Eurofarma Heptar

25000UI, caixa com 50 frascos-ampolas com 5mL de solução de uso intravenoso (embalagem hospitalar)

Princípio ativo
:
Heparina Sódica Bovina
Classe Terapêutica
:
Heparinas Não Fracionada
Requer Receita
:
Sim, necessita de Receita
Tipo de prescrição
:
Branca Comum (Dispensação Sob Prescrição Médica Restrito a Hospitais)
Categoria
:
Anticoagulante
Especialidade
:
Nefrologia

Bula do medicamento

Heptar, para o que é indicado e para o que serve?

Heptar está indicado para o tratamento e profilaxia das afecções tromboembólicas (ocorrência de trombo que obstrui a passagem do sangue em algum vaso) em pacientes com doença crônica dos rins submetidos a hemodiálise.

Como o Heptar funciona?

{"tag":"hr","value":" <p>A heparina tem uma a&#xE7;&#xE3;o <a href=\"https://consultaremedios.com.br/sistema-cardiovascular-circulacao/anticoagulante/c\" target=\"_blank\">anticoagulante</a>, prevenindo a forma&#xE7;&#xE3;o de trombo nos vasos sangu&#xED;neos, que &#xE9; exercida por interm&#xE9;dio da <a href=\"https://consultaremedios.com.br/antitrombina-iii/bula\" target=\"_blank\">antitrombina III</a>, que &#xE9; uma prote&#xED;na que neutraliza v&#xE1;rios fatores ativados da coagula&#xE7;&#xE3;o. Esta inibi&#xE7;&#xE3;o est&#xE1; relacionada &#xE0; dose de heparina administrada.</p> <p>A heparina tamb&#xE9;m tem algum efeito sobre a fun&#xE7;&#xE3;o das plaquetas (c&#xE9;lulas sangu&#xED;neas que participam da forma&#xE7;&#xE3;o de trombos), inibindo a forma&#xE7;&#xE3;o de co&#xE1;gulos.</p> <p>Quando administrada por via endovenosa, o in&#xED;cio de a&#xE7;&#xE3;o da heparina &#xE9; imediato. Sua elimina&#xE7;&#xE3;o &#xE9; feita pelos rins.</p> <p>A insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica e/ou renal grave pode causar o ac&#xFA;mulo de heparina. O tempo pode ser um pouco maior em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal, com comprometimento da fun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica, ou <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/obesidade/c\" target=\"_blank\">obesidade</a> ou ser menor em pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/embolia-pulmonar/c\" target=\"_blank\">embolia pulmonar</a>, infec&#xE7;&#xF5;es ou malignidade.</p> "}

Quais as contraindicações do Heptar?

Heptar está contraindicado em paciente com sangramentos espontâneos sem causa determinada, com sangramento cerebral, com problemas graves de coagulação sanguínea, com mau funcionamento dos rins ou fígado, com hipertensão grave, com úlceras, com tumores malignos que têm vasos com permeabilidade alta no aparelho digestivo, nos casos com diminuição do número de plaquetas no sangue, em um tipo de infecção em partes do coração, quando realizada cirurgia nos olhos, no cérebro ou na medula espinhal (alto risco de sangramentos tardios), no aborto iminente e na alergia reconhecida à heparina.

Recoenda-se cautela quando heparina é utilizada no terceiro trimestre de&nbsp;gestação e no puerpério.

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.

Como usar o Heptar?

É recomendado ao profissional da saúde preparar Heptar com algumas soluções para infusão. Se possível, não misturar Heptar com outras substâncias medicamentosas. As soluções para infusão possuem validade de até 24 horas após sua preparação.

Vias de administração

Heptar é recomendado para uso intravenoso (em injeções diretas ou em infusão).

Posologia do Heptar

{"tag":"hr","value":" <p>A posologia de Heptar deve sempre ser ajustada e titulada &#xE0;s circunst&#xE2;ncias especiais de cada paciente (tipo e evolu&#xE7;&#xE3;o da patologia, peso corp&#xF3;reo, idade do paciente e efeitos secund&#xE1;rios, etc). &#xC9; necess&#xE1;ria aten&#xE7;&#xE3;o especial &#xE0; dosagem, pois com uma posologia demasiadamente baixa o processo tromb&#xF3;tico pode continuar a progredir com o risco de uma embolia grave. A posologia deve ser estabelecida com base nos resultados das provas de tempo de coagula&#xE7;&#xE3;o (exames de sangue) que permitem tamb&#xE9;m determinar a hora da pr&#xF3;xima dose de heparina, quando esta for administrada por via intravenosa e de forma repetida, ou segundo um esquema posol&#xF3;gico. A experi&#xEA;ncia cl&#xED;nica demonstrou que a posologia de heparina pode variar, segundo as indica&#xE7;&#xF5;es. Em pacientes com insufici&#xEA;ncia dos rins, o tratamento com Heptar deve ser institu&#xED;do levando-se em&amp;nbsp;considera&#xE7;&#xE3;o as provas de tempo de coagula&#xE7;&#xE3;o (TCA).</p> <h3>Hemodi&#xE1;lise</h3> <p>A dose de Heptar varia largamente, pois depende dos resultados dos testes de coagula&#xE7;&#xE3;o, do peso corp&#xF3;reo, do volume de circula&#xE7;&#xE3;o extracorp&#xF3;reo (volume de sangue que fica na m&#xE1;quina e circuito da hemodi&#xE1;lise). No in&#xED;cio da sess&#xE3;o de hemodi&#xE1;lise os pacientes geralmente recebem uma dose de ataque de heparina, seguida de infus&#xE3;o cont&#xED;nua at&#xE9; aproximadamente 1 hora antes do t&#xE9;rmino da di&#xE1;lise. Um estudo demonstrou que a dose de 150UI/kg demonstrou efetividade cl&#xED;nica e seguran&#xE7;a nos pacientes submetidos &#xE0; hemodi&#xE1;lise.</p> <h3>Controle do tratamento pela heparina</h3> <p>&#xC9; prudente que se monitore o tratamento com Heptar. Recomenda-se medi&#xE7;&#xE3;o de TTPA (Tempo de Tromboplastina Parcial Ativada, um tipo de exame de coagula&#xE7;&#xE3;o do sangue) a cada 6 horas ap&#xF3;s in&#xED;cio da terapia com Heptar at&#xE9; estabiliza&#xE7;&#xE3;o e depois uma vez ao dia, no mesmo hor&#xE1;rio de prefer&#xEA;ncia. Recomenda-se ainda realiza&#xE7;&#xE3;o de alguns exames e de fezes, periodicamente, durante a terapia com Heptar. A princ&#xED;pio n&#xE3;o h&#xE1; necessidade de controle laboratorial durante uso profil&#xE1;tico de Heptar, ficando a crit&#xE9;rio m&#xE9;dico a solicita&#xE7;&#xE3;o de exames laboratoriais de controle nesses casos.</p> <p><strong>Siga a orienta&#xE7;&#xE3;o de seu m&#xE9;dico, respeitando sempre os hor&#xE1;rios, as doses e a dura&#xE7;&#xE3;o do tratamento.</strong></p> <p><strong>N&#xE3;o interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu m&#xE9;dico.</strong></p> <h2>O que devo fazer quando eu me esquecer de usar o Heptar?</h2> <hr> <p>A administra&#xE7;&#xE3;o de Heptar &#xE9; realizada em ambiente hospitalar por profissional de sa&#xFA;de = habilitado e de acordo com prescri&#xE7;&#xE3;o e supervis&#xE3;o m&#xE9;dica. Desta forma n&#xE3;o &#xE9; esperado que ocorra esquecimento de dose.</p> <p><strong>Em caso de d&#xFA;vidas, procure orienta&#xE7;&#xE3;o do farmac&#xEA;utico ou de seu m&#xE9;dico, ou cirurgi&#xE3;o-dentista.</strong></p> </hr>"}

Quais cuidados devo ter ao usar o Heptar?

Os pacientes que desenvolvem grave diminuição do número de plaquetas no sangue, causada por heparina, com tendência a trombose nas artérias, poderão receber heparina somente após um exame que analisa a agregação das plaquetas. Dependendo do resultado, Heptar está contraindicado. Nestes casos, se a administração de heparina for absolutamente necessária, esta poderá ser iniciada independentemente de sua administração inicial, após a obtenção de um teste negativo de agregação plaquetária, porém a quantidade de plaquetas deve ser monitorada.

A menstruação normal não constitui uma contraindicação para o uso de Heptar.

A administração de heparina deverá ser imediatamente descontinuada se o paciente desenvolver novo quadro de trombose associado com diminuição do número de plaquetas. Se a continuação da heparinoterapia for essencial, a administração de uma diferente fonte de heparina poderá ser iniciada dependendo do resultado do teste de agregação plaquetária. A contagem de plaquetas, entretanto, deverá ser monitorada.

Lactação

Heptar não foi estudado durante o período de lactação. No entanto dados da literatura informam que heparina não é excretada no leite materno. A heparina não é absorvida pelo trato gastrintestinal.

Pacientes diabéticos

Pode ocorrer aumento do cálcio no sangue em pacientes diabéticos e/ou com mau funcionamento renal.

Quais as reações adversas e os efeitos colaterais do Heptar?

Frequente (≥ 1/100)

Coloração avermelhada da pele, hematoma abaixo da pele, irritação e úlcera no local da aplicação da injeção, queda do número de plaquetas no sangue induzida pela heparina, dor de cabeça leve a moderada.

Pouco frequente (≥ 1/1000 e < 1/100)

Presença de sangue na urina, queda de cabelo, alergia.

Raro (<1/1000)

Ocorrência de trombos, alergia grave, sangramentos graves, condição dolorosa e potencialmente danosa na qual o pênis ereto não retorna ao seu estado flácido, elevação de enzimas do fígado, aumento de cálcio no sangue, osteoporose.

Informe ao seu médico, cirurgião-dentista ou farmacêutico o aparecimento de reações indesejáveis pelo uso do medicamento. Informe também a empresa através de seu serviço de atendimento.

População Especial

Insuficiência hepática

Especiais precauções devem ser tomadas quando da administração de Heptar em pacientes que apresentem algum sinal ou queixa de problemas no fígado (com alergia à heparina) ou após intervenções do fígado e vias biliares.&nbsp;

Gravidez

A heparina não atravessa a placenta. Cautela é recomendada quando heparina é utilizada durante o último trimestre da gravidez ou durante o período pós-parto devido ao aumento do risco de sangramento materno.&nbsp;

Ajustes de dosagem podem ser necessários devido à expansão do volume sanguíneo nos estágios de gravidez avançada.&nbsp;

Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista.&nbsp;

Pacientes idosos

Para pacientes com idade ≥ 65 anos devem ser seguidas as mesmas recomendações de pacientes adultos.&nbsp;

Insuficiência Renal e Hepática

Em pacientes com mau funcionamento dos rins, fígado ou da coagulação, o tratamento com Heptar deve ser instituído levando-se em consideração as provas de coagulação (exames de sangue que testam a coagulação do sangue).&nbsp;

Entretanto, Heptar está contraindicado em pacientes com insuficiência renal e do fígado grave.

Qual a composição do Heptar?

Cada mL de Heptar contém:

{"tag":"table","value":{"heading":["<table border=\"1\" cellpadding=\"1\" cellspacing=\"1\" style=\"width:100%\"> <tbody> <tr> <td> <p style=\"text-align:center\"><a href=\"https://consultaremedios.com.br/heparina-sodica/bula\" target=\"_blank\">Heparina s&#xF3;dica</a> bovina</p> </td> <td> <p style=\"text-align:center\">5.000 UI</p> </td> </tr> <tr> <td> <p style=\"text-align:center\">Excipientes*</p> </td> <td> <p style=\"text-align:center\">1 mL</p> </td> </tr> </tbody> </table>"],"rows":[]}}

*Cloreto de sódio, álcool benzílico e água para injetáveis.

Apresentação do&nbsp;Heptar

{"tag":"hr","value":" <p>Solu&#xE7;&#xE3;o injet&#xE1;vel 5000 UI / mL. Embalagem contendo 50 frascos-ampola com 5 mL.</p> <p><strong>Uso intravenoso.</strong></p> <p><strong>Uso adulto.</strong></p> "}

Superdose: o que acontece se tomar uma dose do Heptar maior do que a recomendada?

Superdose de Heptar pode provocar sangramentos. As medidas a serem tomadas caso ocorra sangramento consistem em - redução da dose, interrupção do tratamento e, em casos graves, neutralização com&nbsp;protamina 1000 UI (antídoto da heparina).

Ação antagonista do cloridrato de protamina 1000 UI

O cloridrato de protamina 1000 UI inativa rapidamente a heparina; 1000 UI de protamina inativa 1000 UI de Heptar. A quantidade necessária de protamina depende da concentração de heparina circulante no sangue, ou seja, da dose administrada e do tempo transcorrido após a administração da injeção.

Caso a concentração de heparina não seja conhecida, recomenda-se inicialmente não administrar mais do que 1000 UI de protamina, injetando-se lentamente por via intravenosa. A administração da protamina deve ser interrompida ao normalizar-se o tempo de trombina, a fim de se evitar um excesso de protamina.

Em caso de uso de grande quantidade deste medicamento, procure rapidamente socorro médico e leve a embalagem ou bula do medicamento, se possível. Ligue para 0800 722 6001, se você precisar de mais orientações.

Interação medicamentosa: quais os efeitos de tomar Heptar com outros remédios?

Pode ocorrer aumento de potência mediante o uso concomitante com medicamentos com ácido salicílico, anti-inflamatórios não esteróides, anticoagulantes orais, antagonistas de vitamina K, dextranos (substâncias usadas em&nbsp;contrastes), dipiridamol, corticosteróides ou di-hidroergotamina, ou outros medicamentos que atuem na coagulação e agregação plaquetária como, por exemplo, a ticlopidina. Em tratamento prolongado evitar o uso com corticóides.

A diminuição do efeito da heparina pode ocorrer em casos de administração concomitante de antihistamínicos, digitálicos, tetraciclinas e em relação aos abusos de administração de nitroglicerina como também de nicotina.

O uso de Heptar pode ocasionar aumento transitório de algumas enzimas hepáticas, aumento do cálcio no sangue e diminuição do número de plaquetas. A elevação do cálcio no sangue pode estar mais relacionada ao uso crônico da heparina.

Heptar&nbsp;contém heparina sódica de origem bovina, possuindo, portanto, algumas características diferentes das heparinas sódicas de origem suína. Desta forma, seu médico deve prestar atenção especial à dosagem. A quantidade de heparina necessária a cada paciente deve ser estabelecida com base nos resultados das provas de tempo de coagulação (exames de sangue).

Informe ao seu médico ou cirurgião-dentista se você está fazendo uso de algum outro medicamento.

Não use medicamento sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para a sua saúde.

Qual a ação da substância do Heptar (Heparina Sódica Bovina)?

Resultados de Eficácia

{"tag":"hr","value":" <p>Um estudo cl&#xED;nico foi realizado com 110 pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica, adultos, de ambos sexos e que foram submetidos a sess&#xF5;es de hemodi&#xE1;lise 3 vezes por semana, os quais receberam Heparina S&#xF3;dica Bovina, na dose de 150 UI por kg de peso. Os pacientes foram avaliados e acompanhados clinicamente e laboratorialmente durante 12 sess&#xF5;es de hemodi&#xE1;lise com o objetivo de verificar a seguran&#xE7;a do uso de Heparina S&#xF3;dica Bovina</p> <h3>Os par&#xE2;metros de avalia&#xE7;&#xE3;o foram:</h3> <p>Curva de efeito farmacodin&#xE2;mico (atividade) da heparina verificada pela dosagem dos marcadores TTPA e anti-Xa.</p> <h4>Efic&#xE1;cia na manuten&#xE7;&#xE3;o da coagula&#xE7;&#xE3;o sangu&#xED;nea no per&#xED;odo de hemodi&#xE1;lise nos seguintes aspectos:</h4> <ul> <li>Perda de sangue por coagula&#xE7;&#xE3;o do sistema;</li> <li>Coagula&#xE7;&#xE3;o sangu&#xED;nea (alterada) e perda do capilar venoso;</li> <li>Trombo do capilar dialisador durante as 12 sess&#xF5;es de acompanhamento.</li> </ul> <h4>Seguran&#xE7;a do uso do medicamento por meio do monitoramento dos eventos adversos como:</h4> <ul> <li>Aumento de hemat&#xF3;crito ap&#xF3;s as sess&#xF5;es de hemodi&#xE1;lise;</li> <li>Presen&#xE7;a de hematoma;</li> <li>Trombocitopenia;</li> <li>Febre;</li> <li>Rea&#xE7;&#xF5;es adversas;</li> <li>Presen&#xE7;a de sangramento durante e ap&#xF3;s a hemodi&#xE1;lise nas 12 sess&#xF5;es consecutivas.</li> </ul> <p>Os eventos adversos mais comuns foram hemat&#xFA;ria com resolu&#xE7;&#xE3;o espont&#xE2;nea, incid&#xEA;ncia de sangramento pouco significativa (3,63%), no grupo estudado n&#xE3;o se observou plaquetopenia significativa com quadro cl&#xED;nico associado, n&#xE3;o houve presen&#xE7;a de rea&#xE7;&#xF5;es al&#xE9;rgicas ao Heparina S&#xF3;dica Bovina Desta forma o estudo com Heparina S&#xF3;dica Bovina demonstrou efic&#xE1;cia e seguran&#xE7;a tanto do ponto de vista cl&#xED;nico quanto laboratorial na indica&#xE7;&#xE3;o de manuten&#xE7;&#xE3;o da circula&#xE7;&#xE3;o sangu&#xED;nea extracorp&#xF3;rea em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal cr&#xF4;nica.</p> <h2>Caracter&#xED;sticas Farmacol&#xF3;gicas</h2> <hr> <h3>Farmacocin&#xE9;tica</h3> <h4>Mecanismo de a&#xE7;&#xE3;o / Efeito</h4> <p>A&amp;nbsp;heparina age pela a&#xE7;&#xE3;o da <a href=\"https://consultaremedios.com.br/antitrombina-iii/bula\" target=\"_blank\">antitrombina III</a> sobre v&#xE1;rios fatores de coagula&#xE7;&#xE3;o ativados, incluindo a trombina (fator IIa) e os fatores IXa, Xa, XIa e XIIa. A inibi&#xE7;&#xE3;o &#xE9; dose/dependente. Com doses terap&#xEA;uticas normais a heparina tem um efeito inibit&#xF3;rio sobre a trombina e o fator Xa. A inibi&#xE7;&#xE3;o da trombina bloqueia a convers&#xE3;o&amp;nbsp;do <a href=\"https://consultaremedios.com.br/fibrinogenio/bula\" target=\"_blank\">fibrinog&#xEA;nio</a> em fibrina, bem como a inibi&#xE7;&#xE3;o do fator Xa bloqueia a convers&#xE3;o da protrombina em trombina. Doses muito altas est&#xE3;o associadas com a redu&#xE7;&#xE3;o da atividade de antitrombina III. A heparina tamb&#xE9;m tem algum efeito sobre a fun&#xE7;&#xE3;o plaquet&#xE1;ria, inibindo a forma&#xE7;&#xE3;o de um co&#xE1;gulo de fibrina est&#xE1;vel e tamb&#xE9;m apresenta um efeito antilipid&#xEA;mico.</p> <h4>Liga&#xE7;&#xE3;o &#xE0;s <a href=\"https://minutosaudavel.com.br/proteinas/\" rel=\"noopener\" target=\"_blank\">Prote&#xED;nas</a></h4> <p>A liga&#xE7;&#xE3;o &#xE0;s prote&#xED;nas &#xE9; elevada principalmente para lipoprote&#xED;nas de baixa densidade, tamb&#xE9;m &#xE9; vinculada &#xE0;s globulinas e ao fibrinog&#xEA;nio. As prote&#xED;nas muito b&#xE1;sicas (protaminas) neutralizam sua a&#xE7;&#xE3;o.</p> <p>A concentra&#xE7;&#xE3;o eficaz &#xE9; de cerca de 0,6 &#xB1; 0,3 UI/mL de plasma na terap&#xEA;utica e a 0,05 0,2 UI/mL de plasma na profilaxia. Uma vez que a heparina atua no sangue, a distribui&#xE7;&#xE3;o nos tecidos &#xE9; praticamente destitu&#xED;da de import&#xE2;ncia cl&#xED;nica.</p> <h4>Biotransforma&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>A&amp;nbsp;biotransforma&#xE7;&#xE3;o ocorre por via hep&#xE1;tica, no entanto, a principal via, &#xE9; o sistema reticuloendotelial. O endot&#xE9;lio vascular e o sistema reticuloendotelial captam e provavelmente promovem a degrada&#xE7;&#xE3;o de Heparina S&#xF3;dica Bovina</p> <h4>Meia-vida</h4> <p>O&amp;nbsp;T &#xBD; de Heparina S&#xF3;dica Bovina &#xE9; de aproximadamente 1,5 horas. O tempo pode ser um pouco maior em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal, com comprometimento da fun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica ou <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-digestivo/obesidade/c\" target=\"_blank\">obesidade</a>, ou ser menor em pacientes com <a href=\"https://consultaremedios.com.br/aparelho-respiratorio/embolia-pulmonar/c\" target=\"_blank\">embolia pulmonar</a>, infec&#xE7;&#xF5;es ou malignidade.</p> <h4>In&#xED;cio da a&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>O&amp;nbsp;inicio de a&#xE7;&#xE3;o por inje&#xE7;&#xE3;o direta intravenosa &#xE9; imediata.</p> <h4>Elimina&#xE7;&#xE3;o</h4> <p>A&amp;nbsp;elimina&#xE7;&#xE3;o de Heparina S&#xF3;dica Bovina &#xE9; renal e geralmente na forma de metab&#xF3;litos. A heparina n&#xE3;o &#xE9; eliminada por processos dial&#xED;ticos.</p> <h4>Precau&#xE7;&#xF5;es</h4> <p>Pacientes com hist&#xF3;ria de alergia, especialmente aqueles que s&#xE3;o al&#xE9;rgicos a prote&#xED;nas animais.</p> <h4>Farmacocin&#xE9;tica em situa&#xE7;&#xF5;es cl&#xED;nicas especiais</h4> <p>A insufici&#xEA;ncia hep&#xE1;tica e/ou renal grave pode causar o ac&#xFA;mulo de heparina. O tempo de elimina&#xE7;&#xE3;o pode ser um pouco maior em pacientes com insufici&#xEA;ncia renal, com comprometimento da fun&#xE7;&#xE3;o hep&#xE1;tica, ou obesidade ou ser menor em pacientes com embolia pulmonar, infec&#xE7;&#xF5;es ou malignidade.</p> </hr>"}

Como devo armazenar o Heptar?

Conservar a temperatura ambiente entre 15ºC e 30ºC. Proteger da luz.

Número de lote e datas de fabricação e validade: vide embalagem.

Não use medicamento com o prazo de validade vencido.

Guarde-o em sua embalagem original.

Diluição

Após preparo, manter temperatura ambiente entre 15ºC e 30ºC e protegido da luz por 24 horas.

Características do medicamento

A solução contida nos frascos-ampola de Heptar é incolor a levemente amarelada, isenta de partículas estranhas.

Antes de usar, observe o aspecto do medicamento. Caso ele esteja no prazo de validade e você observe alguma mudança no aspecto, consulte o farmacêutico para saber se poderá utilizá-lo.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Dizeres Legais do Heptar

M.S.: 1.0043.0124

Farm. Resp. subst.:
Dra. Ivanete A. Dias Assi
CRF-SP 41.116

Fabricado por:
Eurofarma Laboratórios S.A
Rod. Pres. Castello Branco, km 35,6
Itapevi - SP


Registrado por:
Eurofarma Laboratórios S.A
Av. Vereador José Diniz, 3.465
São Paulo - SP
CNPJ: 61.190.096/0001-92
Indústria Brasileira




Uso restrito a hospitais.

Venda sob prescrição médica.

Fabricante: Eurofarma

© 2021 Medicamento Lab.