urina.</p> <p>A Budesonida tem uma depura&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica de 0,92 a 1,4 L/min e a meia-vida plasm&#xE1;tica da Budesonida n&#xE3;o modificada ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o inalat&#xF3;ria ou intravenosa &#xE9; de 2-4 horas.</p> <h5>Linearidade</h5> <p>A cin&#xE9;tica da Budesonida &#xE9; proporcional &#xE0;s doses clinicamente relevantes.</p> <h5>Crian&#xE7;as</h5> <p>A disponibilidade sist&#xEA;mica total em crian&#xE7;as de 3 a 6 anos &#xE9; de aproximadamente 6% da dose administrada e o pico de concentra&#xE7;&#xE3;o plasm&#xE1;tica de 2,6 nmol / L &#xE9; atingido de 10 a 30 minutos ap&#xF3;s a inala&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>A depura&#xE7;&#xE3;o sist&#xEA;mica &#xE9; aproximadamente 50% mais alta que em adultos saud&#xE1;veis.</p> <h3>Suspens&#xE3;o aquosa 50 mcg e 100 mc</h3> <h4>Modo de a&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>Budesonida cont&#xE9;m em sua f&#xF3;rmula um &#xFA;nico princ&#xED;pio ativo, a Budesonida, glicocorticoide n&#xE3;o halogenado de s&#xED;ntese, cuja principal propriedade consiste na elevada rela&#xE7;&#xE3;o entre sua potente atividade anti-inflamat&#xF3;ria local e atividade sist&#xEA;mica muito baixa. Seu in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o ocorre em cerca de 10 a 24 horas ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o, com pico de a&#xE7;&#xE3;o de 1 dia a 2 semanas.</p> <p>Os corticosteroides t&#xEA;m v&#xE1;rios mecanismos de a&#xE7;&#xE3;o, incluindo atividade anti-inflamat&#xF3;ria, propriedades imunossupressoras e a&#xE7;&#xF5;es antiproliferativas. Os efeitos <a href=\"https://consultaremedios.com.br/dor-febre-e-contusao/anti-inflamatorios/c\" target=\"_blank\">anti-inflamat&#xF3;rios</a> resultam da redu&#xE7;&#xE3;o da forma&#xE7;&#xE3;o, libera&#xE7;&#xE3;o e atividade dos mediadores inflamat&#xF3;rios (ex.: cininas, histamina, liposomas, prostaglandinas e leucotrienos). Assim, ocorre a redu&#xE7;&#xE3;o das manifesta&#xE7;&#xF5;es iniciais do processo inflamat&#xF3;rio.</p> <p>Os corticoides inibem a margina&#xE7;&#xE3;o e subsequente migra&#xE7;&#xE3;o celular para o s&#xED;tio inflamat&#xF3;rio e tamb&#xE9;m revertem a dilata&#xE7;&#xE3;o e o aumento da permeabilidade vascular local, levando &#xE0; redu&#xE7;&#xE3;o do acesso celular ao s&#xED;tio. Essa a&#xE7;&#xE3;o vasoconstritora reduz o extravasamento vascular, o <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-edema-tipos-cerebral-pulmonar-etc-e-tratamento/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">edema</a> e o desconforto local.</p> <h4>Propriedades Farmacodin&#xE2;micas</h4> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticosteroide com grande efeito anti-inflamat&#xF3;rio local.</p> <p>O mecanismo de a&#xE7;&#xE3;o exato dos glicocorticosteroides no tratamento da rinite n&#xE3;o est&#xE1; totalmente elucidado. A&#xE7;&#xF5;es anti-inflamat&#xF3;rias, como a inibi&#xE7;&#xE3;o da libera&#xE7;&#xE3;o do mediador inflamat&#xF3;rio e das respostas imunes mediadas pela citocina s&#xE3;o provavelmente importantes. A pot&#xEA;ncia intr&#xED;nseca da Budesonida, medida como a afinidade pelo receptor de glicocorticoide, &#xE9; aproximadamente 15 vezes maior que da prednisolona.</p> <p>Um estudo cl&#xED;nico em rinite sazonal comparando Budesonida intranasal e oral com placebo mostrou que o efeito terap&#xEA;utico da Budesonida pode ser totalmente explicado pela a&#xE7;&#xE3;o local.</p> <p>A Budesonida, administrada profilaticamente, demonstrou ter efeito protetor contra a eosinofilia e a hiper-responsividade induzidas por provoca&#xE7;&#xE3;o nasal.</p> <p>Nas doses recomendadas, n&#xE3;o causa qualquer altera&#xE7;&#xE3;o cl&#xED;nica importante, nem nos n&#xED;veis de cortisol plasm&#xE1;tico basal, nem na resposta a estimula&#xE7;&#xE3;o com horm&#xF4;nio adrenocorticotr&#xF3;fico (ACTH) em pacientes com rinite. Entretanto, supress&#xE3;o dose-relacionada do cortisol plasm&#xE1;tico e urin&#xE1;rio tem sido observada em volunt&#xE1;rios sadios ap&#xF3;s um curto per&#xED;odo de administra&#xE7;&#xE3;o.</p> <h3>C&#xE1;psula dura</h3> <p>A Budesonida &#xE9; um glicocorticoide de s&#xED;ntese, n&#xE3;o halogenado, dotado de potente atividade anti-inflamat&#xF3;ria t&#xF3;pica (local) e atividade sist&#xEA;mica muito pequena (quando comparada com outros glicocorticoides). Isto garante melhor efic&#xE1;cia com menor risco de efeitos adversos t&#xED;picos resultantes do uso de corticoides.</p> <p>Seu in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o ocorre cerca de 20 horas ap&#xF3;s a administra&#xE7;&#xE3;o, com pico de a&#xE7;&#xE3;o de 1 a 2 semanas e dura&#xE7;&#xE3;o de a&#xE7;&#xE3;o de 12 a 24 horas, sendo que sua meia-vida de excre&#xE7;&#xE3;o &#xE9; de 2 a 3 horas.</p> <p>Os corticosteroides t&#xEA;m v&#xE1;rios mecanismos de a&#xE7;&#xE3;o, incluindo atividade anti-inflamat&#xF3;ria, propriedades imunossupressoras e a&#xE7;&#xF5;es anti proliferativas. Os efeitos anti-inflamat&#xF3;rios resultam da redu&#xE7;&#xE3;o da forma&#xE7;&#xE3;o, libera&#xE7;&#xE3;o e atividade dos mediadores inflamat&#xF3;rios (ex.: cininas, histamina, liposomas, prostaglandinas e leucotrienos). Assim h&#xE1; redu&#xE7;&#xE3;o das manifesta&#xE7;&#xF5;es iniciais do processo inflamat&#xF3;rio. Os corticoides inibem a margina&#xE7;&#xE3;o e subsequente migra&#xE7;&#xE3;o celular para o s&#xED;tio inflamat&#xF3;rio e tamb&#xE9;m revertem a dilata&#xE7;&#xE3;o e o aumento da permeabilidade vascular local, levando &#xE0; redu&#xE7;&#xE3;o do acesso celular ao s&#xED;tio. Essa a&#xE7;&#xE3;o vasoconstritora reduz o extravasamento vascular, o edema e o desconforto local.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Inalide?

Você deve conservar o Inalide em temperatura ambiente (15°C a 30°C). Proteger da luz e manter em lugar seco.

Sempre recolocar a tampa protetora no frasco após o uso.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido. Guarde-o em sua embalagem original.

Características do medicamento

O Inalide é uma suspensão homogênea, na cor branca e isenta de material estranho.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Limpeza

Limpe as partes plásticas superiores regularmente (aplicador e tampa protetora), conforme as instruções abaixo:&nbsp;
{"tag":"ol","value":" <li>Remova a tampa protetora.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>&amp;nbsp;Puxe o aplicador delicadamente para cima, retirando-o do frasco.</li> "}

{"tag":"ol","value":" <li>Lave o aplicador e a tampa protetora em &#xE1;gua morna e deixe-os secar completamente ao ar livre antes de recoloc&#xE1;-los.</li> "}

Obs.: Não se deve tentar retirar as partes internas do aplicador.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Inalide

Registro M.S. 1.0235.1204

Farm. Resp.:
Telma Elaine Spina
CRF-SP nº 22.234

Registrado e fabricado por:
EMS S/A Rod.
Rod. Jornalista Francisco Aguirre Proença, Km 08.
Bairro Chácara Assay - Hortolândia –SP
CEP: 13186-901
CNPJ 57.507.378/0003-65
Indústria Brasileira





Comercializado por:&nbsp;
Multilab Ind. e Com. de Prod. Farm. Ltda.
São Jerônimo - RS

SAC:
0800 600 0660

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: EMS

© 2021 Medicamento Lab.